03 agosto 2013

HERESIAS AMERICANAS



O mercado norte americano não para de produzir novidades teológicas. Desde o século XX que esta nação tem exportado não só softwares, chips, processadores, carros e celulares. Mas também todo tipo de ensino controverso para atender, das mais antigas até as mais recentes invenções, ao público consumidor evangélico mundial, e principalmente aos brasileiros.

DEFINIÇÃO DE HERESIA
“Heresia é tudo aquilo que em matéria de fé, sustenta opiniões contrárias, excedentes e deturpadas da Palavra de Deus”.
“Contrárias” – não aceitam as doutrinas bíblicas. “Excedentes” – ultrapassam aos ensinamentos bíblicos. “Deturpadas” – desfiguram e alteram as doutrinas da Bíblia.

ANTIGAS HERESIAS AMERICANAS:

As heresias antigas produzidas em solo americano, geralmente tinham cara, nome e igreja. Quando surgiam, logo tomavam a decisão de sair do meio evangélico e partiam em direção contrária, mergulhando no exclusivismo e na prepotência que só eles estavam com a verdade. Podemos destacar as heresias que deram origem a várias seitas pseudocristãs hoje já bem conhecidas no Brasil, bem como outras não tão conhecidas como: Meninos de Deus e Ciência Cristã. Como as antigas heresias americanas vinham dentro de um rótulo denominacional, vamos trata-las como são chamadas hoje:

Adventismo do Sétimo Dia (ASD)
Genitor: Guilherme W. Miller (1782 a 1849)
Cognomes: Sabatistas

Heresias: A observância do sábado judaico como regra de fé cristã e meio de salvação, o sono da alma, o aniquilamento dos ímpios, a expiação de Satanás por nossos pecados, o juízo investigativo, a vinda de Jesus já ocorrida em 1844 de forma espiritual e etc.

Testemunhas de Jeová (TJ)
Genitor: Charles T. Russel (1852 a 1916)
Cognomes: Russelismo ou Jeovismo

Heresias: A negação da doutrina da Trindade, a negação da natureza divina de Jesus igual a do Pai, Cristo foi criado por Jeová Deus, o Espírito Santo é a força ativa de Deus e não uma pessoa, a ressurreição de Jesus Cristo não foi corpórea mas espiritual, a vinda de Jesus já ocorrida em 1914 de forma espiritual, o ser humano não tem uma outra substância chamada de espírito que si distingue do corpo, o nome híbrido “Jeová” é o único nome de Deus e fator divisor da religião verdadeira e falsa e etc.

Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (IJSUD) - Mórmons
Genitor: Joseph Smith Junior (1805 a 1844)
Cognomes: Mormonismo

Heresias: Deus é um ser de carne e osso, Jesus Cristo foi criado como filho espiritual pelo Pai e irmão de Lúcifer, Não há salvação sem a invocação do nome de Josefh Smith Jr, O livro do mórmon é a Palavra de Deus enquanto que a Bíblia tem algumas coisas que são doutrinas de homens, todas as outras igrejas cristãs apostataram da fé, o casamento pode ser poligâmico, há vários deuses e os membros mórmons poderão ser deuses, o batismo pelos mortos e etc.

Tabernáculo da Fé (TF)
Genitor: William M. Branham (1909 a 1965)
Cognomes: Unicistas

Heresias: Jesus é apenas um atributo de Deus ao invés de uma pessoa, o mesmo ocorre com o Pai e o Espírito Santo, por isso negam a doutrina da Trindade, a pregação de doutrinas legalistas e o batismo somente em nome de Jesus Cristo, contrariando e se opondo sem tréguas a celebração litúrgica do batismo nas águas em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Meninos de Deus (MD), ou A Família
Genitor: David B. Berg (1919 a 1995)
Cognomes: Família do Amor

Heresias: A prática de sexo é normal entre os membros da igreja e também com pessoas de fora para fins evangelísticos, a prática de adultério com o consentimento do marido, a prática do homossexualismo, a prática de sexo grupal, incesto, nudismo, Jesus era amante de Marta e Maria, o Espírito Santo é feminino e etc.

NOVAS HERESIAS AMERICANAS:
Hoje as heresias americanas estão bem mais sutis. Elas não vêem mais com a rotulagem denominacional. São de multiuso e qualquer Igreja pode tomar emprestado. Por isso são mais perigosas do que as antigas. Numa comparação bem grotesca, as novas heresias americanas são como o terrorismo, um exército sem bandeiras, sem pátria e que não combate frente a frente.

Neopentecostalismo
Genitores: Essek William Kenyon (1867 a 1948), Kenneth Hagin (1917 a 2005).
Cognomes: Palavra da fé, Teologia da Prosperidade, Confissão Positiva, Movimento da Fé.

Heresias: Teologia de prosperidade, o poder das palavras, maldição hereditária, quebra de maldição, regressão, divinização do ser humano, influência dualista, divisão entre a Palavra de Deus: escrita e revelada (dividindo as palavras gregas “logos” e “rema”) e etc.

Neoteísmo
Genitores: Clarck Pinnock, Richard Rice, John Sanders e outros.
Cognomes: Teísmo Aberto, Teologia Relacional

Heresias: O atributo de Deus mais importante é o amor, descartando ou diminuindo os demais como a presciência, onisciência, soberania e eternidade, o futuro está em aberto para Deus, Deus se arrisca, Deus é vulnerável, Deus é mutável, pregam o livre arbítrio sob a perspectiva de uma liberdade libertária e etc.

Movimentos da “Fé”
Genitores: Essek William Kenyon (1867 a 1948), Kenneth Hagin (1917 a 2005).
Cognomes: Palavra da fé, Teologia da Prosperidade, Confissão Positiva, Movimento da Fé.
Heresias: Teologia de prosperidade, o poder das palavras, maldição hereditária, quebra de maldição, regressão, divinização do ser humano, influência dualista, divisão entre a Palavra de Deus: escrita e revelada (dividindo as palavras gregas “logos” e “rema”) e etc.
Ministério Joyce Meyer
Genitores:Seu ministério segue os moldes do ministério independente é administrado pelo seu marido Dave. Segue a linha de Kenneth Hagin e Essek William Kenyon.
Congnomes: Palavra da fé, Teologia da Prosperidade, Confissão Positiva, Movimento da Fé.
Heresias: Teologia da Presperidade, Triunfalismo, Maldição Hereditária, Cura da Alma, Jesus completou Sua obra no inferno, diz ter revelação de 'palavras de Deus', por meio de anjos que a visitam para isso. Crê que ela tem uma chamada específica diferente da maioria dos pregadores cristãos.


Bibliografia: Série Apologética editora ICP - volumes I, III e V, Teísmo Aberto editora Vida, Bíblia Eletrônica Online versão 3.1.

Nenhum comentário:

Postar um comentário