09 dezembro 2012

Pr. Malafaia afirma que “não interessa” se a Globo se aproximou dos evangélicos por interesse comercial: “Nosso interesse é o Reino"

O pastor Silas Malafaia foi convidado pela organização do Troféu Promessas para ministrar uma palavra durante a cerimônia de entrega das premiações, que contou ainda com apresentações de música gospel.
Durante o evento, Malafaia afirmou que a aproximação da TV Globo com as igrejas se dá porque a emissora sabe que em breve a população brasileira será formada majoritariamente por evangélicos.
Malafaia se manifestou favorável à organização de um evento gospel por uma empresa secular, e afirmou, em entrevista ao Guia-me, que embora os interesses sejam diferentes, o resultado é a divulgação do Evangelho: “Não interessa se eles têm interesse comercial, nosso interesse é Reino. E outra, se os cantores se vendessem pra Globo, todo mundo seria da Som Livre, ninguém seria da Central, da MK, da Sony…”, afirmou.
Para o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo, é importante aproveitar a oportunidade de estabelecer parceria com as Organizações Globo: “O apóstolo Paulo falou que importa é que o evangelho seja pregado. Pode ser por contenda, por porfia, até por escândalo, não importa. Chegaram para Jesus e disseram: ‘olha, tem uns caras aí pregando de uma forma diferente’. E Ele disse: ‘quem não é contra nós, é por nós’”, argumentou o pastor.
A medida de comparação do pastor Malafaia é o crédito que atualmente é dado aos evangélicos: “Um dia desses a produção do Fantástico me ligou pra saber se era seita ou se era igreja evangélica [...] Hoje, antes de falarem mal de pastor me ligam. Será que isso é ruim?”, questionou, fazendo menção ao caso da seita de “Israelitas”, acusada de ligação com o narcotráfico e de cultivo de e refino de cocaína na fronteira do Brasil com o Peru.
Acostumado a criticar quem diverge de suas opiniões, o pastor voltou a atacar formadores de opinião que pensam diferente dele: “Um bando de gente tem inveja do sucesso dos outros. Com o advento da internet, ‘famosos anônimos recalcados’ querem atirar pedras em quem Deus tem abençoado”, disse, antes de ressaltar mais uma vez que apesar de ser alvo de diversas críticas no meio evangélico, a Globo é um poderoso meio de comunicação: “Não importa se é o SBT, a Globo ou a Record. É pra divulgar o evangelho? Então vamos”.
Também presente no evento, o pastor Juanribe Pagliarin afirmou, segundo o site Creio, que “a paixão dos evangélicos é estar na Globo. Parabéns à Globo e aos realizadores [do Troféu Promessas] por esta aproximação”.
Texto de Tiago Chagas, para o Gospel+.
NOTA DO BLOGUEIRO: Lamentável ver esta justificativa. Enquanto a Igreja Evangélica Brasileira se perde na doutrina, no partir do pão e no verdadeiro fim incubido a ela, vem o Silas com essa onda de que o interesse final em estarem na Globo é o Reino.
Não por estarem lá… Mas me pergunto, das muitas vezes que estiveram por lá, quantas vezes vi um discurso claro e direto em ralação ao Reino de Jesus? (?????) Vi astros, estrelas, gente cheia de vaidade, gente mais preocupada em legitimar seu grupo religioso e ratificar a ascensão de um Mercado dito Gospel que se entranha e se reheia de contratos, cláusulas, acordos financeiros gigantescos onde venda de CD’s, Grifes, Bíblias, artefatos religiosos e Show’s são a “mola mestra” que impulsiona o momento de ascensão. O que vi foi vexame!
Me perdoem, mas não consigo ver a simpliscidade de Jesus e a subversividade do Evangelho em tanta asneira e entretenimento fantasiado de Evangelho dentro da Globo. Não consigo mesmo! E essa do Trofeu Promessas…não quero nem conjecturar. Se eles se denominam de adoradores, pra mim isso não tem sentido nenhum. Portanto, pafaraseando a canção Rookmaaker, acho que minha impressão é “Eu ‘vejo’ um paradoxo no palco”.
*
Antognoni Misael, co-editor doPúlpito Cristão.

2 comentários:

  1. a paz irmão. se fosse fazer um comentario sobre isso diria as mesmas palavras do Tiago Chagas, parabens a ele, bom seria se a maioria tivesse uma visão assim. gosto do Silas mais ultimamente levado pela vaidade tem faltado com respeito quando faz seus comentarios, chamar as pessoas que divergem dele de bando de invejosos, é mais do que disrespeitoso, em uma mensagem chamada legalismo e liberdade Cristã, ele diz em um trecho: nem pra legalista essa presta. isso é doído para pastores conservadores como, Pr Bilio de Melo, Pr. Raimundo João Santana, Claudionor de Andrade, Antonio Gilberto,Ezequias Soares,Geremias do Couto, elienai Cabral, e MUItos outros Mais que carregam uma bagagem, não só teologica, mais uma pratica de Vida incontestavel, tem que respeitar.

    ResponderExcluir
  2. Querido irmão cesar augusto pereira Augusto,
    paz e graça do Senhor.
    Já estava sentindo falta de seus bons comentários.
    Tudo bem com o amado?
    Agradeço ao irmão pelas palavras de incentivo.
    Lamentavelmente, o Pr. Malafaia, perdeu o 'tino' biblico e passou a ser agressivo com quem não concorda com sua nova posição doutrinária, a Teologia da Prosperidade.
    Hoje ele tem como desafeto todos aqueles que têm até mais bagagem bíblica do que ele, como os que o irmão citou acima. Mas ele não parou para pensar ainda que o tempo vai passando e ele também irá passar. E que adiantará ter feito tantas grosserias com os que discordam dele?
    Triste.
    Abraços sinceros.
    Seu irmão menor.
    Viva vencendo!!!

    ResponderExcluir