03 março 2013

Burrice 'Gospel' em alta


Gospel Style: ministério lança Gangnam Style

Gospel Style: ministério lança Gangnam Style em versão gospel

Depois de atingir o seleto grupo dos 10 vídeos mais vistos no You Tube, o clipe do rapper sul-coreano Psy, Gangnam Style ganhou uma versão gospel. A versão é do pastor Henrique Rebello, do ministério Rocha de Israel, de Manaus.
A letra da música falam sobre Deus, a nova vida  em Cristo e de como esperar uma “sexy lady” em versos recheados de gírias.
Não é a primeira vez que músicas de grande popularidade ganham versoes gospel. Hoje já podem ser encontradas letras de pagode gospel funk gospel e até sertanejo gospel.
A estratégia de criar entretenimento é apontada como uma maneira de atrair jovens às igrejas evangélicas. Os críticos dessa maneira de agir nas igrejas classificam as modernas músicas e ritmos apresentados de “show gospel”.
Muitas denominações, como a Igreja presbiteriana do Brasil, já proibiram ou restringiram a dança em seus cultos como forma de preservar a doutrina e liturgia religiosa. Um dos maiores problemas apontados por observadores e estudiosos é a associação da dança à sensualidade.
 
Veja abaixo a letra e o clipe da versão gospel de Gangnam Style:

"Gospel Style – Henrique Rebello"

Eu tô no gospel style
Gospel style
Vivia só no mundo e em meio ao pecado
Mas aceitei Jesus e por ele fui curado
O meu coração por seu sangue foi lavado
Por ele eu fui justificado
Eu não vou morrer, eu já sou nova criatura
Eu não vou morrer, a salvação me assegura
Eu não vou morrer, tô livre para a vida eterna
Eu não vou morrer, eu não vou morrer
Hoje caminho com Jesus Cristo
Ele me salvou, me libertou
Não tenho pressa pra namorar
Por que o melhor ele vai me dar
Eu escolhi esperar porque…
Eu tô no gospel style
no gospel style
Eu escolhi esperar
Eu tô no gospel style
no gospel style
Sexy lady,
Eu escolhi esperar
Eu tô no gospel style
Eu vou orar
Vou me santificar
Eu verei todos meus sonhos se realizar
Com Jesus eu consegui vencer
Sou jovem, sou forte, recebi poder
Tá ligado?


Veja a palhaçada gospel:




Comentário de Wáldson: Essa estória de que se deve usar esses rítimos e/ou músicas seculares para atrair jovens, é a maior mentira do Diabo. E ele tem se dado bem com isso.
Ao invés de tirarem o mundo dos jovens com a Palavra, que concerta o que é torto, fazem o contrário, trazendo o estilo do mundão para os cultos.
Ué, eu tenho que agradar a Deus ou ás pessoas?
Tá certo que preciso de fazer uma programação voltada para cada faixa etária, mas isso não implica em eu ter que me 'adaptar aos estilos que o meio secular' oferece. Isso é desculpa de quem é carnal e até então, não conseguiu renunciar a certas coisas do mundo.
Se essa estória de agradar a jovens com rítimos seculares, não posso me esquecer de que, na igreja tenho gente que vieram do mundo e enquanto lá estavam, gostavam de ouvir Amado Batista para curar sua 'dor de cotovelo'. Que fazer então para que essa pessoa se sinta bem em nosso meio? Trazer a música do referido cantor, trocando apenas as letras. Certo? Sim, então isso é certo. Se para um grupo pode, por que para outro não pode?
E o que fazer com irmãos que eram amantes, apaixonados, loucos, doentes com os rebolados da Gretchen? Fácil: Faremos uma apresentação na hora do culto, trazendo á frente uma irmã que saiba rebolar bem e assim, ela irá dançar e a música da cantora, estará sendo cantada, mas com uma versão 'gospel'. Problema resolvido.
Ah, que tristeza ao ver essa turma de gente que não vê um centímetro espiritual.
Quanta bizarrice no meio 'gospel'.
Quanta imundície em nosso meio...
Lembro-me agora de Paulo e quero parafraseá-lo: "Posso fazer tudo, mas esse tudo não me edifica, não vai ficar bem para mim. Então não farei." 
"Gosto de carne e a como. Mas, se um irmãozinho me observar comendo carne e isso vai atrapalhar a caminhada cristã dele, então desde aquele momento, não comerei mais carne, em ocasião alguma. Não quero que outros pequem, pois Cristo também morreu por ele"
E então? Tudo é válido na casa do Senhor mesmo?
Pense seriamente nisso. Ser membro de uma igreja é fácil. Mas entrar no céu, não é nada fácil.
Abraços.
Vivam vencendo os 'embalos de domingo á noite'.
Seu irmão menor.          

Um comentário:

  1. eh meu amigo!!!infelizmente eh o q a acontecendo nas igrejas hj!!!meu Deus!será q esses pastores num se dão conta do q estão fazendo?

    ResponderExcluir