11 maio 2013


Canal History detona igrejas pentecostais com Matéria debochada


"Pode-se avaliar um programa como este de pelo menos dois ângulos: como um escárnio ao movimento evangélico, fruto do preconceito religioso, ou ainda, como um feedback que nos revela a imagem que a igreja evangélica brasileira tem construído no imaginário popular.

Se a segunda opção estiver correta, como acredito, deveríamos aproveitar o ensejo para submeter-nos a uma autocrítica, desfazendo-nos do esteriótipo religioso, em vez de ficarmos lamentando, sentindo-nos vítimas de perseguição.

Em vez nos infiltrarmos no mundo como agentes transformadores do reino de Deus, estamos sendo infiltrados pelo mundo e servindo de chacota por causa de nossas idiossincrasias".

Hermes Fernandes




Comentário de Wáldson: Uns cortam bodes, bebem sangue de galinhas, carregam uma imagem pelas ruas, seguram o pau de santo atonio, raspam a cabeça e seguem buda, bebem um chá alucinógeno em meio a mata, falam em línguas, vão a meca, adoram a vaca, adoram o "padinho Ciço" ... 
Isso é uma forma de liturgia própria de cada religião. 
Informar é uma coisa, infelizmente o documentário segue o padrão do escarnio e não da informação. 

Pentecostais ou não seremos sempre esteriotipados pela mídia. 
Não me preocupo com que a mídia pensa ou deixe de pensar do evangelho. 
Me preocupo se seguimos o evangelho biblico, é isso que me importa.

Também assisti ao"documentário" e não pude deixar de pensar em como as pessoas entrevistadas pelo Fred podem ter se sentido enganadas pela edição do programa, especialmente a família da menina Adrianinha. Creio que as pessoas foram abordadas com uma postura séria e respeitosa por parte da equipe de produção do programa e do próprio Fred, pois todos cooperam apesar de rolarem perguntas que causariam constrangimento, mas os comentários acrescentados pela edição do programa (aqueles que os entrevistados não imaginariam que fossem acrescidos) deram um tom de ironia da parte do Fred. Reconheço que nossas mazelas não devem ser varridas para debaixo do tapete (faço coro com quem as denuncia), entretanto nossas críticas devem alcançar quem, de fato, corrompe ou perverte o evangelho e, certamente, não são pessoas como a família da Adrianinha que estão no topo dessa cadeia de perversão. Quanto àquele "personal teólogo"... o que era aquilo? "Um sapato brilhoso e caro confere autoridade". É bom ter um pastor de porte alto e terno alinhado na sua igreja, pois traz credibilidade." Você até pode ter uma igreja sem terno, mas o terno dá uma cara de seriedade em você, inspira a confiança das pessoas." Infelizmente é mais um coitado que pensa entender alguma coisa do mundo cristão ou é um picareta de marca maior que encontrou um filão para explorar. 
Agora, deboche por deboche, achei que ele desrespeitou (e muito!) o Toninho de Xango, pois foi até o local de culto dele e deliberadamente expôs uma pessoa ao ridículo ao dizer: "Não levei muita fé no tal pedra preta, afinal ele não tinha nenhum amigo que pudesse me convencer ao incorporar em mim".
Vendo a reportagem da pra se notar que de sério essa reportagem não teve nada.Qual foi o contra ponto que ele mostrou que existem igrejas sérias comprometidas com a fé e com os valores cristãos? A abordagem do mundo cristão pentecostal foi muito superficial e totalmente parcial denotando a visão de um ateu sobre o mundo cristão. 

È lógiico que ele foi pegar os piores exemplos de igrejas justamente para generalizar o mundo cristão.Tanto que no proprio video o próprio reporter faz uma confusão teológica acerca de uma série de questões como a regeneração, a santidade de Deus, o Espirito Santo e Seus dons, dando a pecha que são iguais os do candomblé por exemplo que todos nós encorporamos demonios, não sabendo desmitificar o que é o dons de linguas . 

A reportagem deu a entender que os crentes vivem como se fosse numa especie de libertação consentida, onde Deus restaura a paz em troca do dizimo, abordando de forma a prejudicar o telespectador de que fato significa a Igreja. 

Com relação aos escandalos e questões no video abordada como relação a teologia da prosperidade, o enriquecimento de pastores são relevantes para a nossa auto critica- MAS ISSO NÃO É REGRA COMO É REFLETIDO NO VIDEO. 

Que tal o mesmo reporter ir nas Igrejas Batistas , Presbiterianas e Assembléias SÉRIAS PARA ELE CONHECER DE FATO O QUE É EVANGELHO E SEUS VALORES E PRINCIPIOS? 

Por mais que vemos problemas em diversas igrejas, não podemos cair nessa que todas as igrejas são ruins e que todas querem apenas o seu dizimo para enriquecer o pastor ou questões politicas de influencia. 

Tal reportagem acima não representa a realidade dos fatos por que ela se limita a fazer uma abordagem sobre o prisma de um ateu que cujo o objetivo não é fazer o povo refleir a imagem da igreja evangélica brasileira, por mais que sabemos que tem inumeros defeitos, mas sim aumentar ainda mais a falta de fé, e diminuir a credibilidade das pessoas ao evangelho e isso como cristão eu não posso aceitar. 

Sabemos que temos passados por dias muitos turbulentos, mas nós, aqueles que querem seguir os passos de cristo não podemos deixar que um programa de TV denigra o evangelho não diferenciando a noiva do cordeiro dos caes e salteadores.Tal reportagem é feita sobre encomenda apenas para alimentar ainda mais os esforços contra a IGREJA, visto que a reportagem abordou sim a FÉ EM CRISTO DE FORMA PEJORATIVA E DESINFORMANTE. 

Eu como Assembleiano, assim como muitos Presbiterianos, Batistas, e outros de inumeras igrejas sérias e que tentamos a cada dia viver o evangelho de cristo, não podemos nos calar diante dos problemas da igreja, mas também não podemos aceitar que tal entrevista com uma visão totalmente contraria a biblia, superficial nos fatos e que faz com que o telespectadores percam a fé em Deus.Para um ateu ou um indeciso, a reportagem foi feita com objetivo claro de passar a visão do reporter. 

Temos problemas, claro que temos, temos muitos lideres que são hedonistas, que cultuam a sua pessoa, muita corrupção , muitos pecados encobertos, muitos problemas com pessoas, mas nunca podemos concordar com uma reportagem que não quer ser sincera, correta e que sua abordagem não traduz o Evangelho de Cristo e sim de homens. 

Infelizmente muitos nessa reportagem cultuam seus lideres, depositam sua confiança em homens por isso são frustrados.A verdadeira fé cristã, não se espelha em pessoas como se fossem intocaveis, mas sim na cruz de Cristo como modo de vida de conduta , que os homens que Deus levanta são pessoas como eu e voce passiveis de falhas, e que os joios e os lobos naquele grande dia serão separados para a condenação eterna. 

So posso concordar uma coisa nessa reportagem: Que ela foi superficial, que os problemas são muito até mais graves do que ele (o reporter pensa) mas não posso concordar com a abordagem generalizante, totalmente parcial e com objetivo claro que dizer que todos os crentes, sobretudo os pentecostais como eu somos enganados, que nada disso existe e que a fé é um teatro que é feito para amenizar nossas dores e nossas lutas..A maneira superficial com que ele encarou o Evangelho, no minimo mostra que ele desconhece o que é o Evagelho, a mensagem do Evangelho e seus efeitos na pessoa que aceita o Evangelho. 

Não posso concordar com o objetivo fim da reportagem ainda que muito o que eles apresenta infelizmente tem acontecido na igreja evangélica nos ultimos tempos, pois estaria negando a Cristo e sua eficaz palavra. 

Com desgosto por essa zombaria, fico.
Grande abraço.
Tenham um sábado bendito.
Vivam vencendo!!!
Seu irmão menor.



Nenhum comentário:

Postar um comentário