09 março 2014

Feitiçaria: 'Banho das 7 águas'


O famoso banho das sete águas faz parte dos cursos de magia branca na umbanda. Edir Macedo, como um bom pai de santo que é, introduziu essas heresias dentro da IURD (se é que podemos chamar isso de igreja). Através desse rito ele abriu a porta para a ativação dos Chakras e o Sete Vales. Além da contaminação espiritual existe o risco da contaminação física, pois o tal Bispo parece que não manda ferver as sete águas.

Veja o vídeo:



Comentário de Wáldson: Uma 'macumbaria gospel'. O efeito é o mesmo que se fosse feito no Terreiro Espírita. Levar esses rituais para uma 'igreja'(?), é desmerecer o nome de Jesus. O único nome que tem autoridade para expulsar todo mal é o nome de Jesus. Isso iria acontecer mesmo, estamos no fim dos tempos.O nome de Jesus tem poder pra salvar e libertar e  para sempre, Ele é o  Autor da salvação!

A união desses três ritos da Nova Era tem como objetivo promover a adoração ao cristo cósmico, a sua imagem e economia; por exemplo: Os seguidores de Umbanda aguardam com grande expectativa o objeto “sagrado” (a estrela de nove pontas) que os guiará para uma Nova Ordem Mundial.

"O rito das 'sete águas' ativam as Leis do Livrinho descrito em Apocalipse 10:2 ( kitáb –i-aqdas) que por sua vêz,  ativa os sete trovões (Apocalipse 10:3) que são os sete vales de Baha’u’llah. E assim, o peregrino começa a viagem com esses banhos de descarrego".(Livro da Caravaca")

Nenhum comentário:

Postar um comentário