15 julho 2013

N

Nick Vujicic com permissão inédita realiza evento evangelístico no Vietnã

O país possui fortes restrições a eventos e debates cristãos, mas o apoio de empresário Budista e um oficial do Partido Comunista possibilitou a realização das pregações de Nick Vujicic, famoso evangelista australiano.
 
Nick VujicicApesar das restrições do país a atividades religiosas, o evangelista e palestrante motivacional australiano Nick Vujicic obteve a permissão de permanência por cinco dias, de 22 e 26 de maio, no Vietnã, onde conduziu eventos de “Evangelismo Mundial”. O palestrante cristão, que nasceu sem braços nem pernas, falou a cerca de 75 mil pessoas em sete eventos oficiais, três dos quais transmitidos em rede nacional. O evento faz parte de um movimento mundial cujo objetivo é explicitamente evangelístico, com o objetivo de “compartilhar as boas novas de Jesus Cristo”.
De acordo com relatos locais, Cristãos vietnamitas estavam eufóricos e perplexos com a permissão de que um evangelista cristão pregar no pais, que possui fortes restrições sobre qualquer atividade religiosa. Um novo decreto sobre atividades e organizações religiosas, que entrou em vigor em Janeiro, coloca severas limitações na realização de sermões fora de instalações religiosas (artigo 3), e sobre atividades religiosas de estrangeiros no Vietnã (artigos 39 e 40).
Grupos Cristãos que têm realizado eventos evangelísticos, tais como concertos e celebrações, têm sido severamente perseguidos, ameaçados e até espancados pela polícia. A aprovação do governo à viagem de Vujicic representou uma mudança significativa do tratamento corrente dispensado à palestrantes evangelísticos. Nesse caso excepcional, o palestrante internacional desfrutou do apoio de um rico empresário Budista e um oficial do Partido Comunista.
Apesar da comemoração quanto aos bons ventos produzidos pelos eventos evangelísticos, críticas surgiram pelas restrições impostas durante as pregações de Vujicic. Além de não ter permissão para pregar os preceitos básicos cristãos, seu intérprete teve extrema cautela na tradução de alguns termos e palavras. Observadores disseram que um intérprete deliberadamente substituiu algumas das palavras de Vujicic por termos diferentes, omitindo referências a Deus, Cristianismo e religião. Outros membros da platéia disseram que referências a Deus e ao céu em um evento em Hanói foram interpretadas corretamente.
O Diretor Executivo da CSW, Mervyn Thomas afirmou que a decisão do governo vietnamita de permitir Nick Vujicic palestrar no Vietnã dá sinais de que um movimento positivo em direção à melhoras no nível de liberdade de religião ou crença no país possa ser iniciado.
“Embora seja improvável que este acontecimento indique uma mudança na política em relação à religião, isto deflagrou uma discussão sobre fé e crença entre os jovens vietnamitas que poderiam pressionar o governo a repensar o forte controle estatal às atividades religiosas. Nós pedimos às autoridades que permitam tanto aos palestrantes Cristãos vietnamitas quanto estrangeiros que possam compartilhar suas histórias de vida e fé livremente no Vietnã, sem censura.” Thomas instou ainda que o governo permita que cidadãos locais possam discutir abertamente e debater questões relacionadas à religião, fé e crença, tanto online quanto fora da internet.

Fonte:
 CSW

Nenhum comentário:

Postar um comentário