17 junho 2013

As aberrações doutrinárias  de Renê Terra Nova continuam


Neste domingo (16) o apóstolo Renê Terra Nova ungiu sua mãe, Guiomar Terra Nova, como apóstola matriarca. A notícia foi dada pelo líder do Ministério Internacional da Restauração pelo Instagram e gerou polêmica na internet.
Ao falar sobre a unção, Terra Nova chamou sua mãe de “a mulher do útero profético apostólico” por ter lhe gerado. “Hoje será Reconhecida Apostola Matriarca, a mulher do útero profético apostólico. Guiomar Terra Nova. Obrigado Senhor por essa mulher de avivamento!!”, escreveu ele na legenda da foto.
Renê Terra Nova é chamado por seus seguidores de patriarca e sua esposa, Ana Marita, é reconhecida como matriarca. Quem é membro do MIR comemorou a unção de Guiomar parabenizando-a por este reconhecimento.
“Realmente ela merece essa honra, pois foi agraciada em nos dar um profeta genuíno”, escreveu uma mulher no Twitter.
Em contrapartida, blogs de apologética criticaram a unção e ironizaram dizendo que a mãe do apóstolo seria tratada pelos fiéis da mesma forma que os cristãos católicos tratam Maria.
Guiomar Terra Nova.
Guiomar Terra Nova.
No instagram um jovem resolveu comentar na foto questionando quando Renê Terra Nova vai parar de inventar títulos, dizendo que são “bizarrices antibíblicas”. Outro chegou a citar o versículo de Mateus 23.9 onde Jesus diz que não devemos chamar ninguém de pai, a não ser  Deus que está nos céus.
Pois bem, não satisfeito com tanta honra e de olho no título de Jeová Jr, Rene  prepara o legado de honra de sua linhagem real e nomeia a sua própria mãe, a genitora de 12,  um tipo de co-redentora do útero profético... Em breve VIRGEM e IMACULADA.
Nem Maria, mãe de Jesus, teve seu útero tão exaltado, nem mesmo entre os católicos!
Culturagospel.com.br




Nenhum comentário:

Postar um comentário