19 maio 2013

Estudante da USP usa saia para ir à aula e sofre preconceito

Estudante da USP usa saia para ir à aula e sofre preconceito Facebook/Reprodução 

O preconceito sofrido por um estudante da USP em abril resultou em um movimento que ganha adeptos no Facebook. Conforme informações do jornal Folha de São Paulo e do site G1, o aluno do curso de têxtil e moda Vitor Pereira, 20 anos, foi alvo de críticas e preconceitos pela internet após usar saia para ir à aula no campus zona leste de São Paulo.
Com objetivo de "informar, apoiar e defender o uso de saias entre homens, independente de sua orientação sexual", ele criou uma página na rede social chamada Homens de Saia. O caso ganhou repercussão e um evento, denominado Usp de saia! foi marcado para esta quinta-feira, como "forma de demonstrar apoio a qualquer forma de transgressão aos padrões".
A ideia é que todos usem algo diferente, por exemplo, homens com saia ou vestido e mulheres com calças masculinas, camisetas largas e até gravatas. Até as 23h desta terça-feira, mais de 2,6 mil pessoas tinham aderido ao protesto no Facebook. 

Vitor Pereira e Augusto Paz são dois dos alunos de têxtil e moda da USP Leste que cultivam o hábito de vestir saia (Foto: Flávio Moraes/G1/Arquivo pessoal) 

Zero Hora 


Comentário de Wáldson: Pessoal, estou com uma impressão terrível de que, cada dia mais, há muitos homens querendo ser mulheres.
Acredito que eu não estou enganado.
Vejam bem esse estúpida idéia de homens vestirem saia, só porque 'mulheres usam calças'. Ora, que comparação sem sentido: existe a calça masculina e a calça feminina. E uma mulher de calça feminina não fica tão bonito, como se estivesse de vestido ou saia.
Mas um homem de saia, é terrivel...

Leiam essa aberração,por favor:

 Pai usa saias para apoiar filho de 5 anos que gosta de usar vestidos


Um pai alemão começou a usar saias porque o filho de cinco anos gosta de usar vestidos. A história mexeu com um vilarejo tradicional no sul da Alemanha. Niels Pickert percebeu que seu filho gostava de usar vestidos e era ridicularizado por isso no jardim de infância. Segundo Pickert, "usar saia era a única maneira de oferecer apoio ao meu filho".

Em uma carta, Pickert explica: "Sim, eu sou um daqueles pais que tentam criar seus filhos de maneira igual. Eu não sou um daqueles pais acadêmicos que divagam sobre a igualdade de gênero durante os seus estudos e, depois, assim que a criança está em casa, se volta para o seu papel convencional: ele está se realizando na carreira profissional enquanto sua mulher cuida do resto".

De acordo com o pai, ele não podia simplesmente abandonar o filho ao preconceito alheio. "É absurdo esperar que uma criança de cinco anos consiga se defender sozinha, sem um modelo para guiá-la. Então eu decidi ser esse modelo". Um dia eles resolveram sair pela cidade vestindo saias. Chamaram tanto a atenção de uma moça na rua que ela, literalmente, deu com a cara em um poste.

E o que aconteceu então? O guri resolveu pintar as unhas. Às vezes, ele pinta também as unhas do pai. Quando os outros garotos começam a zombar dele, a resposta é imediata: "Vocês só não usam saias porque os pais de vocês não usam"


Yahoo! Noticias


Meu Pai do céu, onde vamos parar?

Pai militante da "liberação de costumes" USANDO o filho pra fazer propaganda da causa. Acho pouco provável que foi o menino quem tomou a iniciativa sozinho. O pai só usou de retórica pra dizer que a iniciativa foi do menino.

Há pouco tempo, vimos os homens garantirem o seu direito de trocar de sexo, em seguida veio o movimento de 'homens de salto',  depois recentemente, de se casarem(tanto homens como mulheres, o chamado Grupo Gay), agora vem essa questão de saia.Sem nos esquecermos de que  há 15 dias, foi lançada a linha   lingerie para homens.

Lamento muito, mas querer usar o fato de que na Escócia os homens usam saias é um argumento pobre e sem fundamentação alguma. os homens a usam por ser seu costume e, só a usam com a estampa xadrez.

Agora aqui no Brasil, além dos vários 'modelitos', são várias as estampas e tamanhos.
Que coisa féia!!!!

Sei que vão aparecer os defensores da saia, aqui, me dizendo que sou preconceituoso. Mas não importa. Isso é feio e de muito mal gosto.

Estou achando  que não vai demorar muito e os homens vão querer também usar flores nos cabelos, e fazerem tratamento para engravidar.

Que mundo louco, esse sem Deus!!!!
Volta logo Jesus. Maranata!
Vivam vencendo tudo isso!!!
Seu irmão menor. Que não quer se conformar com esse mundo.  

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário