12 abril 2013

Projeto Nova: iniciativa da Primeira Igreja Batista de Campo Grande oferece auxílio a famílias envolvidas com exploração sexual

O Projeto Nova é uma iniciativa da Primeira Igreja Batista (PIB) de Campo Grande, voltado a famílias que de algum modo, sofrem com a exploração sexual.
A proposta é oferecer atendimento social, psicológico e médico para essas famílias, além de oferecer capacitação profissional para que possam gerar renda.

Uma parceria entre o Sebrae e a Fundação de Assistência à Pessoa Humana (FUNASPH) tem oferecido estrutura e orientação para o projeto Nova, além de promover atividades para os futuros empreendedores, segundo informações do Christian Post.

O site da  FUNASPH diz que a parceria visa “promover qualidade de vida às famílias envolvidas em comércio e exploração sexual, através de ações sócio-educativas com o objetivo de ampliar as possibilidades de vida baseados nos princípios ético-cristãos”.
Nestas atividades, as famílias são atendidas  e motivadas a buscar novas oportunidades profissionais e/ou optar pelo empreendedorismo.

No âmbito cultural, o Cine Sebrae oferece sessões de cinema com filmes que “estimulam o espírito empreendedor”, com filmes como Fuga das Galinhas, Dois Filhos de Francisco e Colateral. As sessões são realizadas no templo da PIB Campo Grande, e as duas próximas edições acontecerão nos dias 13 e 20 de abril.

O viés social é abordado com a oferta de móveis, roupas, calçados, alimentação, etc., como forma de elevar a qualidade de vida das pessoas alcançados pelo Projeto Nova, que atualmente atende quinze famílias que são visitadas semanalmente.

“Realizamos atividades que estimulem a mudança de pensamentos e atitudes, com objetivo de criar o desejo de mudança de seu estado social”, diz o site do projeto.

Testemunhos compartilhados pelos beneficiados e divulgados nas redes sociais dão a dimensão da importância do trabalho desenvolvido pelo Projeto Nova: “Fui molestado pela minha mãe e muitas vezes testemunhei várias cenas de minha mãe com homens dentro de casa. A dor me dominou, a raiva me conquistou, e a perdição foi o meu rumo. Pois a pessoa a que mais eu amo está se auto destruindo. Deus transformou a vida da minha mãe e hoje ela tem a loja dela, parou com a vida que ela tinha”, relatou o filho de uma das mulheres assistidas pela iniciativa.

Para saber mais sobre, acesse o site projetonova.com ou siga as atualizações no Facebook ou Twitter.

Nenhum comentário:

Postar um comentário