22 julho 2014

OS HOMOSSEXUAIS TENTAM DRIBLAR ROMANOS CAPITULO 1


O Novo Testamento concorda com, e confirma, a condenação do Velho Testamento da homossexualidade. Alguma passagem da Bíblia pode ser mais clara na condenação do homossexualismo do que a afirmação de Paulo encontrada no primeiro capítulo de Romanos: “Por isso, Deus entregou tais homens à imundícia, pelas concupiscências de seu próprio coração, para desonrarem seus corpos entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e adoraram e serviram a criatura mais do que o Criador, o qual é bendito eternamente. Amém. Por essa razão Deus os entregou a paixões infames. Pois até mesmo as mulheres mudaram o modo natural pelo que é contra a natureza. Do mesmo modo os homens, deixando o contato natural da mulher, se inflamaram mutuamente em sua sensualidade, homens com homens cometendo o que é torpe, e recebendo em si mesmos a penalidade devida pelo seu erro. E por haverem desprezado o conhecimento de Deus, o próprio Deus os entregou a uma disposição mental reprovável, para praticarem coisas inconvenientes… os quais, sabendo do justo juízo de Deus, de que aqueles que praticam tais coisas são passíveis de morte, não somente as fazem, mas também aprovam os que as praticam” (Rm 1.24-28,32).

Defensores do comportamento homossexual tentam driblar Romanos 1 alegando que Paulo estava condenando somente a luxúria e promiscuidade homossexual e não as amáveis e monogâmicas relações homossexuais. O problema com essa interpretação pró-homossexual é que Paulo nem sequer sugere tal idéia no texto. Essa idéia, que era pra estar no texto, claramente não está lá. Paulo era um expert em complexos problemas éticos. Sua condenação abrange todas as formas de comportamento homossexual: seja promiscuo, seja monogâmico. Se a homossexualidade é permissível sob certas condições, então a mentira, assassinato, difamação, e outros pecados listados por Paulo também são permitidos sob certas condições? Poderia um apologista do homossexualismo argumentar que o sexo com cabras e ovelhas é permitido desde que o relacionamento seja amoroso e monogâmico?

Outros apologistas dizem que Paulo estava somente se referindo à prostituição cultica grega. Mas o texto não diz nada sobre a prostituição cultica grega. Paulo estava focado sobre o que acontece quando as pessoas enxotam Deus de seus pensamentos e adoram ídolos. Paulo estava discutindo o comportamento pessoal moral. Quando as pessoas abandonam Deus, seu comportamento pessoal se torna perverso. Se Paulo condenou somente a prostituição ritual grega, então porque a igreja primitiva condenou todas as formas de homossexualismo? Por que é que toda congregação de igreja cristã e todas as denominações cristãs condenaram todas as formas de homossexualismo durante quase dois mil anos? Foi só nos anos 1970 que o homossexualismo começou a receber aceitação na sociedade. E não é acidental que as igrejas que mudaram suas visões geralmente façam parte de denominações liberais que rejeitaram a autoridade divina da Bíblia. Se Cristo e os apóstolos aceitaram a homossexualidade monogâmica, então por que ela foi universalmente condenada na igreja apostólica?

A tentativa mais sagaz de repudiar a condenação de Paulo da homossexualidade é a teoria da pederastia. Essa visão afirma que Paulo, seguindo a cultura grega, somente estava condenando a exploração sexual e emocional de jovens por parte de homens. Esta visão assume que Paulo era somente um produto da cultura grega pagã de seu tempo. Mas a Bíblia claramente ensina que Paulo escreveu sob a sobrenatural direção do Espírito Santo (2Pe 3.15-16). Para entender a visão de mundo de Paulo, não se deve olhar para a Grécia ou Roma pagãs, mas para o Velho Testamento, os ensinos de Jesus Cristo e dos outros apóstolos. A condenação de Paulo da homossexualidade é totalmente consistente com, e uma continuação da, lei de Deus revelada a Moisés. A pederastia é errada e é condenada por Deus porque é uma forma ou tipo de homossexualidade. É também pecaminosa e perversa porque é uma forma de sexo fora dos laços do matrimônio legal, monogâmico e heterossexual. O homossexualismo é perverso, não interessa a idade dos participantes. A idéia de que pelo fato de dois homens terem alcançado a idade de 18 anos, Deus aprova o sexo oral e anal que eles fazem é absurda. Paulo condena tal pensamento perverso e tolo há muito tempo: “Mas sabemos que a lei é boa e aquele que a utiliza de modo legítimo, mas sabeis disto: que a lei não foi feita para o que é íntegro, mas para os transgressores e rebeldes, para os irreverentes e pecadores, para os ímpios e profanos, para os assassinos de pais e mães, homicidas, para os fornicadores, para os sodomitas , raptores de homens, para os mentirosos, para os perjuros, e para tudo quanto seja contrário à sã doutrina” (1Tm 1.8-10).

Brian Schwertley

21 julho 2014

"TEMPLO DE SALOMÃO" É INAUGURADO

Assista a 1º inauguração e consagração do Templo de Salomão de forma completa, com o Bispo Macedo e os demais Bispo e Pastores no sábado(19/7) as 9 horas da manhã em São Paulo, com a apresentação a Deus dos pedidos da Fogueira Santa e com a consagração dos novos Bispos e dos levitas.

A primeira reunião de inauguração do Templo de Salomão, aconteceu nesse sábado e continuará durante a semana.
Edir Macedo, o líder, fez a abertura e consagração do mesmo.

Veja a Reunião logo abaixo.

Para quem tiver paciência para ver, eis ai o vídeo:



Regras para quem visitar o Templo de Salomão:

São Paulo terá um templo bíblico a partir do próximo sábado (19), quando será inaugurado o Templo de Salomão, da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD).
A edificação, um sonho antigo do bispo Edir Macedo, fundador da IURD, foi revestida com pedras trazidas de Israel.
A igreja baixou uma série de regras de etiqueta para quem quiser visitar o santuário, chamado de "lugar sagrado", em vídeo divulgado pela IURD na internet.
"Imagine como se estivesse pisando na Terra Santa, no Monte Moriá, em Jerusalém, no templo que o próprio Deus desenhou para sua adoração", compara o bispo Renato Cardoso no vídeo.
Conheça as regras:
  • Roupas proibidas
Minissaias, roupas curtas, decotadas ou "sensuais" para mulheres, segundo o bispo Cardoso
Uniformes de clube e trajes com mensagem política
Bermudas, chinelos, regatas, bonés e óculos escuros

  • Bate-papo e risada vetados
Não é permitido conversar, rir ou "coisas semelhantes", de acordo com o bispo Cardoso
Tampouco é permitido guardar lugar para outros fiéis

  • Multimídia proibida
É proibido filmar, gravar ou fotografar no interior do templo
Também é vetado levar celular ou qualquer aparelho multimídia para dentro da igreja, como smartphones e tablets
"Se trouxer, deverá deixar no ônibus da caravana", recomenda o bispo

  • Imagens por fotógrafos da IURD
O templo terá fotógrafos para fazer imagens dos fiéis na esplanada do templo, no espaço aberto em frente à entrada principal
O fiel pode baixar as imagens pela internet

  • Horário de chegada
Fiéis devem chegar 45 minutos antes do início do culto
Eles devem levar em consideração o tempo de revista pelos guardas do templo com detectores de metais

  • Visita apenas com credencial
O fiel interessado em visitar o templo deve retirar a credencial com seu pastor na unidade da IURD.
Confira o site com as regras AQUI

PR. SILAS MALAFAIA DENUNCIA PT DE PERSEGUIÇÃO, USANDO A RECEITA FEDERAL PARA ISSO


Ele fez alertas sobre a tentativa frustrada do governo de tentar desmoralizá-lo usando a Receita Federal

Leiliane Roberta Lopes
Comentário de Julio Severo: A denúncia do Pr. Silas Malafaia é grave: a piranha do imposto de renda está sendo usada para investigá-lo e atrapalhar sua vida e ministério. Chamo de piranha porque essa criatura peçonhenta rouba do brasileiro muito mais do que o próprio Tiradentes aceitaria. Na sua época, Tiradentes se rebelou contra uma carga governamental de 20 por cento de impostos — chamado o “quinto.” Hoje, são dois “quintos” do inferno — 40 por cento. O que o PT está fazendo com Malafaia não é exclusividade da esquerda do Brasil. Há nos EUA denúncias se arrastando há anos do governo de Obama, conforme reportagem da revista Veja, semelhantemente “investigando” e atrapalhando a vida de organizações pró-vida. É evidente então que a esquerda usa a máquina governamental, e seu colossal acesso a dados particulares, para intimidar conservadores. No meu caso, desde que expus as ligações e declarações públicas de Ariovaldo Ramos em prol do marxismo, tenho sofrido ameaças covardes, especialmente de calvinistas esquerdistas, dizendo que têm todos os meus dados e da minha família e que, se eu não parar de denunciar o marxismo de Ariovaldo, vamos distribuir pela internet informações privilegiadas, inclusive números de documentos e passaportes, colocando diretamente em risco a mim e minha família. Um dos intimidadores calvinistas é filho de um general. Quando o Rev. Alberto Thieme, um adorável pastor presbiteriana conservador já idoso, contatou o filho do general para que cessasse seu comportamento baixo, a resposta a ele foi semelhante: “já temos todos os seus dados.” Como é fácil obter dados pessoais e documentais quando você é evangélico esquerdista e amigo do PT! Não por acaso, uma das muitas pontes entre esses intimidadores e a máquina do governo do PT é um teólogo presbiteriano — um promotor da Teologia da Missão Integral — que trabalha para Gilberto Carvalho, o homem forte (outros diriam “mafioso”) do PT. Para entender o poder de ameaça deles, leia o texto do subtítulo “Como se tornar alvo do Estado esquerdista e seus adeptos cristãos” do seguinte artigo: A sombra “evangélica” da sombra “católica” na Presidência da República: Alexandre Brasil e Gilberto Carvalho
Então, Malafaia está sob ameaça do PT, e eu, que sou MUITO menor que ele, estou sob ameaça dos principais parceiros evangélicos do PT: a ala da Teologia da Missão Integral.
Agora, a reportagem do GospelPrime sobre a perseguição que Malafaia está sofrendo da máquina do PT. Tomara que com isso ele tenha aprendido a lição por ter dado um apoio estúpido e nojento ao PT anos atrás:
O pastor Silas Malafaia fez uma denúncia contra o governo do PT em seu programa “Vitória em Cristo” deste sábado (19). Com o objetivo de mostrar que está sendo vítima de perseguição política e religiosa, o pastor presidente da Associação Vitória em Cristo (AVEC) e da Assembleia de Deus Vitória em Cristo (ADVEC) mostrou documentos de processos movidos para investigar essas instituições.
Segundo Malafaia depois da manifestação pacífica que ele liderou em Brasília em junho do ano passado, a Receita Federal passou a mandar intimações solicitando centenas de documentos para investigar tanto a AVEC como a ADVEC.
Veja o vídeo:
Antes mesmo de encerrar a primeira investigação outras duas se iniciaram solicitando os mesmos documentos com o intuito de encontrar algo que pudesse desabonar a administração do pastor Silas Malafaia que está à frente da Assembleia de Deus Vitória em Cristo desde 2010, depois que o seu sogro, o pastor José Santos, faleceu.
A denúncia do pastor é que o atual governo do Brasil está usando um órgão importante como a Receita Federal e a Polícia Federal para benefício próprio. Malafaia lembrou que no ano passado o vice-diretor de fiscalização da Receita Federal pediu demissão por não concordar com esta interferência do Estado no órgão público.
“Essas duas instituições, elas não podem estar a reboque de governo nenhum. Elas são importantíssimas para o Estado Democrático de Direito”, afirmou o pastor que não estava reclamando do processo que foi aberto, mas sim sobre os motivos que os levaram a isso.
“Querem me investigar, me investiguem”, disse ele deixando claro que não tem medo de mostrar a igreja e nem a instituição que preside.
“Vou dar uma sugestão ao governo do PT: Por que não manda investigar o filho do Lula que era um pobre rapaz quando o pai dele passou a ser presidente e hoje é um milionário”, disse.
Disse também que o governo age com cinismo e mais: “Povo brasileiro, esses caras querem transformar isso aqui em uma Venezuela e uma Cuba”.
GospelPrime

QUE É O CULTO RACIONAL?


“ROGO-VOS, POIS, IRMÃOS, PELAS MISERICÓRDIAS DE DEUS, QUE APRESENTEIS O VOSSO CORPO POR SACRIFÍCIO VIVO, SANTO E AGRADÁVEL A DEUS, QUE É O VOSSO CULTO RACIONAL” (ROMANOS 12:1)

O termo ‘racional’ remete a raciocínio. Parece bastante óbvio. Assim como também, por associação, se entende que somente os seres humanos podem apresentar tal culto, visto que somente eles possuem raciocínio. Os anjos também possuem raciocínio, porém, por natureza não possuem corpo, visto que são espíritos (Hebreus 1:14). Paulo está falando aqui exclusivamente à igreja.
O vocábulo correspondente na versão original o grego “logikên latreian”, ou seja, ‘culto racional’, também pode ser entendido, sem prejuízo, como ‘culto lógico’. De fato, há lógica na racionalidade e vice-versa. Quem acha que essas coisas trazem prejuízo à fé, precisa rever seus conceitos.

O que Paulo está querendo dizer à igreja de Cristo?

Por suas colocações vemos que há uma preocupação do apóstolo em mostrar aos irmãos a necessidade de que se realmente entenda a natureza de tudo isso, no caso, a igreja.

Por que estou aqui? Quem me trouxe aqui? O que vim fazer aqui? O que estão me ensinando é verdade? São questionamentos que todos os crentes deveriam se fazer até que encontrassem respostas racionais para todos eles.

O contrário de culto racional é culto irracional. Ou seja, algo que é feito instintivamente, sem critérios ou razões que justifiquem os procedimentos adotados. Em um culto assim é praticamente impossível se seguir o que está escrito: “Tudo, porém, seja feito com decência e ordem” (I Coríntios 14:40) . É impossível que haja qualquer um dos dois componentes pedidos sem que se entenda a natureza de cada um. E é preciso racionalidade para que isso aconteça. Por isso Deus nos fez diferentes das demais criaturas, ou seja, nos criou à sua imagem e semelhança: para que o adorássemos em espírito e em verdade, conscientes de nosso ato e de nossa missão de adoradores.

O reino de Deus é um reino de decência e ordem. Não há espaço para improvisos de última hora. A construção da arca e do tabernáculo comprovam a mensagem de organização que Deus quer nos ensinar. Até na salvação haverá ordem (I Coríntios 15:23).

Esse é o padrão que deve ser perseguido pela igreja de Cristo. Deus se agrada de uma obra organizada.

Em dias atuais podemos identificar como grande adversário desse padrão, o excesso de emocionalismo que tem se alastrado no meio cristão. A busca incessante pelo êxtase e pela experiência sobrenatural extrabíblica, a incorporação de ‘anexos’ doutrinários à Palavra de Deus, como se esta não fosse suficiente e os modismos importados recheados de técnicas mirabolantes de quebra de maldições e encontros obscuros são os componentes deste fim de séc. XX e início de séc. XXI. O que não é uma surpresa, Paulo já alertava que essas coisas fatalmente aconteceriam (I Timóteo 4:1).

Nesse caldeirão doutrinário sem consistência – já que não se sustentam biblicamente – as pessoas estão se dirigindo às igrejas sem saber exatamente o que vão fazer por sua espiritualidade. Vão dançar, cantar, aplaudir, gritar, enfim, sem entrar no mérito dessas questões, quase sempre falta o elemento principal: a Palavra de Deus. Entram e saem alegres e exaustas. O problema é: entenderam a mensagem? A palavra que foi pregada edificou suas vidas? Deus falou com elas através de seu evangelho? Se à maioria dessas perguntas as respostas forem algo como “acho que sim”, algo está fora do lugar.

Cultos de estudo são sempre vistos como ‘enfadonhos’ e ‘entendiantes’. Já pensou, passar quase uma hora apenas consultando referências na Bíblia? Que chato, não? Agora observe Neemias 8:3 “E leu no livro, diante da praça, que está fronteira à Porta das Águas, desde a alva até ao meio-dia, perante homens e mulheres e os que podiam entender; e todo o povo tinha os ouvidos atentos ao Livro da Lei.” Estudo bíblico das seis da manhã até o meio-dia. Após isso, inclinaram-se, e adoraram o Senhor com o rosto em terra. Que lindo, não?

Uma proposta dessas nos dias de hoje seria impensável. Mas se o trabalho for uma celebração com um nome da moda, aí somente um dia inteiro é pouco.

A questão é que não há culto racional sem o entendimento da Palavra. Os ‘avivalistas’ de plantão trocam a bíblia por apostilas preparadas especialmente para direcionar as pessoas para a conclusão que lhes interessa. Seguem o exemplo das testemunhas de Jeová. Alguém já viu um deles evangelizando com uma bíblia em punho? Não, só vão às ruas com exemplares de ‘sentinela’ e ‘despertai’ ou, quando muito, com seus livretos particulares.

Por isso Paulo fala em ‘sacrifício vivo’. Ou seja, sacrifício da vontade da carne para fazer a vontade de Deus. E isso requer dedicação à sua Palavra e não somente àquilo que dá prazer, como por exemplo, ir para um retiro. Requer decência e ordem. Compromisso e organização.

20 julho 2014

O ENGODO CHAMADO 'LIBERDADE DO PECADO'


Uma das acusações que o cristianismo recebe é a de ser muito cerceador ou repressor. Diz-se que ser cristão ou um crente em Jesus é viver preso, sem qualquer liberdade ou permissão de fazer qualquer coisa que se deseja. Este pensamento diz que o crente está perdendo os prazeres da vida, ela está passando e ele não a está aproveitando. Em resumo a visão deste mundo sobre o crente é que ele é um tolo.
Quando compreendemos o que a Bíblia diz sobre o crente vemos que há um engano claro sobre este pensamento. Há uma pergunta que é muito pertinente sobre esse tema: quem é de fato livre, o crente em Jesus Cristo ou o incrédulo?
Para responder esta pergunta podemos nos valer de vários textos bíblicos, porém vamos usar apenas um versículo. O apóstolo Paulo lidou com o problema da liberdade cristã na igreja de Corinto e quando ele tratou desta questão. Em 1 Coríntios 6.12 está escrito: “Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm. Todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma delas”. É provável que a primeira parte deste versículo fosse uma referência a um provérbio que estava se tornando popular entre os coríntios e Paulo o usa para ensinar-lhes sobre a verdadeira liberdade em Cristo.
Paulo afirma que todas as coisas são lícitas para o crente; e é verdade, pois todo pecado foi pago por Cristo na cruz. Paulo, entretanto acrescenta que nem tudo o que um crente faz será benéfico para ele. A palavra traduzida em nossas Bíblias como “lícitas” vem de uma palavra grega que quer dizer vantajoso, legal, proveitoso. Paulo está então dizendo que o crente pode fazer todas as coisas, mas nem tudo o que ele faz trará vantagem para ele. Isto não é falta de liberdade, muito pelo contrário, é a verdadeira expressão dela. O que o texto está dizendo é que o crente tem a liberdade de escolher fazer coisas vantajosas do ponto de vista espiritual, e que serão proveitosas para o seu relacionamento com Deus. Esta é uma liberdade que só o crente tem. Aqueles que não têm Cristo só fazem aquilo que o pecado lhes ordena que seja feito. Jesus disse que eles são escravos do pecado (Jo 8.34). O crente é alguém que é livre para fazer tudo o que quiser. Quando ele faz o que é bom e correto diante de Deus, ainda que isso seja privação de algum prazer momentâneo, ele o faz não porque não foi livre para fazer de outro jeito. O crente o faz justamente porque usou de sua liberdade em Cristo e escolheu fazer o que é certo. Diferentemente, o incrédulo peca porque não tem outra opção, ele é escravo do pecado. Quem é o livre e quem é o escravo então?
Na frase seguinte do versículo Paulo faz outra afirmação interessante. Ele diz que todas as coisas são lícitas ao crente, mas ele não se deixará dominar por nenhuma delas. O crente é alguém que recebeu poder em Cristo para vencer o pecado. A expressão em português “me deixarei dominar” neste texto é tradução do grego que significa literalmente “estar sob a autoridade de”. Paulo afirma que ele não estaria mais sob a autoridade do pecado, ele foi liberto disso. O crente em Jesus Cristo não tem mais o pecado como senhor de sua vida, ele não é mais escravo do pecado, mas sim de Cristo, que é amoroso, compreensivo, misericordioso e justo. Aqui temos mais uma diferença entre o crente e o incrédulo. É a diferença de domínio. O crente tem Jesus como Senhor, ele está sob o domínio do Salvador. O incrédulo está sob o domínio do pecado e o pecado é injusto, destruidor e enganador.
Enquanto está pecando, o incrédulo pensa que está sendo livre, no entanto ele é tão cego que não vê as correntes do pecado prendendo seus pés, mãos e até mesmo sua mente e boca. Ele está seguindo todas as ordenanças destruidoras do pecado. Em uma paráfrase podemos dizer o que Paulo está afirmando da seguinte maneira: “Eu sou livre em Cristo, por isso posso desobedecer às ordens que o pecado me dá”. Esta é uma liberdade que o incrédulo não tem. Ele está dominado pelo pecado, por isso não consegue deixar de pecar. Ele não é livre para vencer as tentações do adultério, ele não é livre para vencer as tentações da idolatria e da cobiça. Quando faz estas coisas ele se gaba dizendo que é livre, porém ele não sabe que está sendo um pobre escravo, submisso, fraco, subjugado e obediente às ordens do pecado. Ele não é livre para controlar suas palavras, seus pensamentos, e suas atitudes. Ele pensa que tem domínio sobre estas coisas, mas são estas coisas que o dominam. Ele está preso. Como disse o jogador de basebol americano Jim Bouton: “Você gasta uma boa parte de sua vida segurando uma bola de basebol e no final descobre que era justamente o contrário o tempo todo”. O incrédulo pensa que está dominando quando na verdade está sendo dominado.
Quem é livre então? Quem de fato pode fazer o que é certo e agradável a Deus? Somente você que é crente em Cristo Jesus pode realmente dizer que é livre. Alegre-se, pois se você crê em Jesus, como a Bíblia diz, você é livre da enganosa liberdade do pecado.
Cuidado... Não se deixe enganar pelo pecado.
Viva vencendo o pecado com toda ousadia!!!
Abraços.
Seu irmão menor.

TRAGÉDIA: PR. PAULO MARCELO É PRESO POR PORTE ILEGAL DE ARMA E ESCLARECE O CASO EM NOTA

       

NOTA DE ESCLARECIMENTO:


Pastor Paulo Marcelo-em-nota-explica-prisao-por-porte-de-arma-foto-site-2A:

Todos os meus admiradores, amigos e irmãos em Cristo Jesus, que têm nos acompanhado e apoiado com as vossas orações ao longo de mais de 15 anos de atividades Ministeriais, como pregador do Evangelho.

Venho publicamente, pelo respeito e consideração que tenho por todos, esclarecer acerca das informações, que desde ontem estão sendo vinculadas nas redes sociais e em alguns meios de comunicação, envolvendo a minha pessoa.

1- Há alguns meses fui convidado para um projeto político no meu estado do Paraná, orando a Deus e falando com minha família, achamos melhor não, nesse intervalo algumas pessoas de muita influência em Foz do Iguaçu, me ameaçaram a não sair, pois os interesses pessoais são maiores que os interesses da defesa da família e da fé, como não aceitei, e mesmo assim alguém ainda me achava uma ameaça, há meses convivia com um terror psicológico e emocional. Como minha família esta sozinha e eu em minhas muitas viagens, contratei um segurança pessoal, que trabalha e às vezes permanece em minha residência, outras me acompanha durante o dia, me leva ao aeroporto, para a igreja, leva meus filhos ao colégio e os busca.

2- Como ainda não sei, mais em breve saberemos, houve uma denúncia que em minha residência havia alguém armado. Foi expedido um Mandado de Busca e Apreensão, e na data de 16/07/2014, tal Mandado foi cumprido, sendo encontrada a arma no coldre, e dentro coldre algo que ainda não sabemos o que se trata que foi notificado como aparente entorpecente. A arma e o possível entorpecente estavam no mesmo lugar, lugar esse que meu funcionário frequenta e havia deixado sua ferramenta de trabalho lá. Sendo homem público e muito conhecido não sabemos como a imprensa acompanhou a diligência policial. As notas em internet foram notificadas antes de os fatos serem esclarecidos.

arma do paulo Pastor Paulo Marcelo é preso por porte ilegal de arma
                     Arma apreendida pela Polícia Civil de Foz do Iguaçu

3- Apresentamos o registro da arma, pois tal é devidamente legalizada, como um funcionário já informou pertencer a ele o que foi encontrado.

4- Já informei a meu Pastor Presidente Isaias Cardoso dos Santos, ele recebeu meu funcionário, entendeu o ocorrido e como me conhece há 19 anos e minha história fala mais alto que um fato, entendeu e fará também uma nota em carta no meu site e enviaremos a quem acharmos conveniente.

5- Sou muito bem preparado para momentos assim, confesso que estou sofrendo muito, pois isso acontece em Foz do Iguaçu diariamente, e a imprensa não notifica nada, as fotos que foram publicadas estão em croma, quem conhece internet sabe o que estou falando, mais como sou pessoa pública e principalmente Pastor usaram isso para ofender a Igreja e nossa fé, infelizmente muitos irmãos ajudam a promover fatos desordenados e que não foram no momento esclarecidos, mas breve serão !

6- Peço oração por mim, por minha família, pelos meus funcionários e colaboradores que amo muito e tenho carinho por todos eles, quero deixar muito claro que estou esclarecendo isso não por ter medo de perder agenda ou notoriedade, pois o que queria ter visto já vi, sou antes de mais nada um pregador conhecido, sou crente e amo a Deus, ao Senhor Jesus, e a vocês, por isso posso pregar aqui até Jesus voltar, ou aí nas igrejas que me amam, que me conhecem, nos Pastores e amigos que tenho e fiz em 15 anos.

Peço a compreensão de todos, o amor de vocês, e esperem os fatos virem a tona depois julguem, concluam seus raciocínios, mais os que me amam e me conhecem esses não preciso justificar nada, pois sabem quem sou, então me ajudem nessa guerra que vai passar e logo estarei na sua Igreja para chorarmos juntos de alegria e com vitórias em Deus !
Irmãos, compartilhem !!! Vamos superar a noticia infundada com a verdade.

Rogo a oração dos crentes em Jesus.

Fiquem na Paz do Senhor!!!

Seu amigo
Pr Paulo Marcelo

Servo de Deus.     



Comentário de Wáldson: Explicar porque um 'homem de Deus', pregador da Palavra, tem que andar armado, não convence a ninguém.

Isso é conversa jogada fora.

Tem mais coisas por trás 'dessa explicação'.

Ano passado as denúncias de uso de drogas e de prostituição entre os pregadores e cantores do Congresso dos Gideões causou constrangimento para os líderes do evento. Na época o pastor Cesino Bernardino chegou a fazer um desabafo lamentando os incidentes com pregadores de cantores(as), convidados para o evento.  

Veja os vídeos:                 

 




Veja a partir do 7o. minuto


Deus nos livre de tanto escândalos!

Viva vencendo os enganadores que estão nos púlpitos!!!

Seu irmão menor.                                                                                            

19 julho 2014

MULHERES PODERÃO SER BISPAS NA IGREJA ANGLICANA

Mulheres comemoram aceitação de bispas pela Igrea Anglicana (Getty)

A Igreja Anglicana aprovou por meio de uma votação que mulheres sejam ordenadas bispas pela primeira vez em sua história.

A nova lei exigia uma maioria de dois terços dos votos nas três câmaras da Igreja - dos bispos, clérigos e leigos - para ser implementada.
A legislação já havia sido votada há dois anos, mas enfrentou forte oposição de alas mais tradicionais da Igreja Anglicana e acabou não sendo aprovada por seis votos. 

Antes de anunciar o novo resultado, o arcebispo de York, John Sentamu, pediu que ele fosse recebido com "comedimento e sensibilidade", o que não impediu que gritos de alegria fossem ouvidos ao fim.
"Por séculos, gerações de mulheres serviram ao Senhor com sua fé. Hoje, é um dia de alegria: o episcopado está aberto a elas", disse Sentamu.

Tradição secular
A votação mudou uma tradição secular da Igreja Anglicana, que há tempos estava dividida em relação ao tema.
Há 20 anos, as mulheres passaram a ser ordenadas sacerdotes. Hoje, mais de 20% dos sacerdotes anglicanos são mulheres.

A nova mudança veio depois de cinco horas de debates durante o sínodo geral anglicano - assembléia formada por sacerdotes e leigos.

Segundo Robert Piggot, correspondente de religião da BBC News, a nova lei acaba com uma tradição herdada dos primeiros cristão há quase 2 mil anos de ter apenas bispos homens.
"Desde os dias de Jesus e seus 12 apóstolos, a Igreja tem apenas líderes homens", afirma Piggot.

"Com essa decisão, a Igreja reconhece a importância da igualdade em nossa sociedade, sinalizando que quer dar fim a seu isolamento em relação às pessoas as quais ela serve."

'Dia histórico'
A reverenda June Osborne considerou o dia de hoje "histórico".
"Isso mudará não so a Igreja, mas também nossa sociedade porque é um passo rumo à aceitação de que mulheres têm a mesma autoridade espiritual e de liderança", disse ela à BBC.

Para a reverenda Lidsay Southern, "foi uma longa jornada". Já Lorna Ashworth, que integra a câmara de leigos e votou contra a medida, "haverá dias difíceis à frente" porque haverá resistência por parte da Igreja, principalmente entre novos padres.

Susie Leafe, que também faz parte da câmara de leigos e dirige o grupo evangélico consevador Reform, se disse "desapontada" pela votação.
"Para um quarto da Igreja, isso não vai de encontro às suas convicções teológicas", disse ela.

Sínodo geral da Igreja Anglicana (Getty)
                                  Reunião do Sínodo Geral
Concessões
A legislação inclui concessões para aos párocos contrários à mudança, como a possibilidade de pedirem para ter bispos homens como superiores se tiverem alguma objeção em responder a uma mulher e a levar eventuais disputas a um mediador independente.

A lei era apoiada pelo o primeiro-ministro David Cameron, para quem esta segunda-feira é um "grande dia para a Igreja e para a igualdade".
Outro apoiador da medida foi o arcebispo de Canterbury, Justin Welby, que disse: "O desafio para nós será conciliar as discordâncias positivas e continuar a amar aqueles que não concordam conosco em nossos princípios teológicos."

David Houlding, membro do Grupo Católico, que fez parte do sínodo geral e que votou contra a lei, disse estar preocupado com o impacto do resultado da votação nas relações com a Igreja Católica.

A Igreja Anglicana é o maior grupo cristão na Grã-Bretanha e está presente em mais de 160 países. Mulheres já ocupavam o cargo de bispas em alguns deles, como Estados Unidos, Canadá, África do Sul, Austrália, Irlanda, Cuba, Índia e Nova Zelândia.

A Inglaterra pode se juntar a este grupo ainda neste ano. A nova lei agora seguirá para análise no Parlamento e deve ser formalmente promulgada em um novo sínodo, em 17 de novembro.

A medida representa uma das mais profundas mudanças em meio milênio de anglicanismo. Essa Igreja foi criada pelo rei Henrique VIII, que rompeu com o catolicismo para anular seu casamento com Catarina de Aragão e poder casar-se com Ana Bolena.

Bbc.co.

Uma palavra de quem discorda da ordenação feminina:


Vídeo 01


Vídeo 02


Abraços.

Tenham um bom domingo.

Vivam vencendo!!!

Seu irmão menor.

APOSTASIA


Mas o Espírito expressamente diz... 
O apóstolo tem transmitido a Timóteo conselhos criteriosos sobre muitos temas, e agora mostra por que tal cuidado era necessário, visto ser sensato tomar medidas contra um perigo que o Espírito Santo declara estar chegando, a saber, que viriam falsos mestres oferecendo suas próprias invenções fúteis como se as mesmas fossem o ensino da fé, e que, ao transformar a santidade em observâncias externas, obscureceriam aquele culto espiritual devido a Deus, o qual é o único legítimo. E nesse ponto tem-se realmente travado constante batalha entre os servos de Deus e os homens tais como os descritos por Paulo aqui. Pois, visto que os homens são naturalmente inclinados à hipocrisia,Satanás facilmente os persuade, dizendo que Deus pode ser corretamente cultuado através de cerimônias, disciplinas e coisas externas. Realmente, sem necessidade de mestre, quase todos têm esta convicção profundamente arraigada em seus corações. Afinal, a astúcia de Satanás é adicionada para completar o erro, e o resultado é que em todas as épocas tem existido impostores que recomendam o falso culto, através do qual a verdadeira piedade é levada à ruína. Afinal, essa praga traz outra em seu comboio, pela qual usa a compulsão para sobrecarregar os homens em relação a questões que são indiferentes. Pois o mundo facilmente permite a proibição de coisas que Deus tem declarado lícitas, a fim de que seja permitido transgredir as leis de Deus impunemente. Aqui, pois, Paulo adverte não só a igreja de Efeso através de Timóteo, mas também a todas as igrejas, em todos os lugares, contra os falsos mestres que, introduzindo o falso culto e emaranhando as consciências com novas leis, adulteram o verdadeiro culto divino e corrompem a genuína doutrina da fé. Eis o propósito real desta passagem, o qual devemos especialmente conservar em nossas mentes.

Além do mais, para que todos recebessem o que ele está para dizer, com atenção mais atilada, primeiramente declara que essa é uma profecia do Espírito Santo, inequívoca e perfeitamente luminosa. Naturalmente, não há razão para se duvidar que tudo quanto o apóstolo diz é também inspirado pelo Espírito; mas ainda que devamos ouvi-lo sempre como o próprio instrumento de Cristo, todavia aqui, num assunto de imensa relevância, ele particularmente desejava declarar com explicitude que nada prescreveu que não fosse pela operação do Espírito de profecia. Por conseguinte, mediante esta solene certeza, ele nos recomenda esta profecia; e não satisfeito ainda, acrescenta que ela é clara e isenta de toda e qualquer ambigüidade.

Nos últimos tempos. Naquele tempo, ninguém poderia esperar que, com a meridiana luz do evangelho, fosse possível que alguém caísse. Mas isso é precisamente o que Pedro diz [2 Pe 3.3], ou seja, que assim como falsos mestres uma vez perturbaram o povo de Israel, também perturbarão sempre a Igreja de Cristo. E como se Paulo dissesse: 'Agora o ensino do evangelho floresce, mas não passará muito tempo sem que Satanás tente sufocar a boa semente com as ervas daninhas." Tal advertência era útil no próprio tempo de Paulo, para que os pastores e os demais prestassem cuidadosa atenção à sã doutrina se guardassem de ser enganados. Ela não nos é menos útil hoje quando vemos tudo acontecer segundo a expressa profecia do Espírito. Notemos especialmente a grande solicitude de Deus por sua Igreja, prevenindo-a em tempo hábil sobre os perigos que se aproximam. Satanás possui muitos artifícios pelos quais nos conduz ao erro e nos assalta com estratagemas extraordinários; Deus, porém, nos fornece uma armadura eficaz, porquanto nós mesmos não pretendemos deixar-nos enganar. Não temos, pois, razão alguma para queixar-nos de que as trevas são mais fortes que a luz, ou que a verdade é vencida pela falsidade; antes, porém, quando somos desviados do correto caminho da salvação, estamos recebendo o castigo por nossa própria displicência e indolência.

Mas aqueles que condescendem com seus próprios erros, alegam que dificilmente é possível decidir que gênero de pessoa Paulo está descrevendo aqui. Como se houvesse qualquer propósito na mente do Espírito para pronunciar esta profecia e publicá-la com tanta antecedência. Pois se não houvesse nenhuma indicação infalível do que era pretendido por ela, a presente advertência seria tanto supérflua quanto ridícula. Não ousamos, porém, concluir que o Espírito de Deus nos assuste sem causa, ou que, quando preanuncia algum perigo, também não nos mostre como precaver-nos dele. As próprias palavras de Paulo são por si mesmas plenamente suficientes para refutar essa falsa censura, pois ele põe o seu dedo naquele mal, contra o qual nos adverte para que o evitemos. Ele não fala simplesmente, em termos gerais, sobre os falsos profetas, senão que também nos dá um expresso exemplo do falso ensino, ensino esse que, ao fazer a piedade consistir de exercícios externos, perverte e profana o culto espiritual de Deus, segundo afirmei acima.

Alguns apostatarão da fé. Não fica muito claro se ele está falando dos mestres ou dos ouvintes, mas prefiro tomá-lo como uma aplicação aos últimos, visto que prossegue tratando dos mestres quando os chama de espíritos sedutores. E mais enfático dizer que não só haverá quem divulgue os ensinos ímpios e corrompa a pureza da fé, mas também dizer que não faltarão alunos que sejam atraídos para suas seitas. E quando uma mentira aumenta sua influência, ela avoluma as dificuldades. Mas ele não está falando de um erro trivial, e, sim, de um mal terrível, a apostasia da fé, embora à primeira vista não pareceria ser tão mal assim à luz do ensino que ele menciona. Pois como é possível ser a fé completamente subvertida pela proibição de certos alimentos ou do matrimônio? Devemos, porém, levar em conta uma razão mais ampla, ou seja, que aqui os homens estão inventando um culto divino pervertido para a satisfação de seu ego; e ao ousarem proibir o uso de coisas saudáveis que Deus permitiu, estão alegando que são os mestres de suas próprias consciências. E tão logo a pureza do culto é pervertida, não permanece nada íntegro e saudável, e a fé é completamente subvertida. Por isso, ainda que os papistas debochem de nós, ao criticarmos suas leis tirânicas acerca de observâncias externas, temos consciência de que estamos lidando com um assunto seríssimo e importantíssimo; porque, assim que o culto divino é contaminado com tais corrupções, a doutrina da fé é também subvertida. A controvérsia não é acerca de carne e peixe, ou acerca das cores preto ou cinza, acerca de quarta-feira ou sexta-feira, e, sim, acerca das más superstições dos homens que desejam obter o favor divino por meio de tais futilidades e pela invenção de um culto carnal, fabricando para si ídolos no lugar de Deus. Quem ousaria negar que fazer isso é apostatar da fé?

Espíritos sedutores. Ele está se referindo a profetas ou mestres, aplicando-lhes esse título porque se vangloriavam de possuir o Espírito, e ao procederem assim estavam causando impressão sobre o povo. Em geral, é deveras verdade que todas as classes de pessoas falam da inspiração de um espírito, mas não o mesmo espírito que inspira a todos. Pois às vezes Satanás passa por espírito mentiroso na boca dos falsos profetas, com o fim de iludir os incrédulos que merecem ser enganados [1 Rs 22.21-23]. Mas todos quantos atribuem a Cristo a devida honra falam pelo Espírito de Deus, no dizer de Paulo [1 Co 12.3]. Esse modo de expressar-se teve sua origem na reivindicação feita pelos servos de Deus, a saber, que todos os seus pronunciamentos públicos lhes vieram por revelação do Espírito; e, visto que eram os instrumentos do Espírito, lhes foi atribuído o nome do Espírito. Mais tarde, porém, os ministros de Satanás, através de uma falsa imitação, como fazem os símios, começaram a fazer a mesma reivindicação em seu favor, e da mesma forma falsamente assumiram o mesmo nome. Eis a razão por que João diz: "provai os espíritos, se realmente procedem de Deus" [1 Jo 4.1].

Além do mais, Paulo explica o que quis dizer, acrescentando: e doutrinas de demônios, o que equivale dizer: "atentando para os falsos profetas e suas doutrinas diabólicas". Uma vez mais digamos que isso não constitui um erro de somenos importância ou algo que deva ser dissimulado, quando as consciências dos homens são constrangidas por invenções humanas, ao mesmo tempo que o culto divino é pervertido.

Fonte: O CALVINISTA

18 julho 2014

POR QUE GAROTAS E RAPAZES 'CRISTÃOS' POSTAM SELFIES SEDUTORAS” ?



O que é uma selfie? é uma palavra em inglês, um neologismo com origem no termo self-portrait, que significa auto-retrato, e é uma foto tirada e compartilhada na internet.

Normalmente uma selfie é tirada pela própria pessoa que aparece na foto, com um celular que possui uma câmera incorporada, com um smartphone, por exemplo. Também pode ser tirada com uma câmera digital ou webcam. A particularidade de uma selfie é que ela é tirada com o objetivo de ser compartilhada em uma rede social como Facebook, Orkut ou Myspace, por exemplo. Uma selfie pode ser tirada com apenas uma pessoa, com um grupo de amigos ou mesmo com celebridades.

Em 2013, os responsáveis pelos dicionários da Oxford escolheram selfie como apalavra do ano. Um dos motivos para esta escolha foi o fato de esta palavra ter crescido 17000% em 2013, o que confirma o seu estatuto de uma das palavras mais procuradas em um ano.

Quando eu estava no ensino médio, Bethany e eu decidimos que queríamos fazer uma sessão de fotos bem legal de nós mesmas.
Colocamos as roupas mais modernas que poderíamos encontrar, nos cobrimos com jóias, colocamos duas camadas de rímel e nos dirigimos a um lugar privilegiado – o nosso telhado. Recrutamos (imploramos) uma de nossas irmãs mais novas para ser a nossa fotógrafa. Todas nós subimos ao telhado de nossa casa e ela começou a tirar as fotos.
Sim, um telhado é um lugar inusitado para fazer uma sessão de fotos, mas nós fizemos lá para que a perfeita brisa de top model soprasse direitinho o nosso cabelo. Para cada foto, nós posavámos exatamente do jeito que tínhamos visto as modelos profissionais fazerem – com os lábios franzidos, uma sobrancelha erguida, a mão no quadril e olhos sérios.
Sem que ninguém nos ensinasse como posar sedutoramente, nós fomos “profissionais” e sabíamos exatamente o que fazer. Nós postamos nossa sessão de fotos no Facebook com todo orgulho e esperamos os elogios aparecerem.
Sedução é a nova norma.
Infelizmente, vivemos em uma cultura que treina as nossas mentes para ver sedução como norma a partir de uma idade muito jovem. Basta dar uma rápida caminhada pelo shopping e você verá cartazes atrás de cartazes com modelos em pose sensual. Desde a invenção do Pinterest, Instagram e outros aplicativos, imagem sensuais estão em nossa frente mais do que nunca.
Como garotas cristãs, estamos sendo bombardeadas por mensagens de nossa cultura que sedução e poses sensuais são legais, descoladas e normais. Tirar selfies sedutoras não é mais atrevido… é aceitável e louvável. Por vivermos em um mundo caído, faz sentido que a cultura incentive as garotas a agirem assim.
Faz sentido que as supermodelos e meninas não-cristãs não tenham problema em postar selfies assim.
A pergunta que eu tenho pra você é esta: Por que razão as meninas cristãs estão postando selfies sedutoras?
Fico chocada, às vezes, quando eu entro no meu Instagram e vejo algumas das poses sensuais que minhas amigas cristãs estão postando. O que mais me surpreende é que eu leio os comentários de outros amigos cristãos que estão elogiando as imagens e chamando-as de “lindas”. Como assim? Parece uma epidemia ao longo dos últimos anos.
Por que meninas cristãs gostam tanto de postar selfies sedutoras?
Eu sei a resposta para estas perguntas, porque eu costumava ser uma daquelas meninas. Eu costumava ser a garota por trás do iPhone tirando aquelas selfies sedutoras. Eu era a garota do telhado fazendo uma sessão de fotos para que eu pudesse exibir os resultados para os meus amigos.
Quanto a mim, eu postava as fotos porque queria que os rapazes me notassem. Eu queria que as pessoas elogiassem “o quão bonita eu era”. Eu adorava ouvir o louvor e afirmação dos meus amigos. Nunca foi por um “acidente” que eu postei uma foto minha. Era sempre intencional e planejado. Eu já tinha visto imagens suficientes de modelos da moda para saber como uma foto sensual devia ser.
Muitas de vocês que estão lendo este blog, sabem exatamente do que estou falando, porque você já fez a mesma coisa.
A verdade é que, postar selfies sedutoras é apenas um sintoma exterior de uma questão muito mais profunda.
É um sinal de uma menina que anseia por algo mais. É um sinal de uma menina que está tentando encher o seu ego através dos louvores e elogios de seus amigos. Uma menina que deseja atenção de rapazes e tem a esperança de que eles vão notar uma de suas fotos. Uma menina que quer parecer confiante, mas é fraca e solitária no interior. Uma menina que gosta de seduzir os rapazes fazendo com que eles “queiram o que não podem ter.”
Selfies sedutoras são nada mais do que imagens que gritam, “Olhe para mim!”. Elas são uma oportunidade para apontar os holofotes sobre si mesma por um breve momento e esperar que alguém note.
Como garotas cristãs, Deus nos chama para um padrão muito elevado para ficarmos jogando o jogo “selfie sedutora”.
Todo o propósito de nossas vidas é apontar outros a Cristo, não para nós mesmas. Esse tipo de foto nunca é centrada em Cristo, mas é sempre centrada em sí mesma. Deus nos chama a viver uma vida moralmente pura em todos os sentidos. Postando fotos sedutoras de si mesma, você não está promovendo a pureza ou santidade dentro do corpo de Cristo.
Desde aquele dia no telhado, Deus me deu convicção de pecado acerca da motivação e condição do meu coração. Diga-me se você acha que selfies sedutoras não são erradas de acordo com Efésios 5:1,3: “Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados. Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém a santos”.
O que você acha?
Primeiro somos chamadas a sermos imitadoras (reflexos) de Deus para o mundo que nos rodeia. Você e eu somos filhas de Deus! Precisamos refletir bem o caráter e a pureza de nosso Pai. Em segundo lugar, somos ordenadas a ficar longe de qualquer forma de imoralidade sexual e toda a impureza. Você entendeu isso? “Qualquer forma … toda a impureza”.
Selfies sedutoras não tem chance contra estes versículos.
Nossa cultura nos diz que santidade e pureza é careta e que ser rigorosa demais consigo mesma a levará a uma vida de tédio. Se for esse o caso, então por que há tantas meninas solitárias, tristes, deprimidas, inseguras e carentes?
Deus nos dá padrões de pureza e santidade, porque Ele sabe que é o que é melhor para nós. A verdadeira alegria e contentamento não virá através dos aplausos de seus amigos, ela só virá através de obedecer e honrar a Deus. “Bem-aventurados os irrepreensíveis no seu caminho, que andam na lei do SENHOR. Bem-aventurados os que guardam as suas prescrições e o buscam de todo o coração” Salmo 119:1-2.
Eu sei que você quer ser abençoada por Deus. Tenho certeza! Em vez de ficar se esforçando para alcançar o aplauso vazio deste mundo, se esforce para receber os aplausos gratificantes de seu Rei.
Nada lhe fará mais feliz do que viver para a glória de Deus.
Como garotas cristãs, temos o dever de honrar nosso Rei, em todas as áreas de nossas vidas. Temos a responsabilidade de refletir a imagem de Cristo para o mundo perdido ao redor de nós.
Você vai se juntar a mim em rejeitar a tendência de selfies sedutoras? Você vai dizer não às postagens de fotos que te auto-glorificam e colocam toda a atenção em você?
Nosso mundo precisa desesperadamente de meninas cristãs que estejam dispostas a defender a verdade de Deus, exibindo algo muito maior do que elas mesmas.
Vamos tornar isto pessoal:
  • Você é culpada por postar selfies sedutoras? Se assim for, qual é a sua motivação por trás das publicações?
  • Você está disposta a pedir perdão a Deus por não refletir bem a Sua imagem? Se assim for, confesse seus pecados e peça a Deus para criar um coração limpo e puro dentro de você.
  • De que forma você é tentada a colocar a atenção sobre si mesma, em vez de Deus?
Este post é uma tradução de um artigo de Kristen Clark publicado originalmente no Blog “Girl Defined”, traduzido e publicado em Português e reproduzido com permissão da autora e tradutora.

Comentário de Wáldson: Infelizmente não são só as garotas que tiram fotos sensuais. Muitos rapazes cristãos também têm esse terrível hábito, o que resulta na mesma forma de querer mostrar-se ao público feminino.

Existem homens que sensualizam e instigam esse comportamento nas mulheres também. Ás vezes cansa de olhar esse Facebook e ver tantos rapazes que se dizem crentes, mostrando-se, exibindo-se.


Se você tem agido assim e agora que percebeu isso, mude sua atitude, pois seu coração está te enganando: “Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e desesperadamente corrupto, quem o conhecerá? Eu, o Senhor, esquadrinho o coração…” Jr. 17.9-10. Este é o coração do homem. Enganoso e desesperadamente corrupto. Então, acho que humildade é receber uma exortação como esta e tentar avaliar se você está errando nisso. Não avalie segundo seu coração ou seus achismos, avalie segundo a Palavra. 

O problema não é postar selfies, ou postar fotos, ou gostar de fotos, o problema é: como são essas fotos, e qual a intenção delas? Qual a motivação ao postar uma foto com uma roupa sensual, fazendo carinha sedutora? Por favor gente, não precisa nem conhecer muito a Palavra pra entender que não convém. Isso não é julgamento como alguns acham, isso é ensino, correção, exortação na Palavra. E o sábio aceita a exortação, o tolo emburra, faz cara feia e sai andando. Sejamos sábios e não nos moldemos ao mundo.

Isso é só o reflexo do cristianismo moderno que vem invadindo as igrejas ,a igreja de hoje nem de longe lembra a primitiva. Só lembrando que, tudo o que fazemos deve ser para honrar e glorificar a Deus, e se hoje cada um faz o que acha ser certo é porque não houve conversão nem arrependimento...são falsos e perdem tempo preenchendo bancos nas igreja inchadas de pessoas vazias sem conhecimento e sem obediência.

Concluo deixando para moças e rapazes 'crentes em Jesus', a Palavra de Deus que pode falar muito mais que as minhas: "A VONTADE DE DEUS é que vocês sejam santificados: abstenham-se da imoralidade sexual. Cada um saiba controlar o seu próprio corpo de maneira santa e honrosa, não dominado pela paixão de desejos desenfreados, como os pagãos que desconhecem a Deus. Neste assunto, ninguém prejudique seu irmão nem dele se aproveite. O Senhor castigará todas essas práticas, como já lhes dissemos e asseguramos. Por que Deus não nos chamou para a impureza, mas para a santidade. Por tanto aquele que rejeita estas coisas não está rejeitando o homem, mas a Deus, que lhes dá o seu Santo Espírito" (1 Ts. 4.3-7).

Meu sincero desejo de mudança.

Vivam vencendo a sensualidade que já é pecado e atrai mais pecado ainda!!!

Abraços.

Seu irmão menor.
 
Copyright 2013 Todos os direitos reservados | Blog Uma Alma Sedenta | Em Defesa da Fé Cristã Protestante