10 dezembro 2013

Mãe fica cara a cara com o assassino do seu filho e o perdoa

O depoimento de uma mãe(foto com o filho morto), que ficou cara a cara com o suspeito de assassinar filho dela, preso pela Polícia Civil no final de semana passado, comoveu toda a sociedade paraibana.  

Certo dia assisti a um vídeo chocante que tentava retratar o amor de Deus por nós. No vídeo, um controlador de linha férrea ficava diante de uma decisão terrível: escolher a vida do seu filho ou a multidão de passageiros de um trem que passaria pela linha. Ao final, de forma muito emocionante ele decide poupar a vida de uma multidão em detrimento de seu amável filho.
Não tenho dúvidas de que aquele vídeo tenha falado a muitos corações. Mas, o que venho compartilhar é algo real.
O que você faria caso encontrasse com o assassino de seu filho?
Que motivos você teria para perdoá-lo?
Alguém um dia me perguntou: “quem matou Jesus?”, um cidadão respondeu: “foram os romanos”, eu lembro de ter retrucado: “não meu amigo, fomos nós quem matamos a Jesus!
Meus queridos, Deus tem todos os motivos para nos deixar ir para o inferno!
“ Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” Isaías 53:5
Quero compartilhar com vocês um caso que muito chacoalhou meu coração no dia de hoje. Foi um fato que aconteceu na cidade de João Pessoa e o título da matéria, veiculada pelo portal correio, trazia na capa “Mãe surpreende ao ficar cara a cara com suspeito e perdoá-lo pelo assassinato do filho”.
mae perdoa
Queridos leitores, meu lado humano onde todas as minhas razões trabalham sob o senso de justiça humana, inclusive fomentado pela minha profissão de policial, além do mais imaginando um caso como este relacionado a alguém que amo, eu jamais conceberia tal perdão.
A minha hipocrisia estaria estampada neste post no momento eu que eu declarasse que Cristo vive em mim e o bandido está perdoado. Nunca! Quiçá, pra você leitor, a revolta também talvez inunde seu coração e você diga o mesmo que eu.
Contudo, pense bem, há uma luz no fim do túnel, eu sei… Essa claridade que dá uma chance a vida e ao perdão, evitando que percamos a cabeça de vez é justamente lembrar que há coisas que aos homens parece impossível. Por isso não tenho a menor dúvida que são nestes momentos que Deus triunfa suavemente sobre nós! Glórias a Ele por isso!Trata-se de um caso ocorreu no dia 12 de dezembro de 2012, na Zona Sul da cidade de João Pessoa, quando o acusado (Alisson Lima dos Santos) teria assassinado Daniel da Silva à queima-roupa. Após quase um ano a mãe da vítima ( Maria Nice)  encontra-se com o acusado e com o coração inundado de graça e perdão, diante da imprensa e das autoridades, surpreende a todos fazendo a seguinte confissão:
“Você está perdoado, mas eu nunca vou lhe visitar onde você estiver porque eu não tenho coragem / Você vai encontrar esse Deus que eu sirvo e você vai servir Ele /  Eu não tenho um pingo de ódio de você, Alisson, eu só oro por você todos os dias”,
Maria Nice conclui a sua fala dizendo: “Eu agradeço por tudo, em nome de Jesus, Amém!
Veja o comovente vídeo:
Diante do que exposto acima, o que nos faz não perder os sentidos, entrar em colapso, ou definitivamente surtarmos, é justamente trazer a nossa memória a verdade de que Cristo foi surrado, torturado, e morto por causa dos nossos pecados. Isso pesa sobre qualquer razão e justiça humana!
Que nada nos turbe, pois o Evangelho é maravilhoso! Observe que se esse Evangelho esperasse de nós algum resquício de perdão e misericórdia jamais os veriam. Mas Glória a Deus, que Cristo toma-nos pela mão, chama a responsabilidade para si e habita docemente sobre nós em momentos em que a profunda ira levanta-se ao lado do desespero.
Se esta cena me comoveu muito, fico a imaginar o quanto esmagado devo ficar quanto Deus revelar a real dimensão do perdão que através de Cristo foi concedido por mim (e a nós).
Termino aprendendo que não há perdão mais transcende que este, o de Amar até os nossos inimigos! E que Deus conforte, dê abundante paz, consolo e graça a Srª  Maria Nice. É a minha oração.
Antognoni Misael/www.agorapb.com.br


Comentário de Wáldson: O que você faria, se estivesse no lugar dela? Qual seria sua reação imediata ao confrontar o assassino de seu filho? Que palavras você diria(se pudesse dizer), aquela pessoa que tirou a maior preciosidade de sua vida, seu filho?

Fica a pergunta: alguém perdoaria, sem amar? Nâo. Jamais!! Para se perdoar, precisa-se primeiro amar a pessoa, seja ela quem for e independente do que ela faz.

Num caso desse, fica evidente que essa senhora encontrou Jesus Cristo de fato e está fazendo exatamente o que o Evangelho Dele disse: Amai aos vossos inimigos, e orai pelos que vos perseguem.” Mt 5,44.

Aprendamos com ela que aprendeu com Jesus.

Fica o exemplo que fala mais alto.

Viva vencendo!!!

Seu irmão menor.


Nenhum comentário:

Postar um comentário