30 março 2014

JORNALISTA PAULO MARTINS É RETIRADO DE TELEJORNAL; PROCURADORIA GERAL DA REPUBLICA ACEITA PEDIDO DE DEPUTADA CONTRA RACHEL SHEHERAZADE


O fim da liberdade já é uma realidade no Brasil!


Além do Marco Civil, ditadura comuno-petista irá perseguir e amordaçar todos que criticarem seu regime também na Tv!

Vejam só...


O jornalista Paulo Eduardo Martins foi retirado da bancada do 'Jornal da Massa'. 


Pelo jeito Ratinho não aguentou a pressão do PT.




https://www.facebook.com/facepauloeduardomartins?fref=ts


A Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, afastou hoje (28) dois comentaristas que se dedicavam quase exclusivamente a criticar o PT e o governo de Dilma Rousseff. Com cinco emissoras cobrindo todo o Estado, a Rede Massa pertence ao apresentador Carlos Massa, o Ratinho.

Ogier Buchi e Paulo Eduardo Martins deixarão a partir de segunda-feira de integrar o Jornal da Massa, exibido entre 7h e 8h. No telejornal, eles participavam diariamente de um debate em que discutiam assuntos de esfera federal, como  "escândalo da Petrobras" e o marco civil da Internet.

 Na edição de ontem (27), por exemplo, Matins defendeu a existência de uma "ditadura do PT": "Só idiota acha que ditadura se faz com tanque na rua. Não é assim não, animal. Tanque só vai para a rua quando é necessário fazer o confronto físico, o uso da força. Quando o povo é gado, quando o povo é pacífico, não precisa botar gasolina no tanque. Basta aprovar todas essas leis que o PT vem aprovando".

Martins e Buchi se juntam a Ruth Bolognese, que já havia sido afastada do telejornal. O desligamento dos três comentaristas de direita ocorre 50 dias depois de o SBT de São Paulo, cabeça-de-rede, ter demitido três articulistas que também não sintonizavam com a esquerda: José Nêumane Pinto, Denise Campos de Toledo e Carlos Chagas.

Segundo Paulo Eduardo Martins, o motivo oficial do afastamento foi uma mudança editorial. "A explicação que recebi de Mauro Lissoni, diretor de conteúdo, é que decidiram acabar com os comentaristas do Jornal da Massa porque o jornal agora não vai ter opinião. A casa quer experimentar outros formatos", disse ao Notícias da TV.

Para Martins, que continua como comentarista do SBT Paraná, telejornal local exibido antes do SBT Brasil, mas restrito a temas locais, admite que "ano eleitoral é sempre complicado".

A Rede Massa tem pouca publicidade do governo federal. Somente estatais anunciam na emissora.


Veja o vídeo. Um dos causadores da saída do jornalista:




Veja o comentário do mesmo sobre a perseguição e morte de cristãos no mundo:




Rachel Sheherazade também está sendo alvo da mordaça comunista...

Procuradoria Geral da República aceita pedido de deputada para investigar SBT
Um pedido de investigação movido pela deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) contra o SBT foi aceito nesta quinta-feira (27/3) pela Procuradoria Geral da República. A parlamentar exige que a concessão da emissora paulista seja reavaliada, por conta dos comentários da jornalista Rachel Sheherazade no "SBT Brasil".
                    Apresentadora do SBT será investigada por comentários polêmicos.

Segundo o portal PurePeople, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, afirmou que os vídeos que mostram a opinião exposta por Sheherazade no jornalístico serão avaliados. "Não se pode pregar contra o Estado democrático. Isso é muito sério. Se você faz um discurso de ódio para a sociedade, não há como controlar o que ocorre depois por aí", opinou. Procurado por IMPRENSA, o SBT não quis se manifestar.


A deputada justifica seu pedido de investigação dizendo que o SBT também deve ser responsabilizado pelo que ela chamou de "discurso neofascista" da apresentadora. Em fevereiro, Sheherazade foi alvo de críticas por ter comentado em favor de um grupo de pessoas que espancou e prendeu a um poste um adolescente acusado de roubo.


Via: http://www.portalimprensa.com.br/,  Casando o Verbo e Uol





2 comentários:

  1. O governo tem que fincar mais postes pra amarrar mais bandidos.

    ResponderExcluir
  2. As autoridades constituídas pelo governo, que tiveram o aval e a confiança do seu povo, são as mesmas pessoas, que fazem parte de um todo, de uma nação, o povo Brasileiro; todos nós devemos temer a Deus e nos arrependermos de todas iniquidades cometidas diante da Sua santidade e das Suas inesgotáveis benignidades derramadas sobre todos nós--ímpios ou justos--o sol continua nascendo para todos.

    Ele é longânimo e tardio em se irar; mas um dia, naquele Grandioso Dia, todas nações serão como um gafanhoto diante dos Seus pés, a qualquer momento poderá ser pisada, exterminada, varrida, sem deixar nenhum vestígio; diante da Sua ira e do Seu Juízo aplicado. Dando conta quanto aos seus desmandos e maiores atrocidades. Nenhuma pessoa sequer poderá fugir da Sua esplendorosa presença, e cada um de nós dará conta das suas obras. BENDITA, A NAÇÃO, QUE TEM DEUS COMO SENHOR!

    ResponderExcluir