20 fevereiro 2014

Hidromancia Evangélica


O programa 'Hora da Boa Vontade' na Rádio Globo, lá criou a Prece do copo d'água (os legionários dizem que houve muitas curas milagrosas com a Água Fluidificada ou Fluído Cósmico Universal).

Gesto esse imitado por muitas denominações evangélicas.

A LBV É UMA RELIGIÃO ESPÍRITA
Declara Alziro Zarur(Foto abaixo: "Só a reencarnação e os séculos - expiação, reparação, e progresso - poderiam preparar as inteligências e os corações..." (Jesus - A Saga de Alziro Zarur II, pág.259).


A Bíblia jamais fez qualquer referência à palavra “reencarnação”, e, tampouco, confunde-a com a palavra “ressurreição”. Segundo o dicionário da Língua portuguesa, de F. S. Bueno, “reencarnação” é o ato ou efeito de reencarnar, pluralidade de existência com um só espírito; enquanto que a palavra ressurreição é: levantar, erguer, surgir, sair de um local ou situação para outra. No latim, “ressurreição” é o ato de voltar a vida, reanimar-se. Biblicamente, entende-se o termo ressurreição como o mesmo que ressurgir dos mortos. Para o cristianismo bíblico só existe a ressurreição. (Dicionário da Bíblia – Davis)

“E, como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo depois o juízo” (H.9:27).

É por isso que a LBV, como os espíritas, temem à Bíblia, pois Ela desmantela a sua teoria central, que é a reencarnação. Veja, o texto de Hebreus é claríssimo, o homem só morre uma vez, e por quê? Porque ele só nasce uma vez. E, ainda acrescenta; “vindo depois o juízo”, ou seja, a luz da Palavra de Deus não há espaço para a teoria da reencarnação. O texto deixa claro, que ao morrer, você será julgado, para ser salvo ou condenado, sem meios termos, é céu ou inferno. 

Infelizmente é a influencia do mundo na igreja evangélica, aonde todos os tipos de invencionices são aceitas e colocada em práticas por líder sem pudor de atrair membros usando métodos escusos e contrários a palavra de Cristo, ao qual a culpa não é somente da liderança evangélica mas sim do povo cristão que fabrica esse mestres quem se preocupam em comunicar apenas o que querem, não o que precisamos ouvir, a palavra de Deus.

Voltando á Água Fluidificada: Tudo começa na década de 60, quando Alziro Zarur, fundador da LBV(Legião da Boa Vontade), em seu programa na Rádio Globo, convida aos amigos ouvintes a colocarem um copo com água sobre seu 'rádio-receptor' e, depois de sua prece, a água estaria com fluidos espirituais que curaria qualquer mal que a pessoa tivesse.

Alguns anos mais tarde, essa prática foi adotada pelo Missionário Manoel de Melo, fundador da Igreja O Brasil para Cristo. Dizia ele que a água, depois de 'orada', estava com poder de Deus para curar e libertar pessoas.


Pouco tempo depois, quem estava fazendo uso da água era o cunhado de Manoel de Melo, Mis. David Miranda. 


Com esse sim, o 'milagre da água', tomou uma proporção gigantesca. E lá na sua igreja, começou a distribuição da água em copos ou garrafinhas para se levar para casa, ou para um doente e etc.

Nos anos 70, essa prática também começou a acontecer num programa de rádio das ADs em Paraná: O cantor e também Pastor Matheus Iensem, em seu programa A Voz das Assembleias de Deus, por meio da Rádio Universo-ondas curtas, passa a fazer uso da água 'abençoada' e a pedir aos seus ouvintes que coloquem em cima do rádio o copo com água. Muitos foram os testemunhos de cura e libertação. Mas no ano de 1973, a CGADB(Convenção das Assembléia de Deus no Brasil), convidou-o para uma reunião e lhe expuseram o grave erro que ele cometia ao copiar uma prática espírita.
Ele, com humildade, aceitou a reprimenda e tirou de seu programa o 'copo dágua'.

O programa ficou no ar com boa audiência por mais 15 anos, quando a rádio foi vendida.

É interessante que se saiba das origens desses 'amuletos' da sorte, para não cairmos em uma invenção de espíritas.

Hoje, infelizmente, há diversas igrejas que fazem campanhas usando a água. Isso tudo é uma feitiçaria dentro da igreja evangélica.
O que cura e liberta o pecador, ou cura o crente é o poder na oração no nome de Jesus.

Espero que, os que lerem esse Post e têm por costume orar na água nas igrejas, levarem para casa e colocarem no filtro ou na geladeira, possam deixar isso de lado. Pois isso funciona tão bem, quanto uma ferradura pendurada numa parede.

Deus lhes dê sabedoria.

Viva vencendo os inventores de 'patuás evangélicos'!!!

Seu irmão menor.

"Porque virá tempo em que não sofrerão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências;" 2Tm 4:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário