17 dezembro 2013

405 milhões de exemplares da Bíblia foram distribuídos em 2012


Em 2012, ocorreu um aumento no número de exemplares da Bíblia em todo o mundo. As Sociedades Bíblicas Unidas publicaram seu relatório anual, mostrando que a distribuição global de Bíblias passou de 381 milhões de exemplares em 2011 para mais de 405 milhões em 2012, um aumento de 6%.
Entre os 405 milhões de volumes distribuídos, 32,1 milhões eram cópias da Bíblia inteira, igualando o recorde de distribuição de 2011. O restante eram apenas o Novo Testamento ou livretos com trechos selecionados.
Um dos aspectos que mais surpreendeu foi o país que teve o maior aumento na distribuição. Foi a Síria, onde uma guerra civil é travada desde 2011. Mesmo assim, a distribuição de Bíblias por parte de voluntários chegou a 163 mil exemplares no ano passado.
Os cristãos na Síria estão sob enorme pressão. Há uma grande necessidade de encorajamento. Estamos trabalhando duro para produzir as Escrituras em quantidade suficiente para atender a essas necessidades”, conta Mike Bassous, secretário-geral da Sociedade Bíblica do Líbano, que supervisiona o trabalho da Sociedade Bíblica na Síria.
Outro país onde houve crescimento foi o Iraque, onde também existe uma crise social desde a invasão pelos Estados Unidos. Estima-se que apenas 330.000 cristãos permanecerem no país depois de um êxodo em massa resultante da crescente perseguição. Mas mais de 66.000 volumes das Escrituras foram distribuídos em 2012. Um aumento de 57% em relação ao ano anterior.
Egito, Índia, Laos e Nigéria também viram aumento na distribuição. Esses países, juntamente com a Síria e o Iraque sofrem os mais altos níveis de perseguição. É justamente nesses lugares que a procura pela Bíblia aumentou. Michael Perreau, CEO das Sociedades Bíblicas Unidas comemora: “Mesmo com o aumento da perseguição aos cristãos em algumas partes do mundo, é encorajador e reconfortante ver que a Palavra de Deus é tão procurada e amada”. 
Com informações CBN

Nenhum comentário:

Postar um comentário