04 abril 2014

A REBELIÃO CONTRA O DEUS DA BÍBLIA



INTRODUÇÃO

A rebeldia nasceu com Lúcifer, quando ainda querubim. Rebelou-se contra seu próprio criador pretendendo seu lugar. “E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte. Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”.(Is 14.13,14). Ao cair da sua posição de querubim ele se tornou diabo, satanás. A mesma intenção de olhos altivos, cobiça, orgulho, rebeldia contra Deus, ele introduz na vida do homem. Para Eva ele usa uma hermenêutica distorcida para enganá-la. Despertou o mesmo sentimento que havia nele, de ser semelhante ao altíssimo.

I – A REBELIÃO CONTRA DEUS


1- A origem da rebelião
Segundo o Dicionário Ilustrado da Bíblia, Rebelião é: “Conduta ou discurso incitando à revolta contra a autoridade constituída, ou outro representante do governo legítimo” (Ed 4.15; Lc 23.19).
“Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim protetor, do meio das pedras afogueadas”. (Ez 28.16). Entendemos que o diabo tinha domínio sobre alguns anjos, e levou-os a segui-lo. A intenção dele era tomar o lugar de Deus, ser igual a Deus. “Subirei acima das mais altas nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo”.(Is 14.14). Certamente desconhecia a onisciência de Deus. Mas Deus sabe todas as coisas, e o inimigo foi lançado para fora. “Como caíste do céu, ó estrela da manhã, filha da alva! {como} foste lançado por terra, tu que debilitavas as nações!” (Is 14.12).

A partir de Adão o pecado entrou no mundo. O primeiro homicídio (Gn 4.8), a poligamia foi tomando conta da humanidade (Gn 4.19). A mistura entre o sagrado e o profano (Gn 6.2). Assim a rebelião foi tomando conta dos humanos, a rebelião contra Deus e tudo que está relacionado a ele. “E viu o Senhor que a maldade do homem se multiplicara sobre a terra, e que toda a imaginação dos pensamentos de seu coração era só má continuamente”(Gn 6.5).Mas assim como Lúficer foi lançado da presença de Deus, e Adão expulso do Éden, todos os rebeldes, pecadores, obstinados terão seu fim. "Os ímpios serão lançados no inferno {e} todas as gentes que se esquecem de Deus” (Sl 9.17). Hoje os ímpios escarnecem de Deus e de sua palavra, mas o Senhor os julgará. “Levanta-te, Senhor; não prevaleça o homem; sejam julgadas as gentes perante a tua face” (Sl 9.19).

2-A rebelião do homem
Toda criatura humana possui em si a consciência, que é o tribunal que aprova e desaprova nossas ações. Está inserindo na consciência do homem, a necessidade de um Deus. Os humanos tentam preencher este vazio com a religião, fama, posição, obras etc. A consciência do homem o avisa de que terá que prestar contas com o seu superior. Então a única maneira de se ver livre da consciência é excluindo Deus do seu mundo. Assim o homem não tem a quem responder pelos seus atos, e extingue os limites estabelecidos por Deus, e tudo se torna relativo, sem limites, sem pecados com a ausência de Deus. O homem busca outras explicações para sua origem, como o evolucionismo. O pecado não é a ausência do bem, a Bíblia apresenta o pecado como um mal real. É muito mais que comportamentos inoportunos, tolos e prejudiciais que traz tristezas e desalento. Pecado é uma rebelião contra a lei divina, que é nosso padrão de retidão "A tua palavra {é} a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos {dura} para sempre" (Sl 119.160). Pecado é a rebelião das criaturas contra a autoridade de Deus seu criador. Quando os humanos infringem qualquer preceito da lei divina, consiste na transgressão de todos os demais."Porque qualquer que guardar toda a lei e tropeçar em um {só ponto} tornou-se culpado de todos". (Tg 2.10).

II – POR QUE O HOMEM REJEITA O DEUS DA BÍBLIA?

1- Em razão da sua natureza pecaminosa.

Uma vez que o pecado entrou no mundo, o homem passa a ser dominado por ele. Em nossos dias de pluralismo e pós-modernidade, e das guerras filosóficas, sobre a vida, pecado, inferno, religião, sexo etc, existe uma batalha espiritual. Essa batalha é de Satanás e seus demônios contra a igreja, o povo de Deus, verdade, a Bíblia Sagrada. O homem procura banir Deus de sua vida, evitando ter em mente um ser supremo, com quem tem que prestar contas um dia pelos pecados. O homem pensa que a melhor maneira de evitar o juízo de Deus, e o inferno é dizendo para si mesmo que inferno e Deus não existem, é fruto da imaginação da mente humana, não sabendo que esta atitude torna-se uma rebeldia maior. Diz o tolo em seu coração: Não há Deus!Quer o homem diga ou não que Deus não existe, ele está lá, é Deus creiamos ou não. E quer que todos se salvem e venham, ao conhecimento da verdade. Eis a razão da longanimidade de Deus para com o homem pecador e rebelde.

2- Em razão das funestas atividades do “espírito do Anticristo”.
O Anticristo se manifestará no mundo depois que a igreja for arrebatada. Todavia a plataforma para recebê-lo, já está sendo preparada. Satanás tem usado certos instrumentos para fazer o homem se rebelar contra Deus.


a) O Relativismo - É uma doutrina que prega contra o absolutismo. Nada é absoluto, as verdades morais, a política, a religião, a ciência tudo é relativo podendo mudar com o tempo, cultura, época, grupo social, o lugar etc. Sendo assim a Bíblia,Deus e o pecado são relativos, e o inferno não existe. O diabo vem enganando os incrédulos com essa mentira, e afastando-os cada vez mais de Deus.

b) Leis infames – Em vários países é legal o casamento homossexual e o aborto, contrariando os preceitos bíblicos. A finalidade do uso de células tronco embrionária é a clonagem humana, algo que vai de encontro com a palavra. Tramita no Brasil um Projeto de Lei contra a homofobia. A finalidade desse projeto é a lei da mordaça, para ninguém mais pregar a verdade que a Bíblia apresenta contra essa prática abominável. Através da pregação da palavra, muitas vidas tem sido libertas por Cristo. O diabo quer ver as pessoas escravizadas, querendo através dessas leis infames evitar a libertação por Cristo. Em muitos países do mundo já não temos mais a liberdade religiosa, o direito de pregar contra essas práticas, o mundo está cada dia mais revolto contra Deus.

III – O FUNDAMENTALISMO ATEÍSTA

1 – Richard Dawkins
Segundo a revista a Revista Prospect em 2005,
sobre os maiores intelectuais da atualidade, Richard Dawkins ficou com a terceira posição. Ele usa seus conhecimentos e inteligência contra a religião, Deus e a Bíblia. Escreve em seu livro“Deus, um Delírio”, que a religião é um dos males da modernidade. E que a religião inventou Deus, para as explicações da origem da vida e tudo o mais que conhecemos. Dawkins apresenta segundo ele as irracionalidades que a religião tem cometido, principalmente o cristianismo, judaísmo e islamismo. Leia um trecho da entrevista que a revista Veja fez com Dawkins em 2005.

“Veja – Por que o senhor chama a religião de "vírus da mente"?".

"Dawkins – Isso está relacionado à idéia de meme, que lancei em 1976 no meu livro O Gene Egoísta. Cunhei o termo – que já foi incorporado pelo dicionário Oxford – em analogia com gene. Assim como os genes são unidades auto-replicadoras que passam de uma geração a outra, também os memes seriam capazes de replicar a si mesmos e passar de uma mente para a outra. Esse conceito é útil se explica por que uma idéia em particular se disseminou. Um meme pode ser uma idéia científica, uma melodia, um poema, e nesse caso ele se dissemina por seus méritos. A religião seria um memeplexo, isto é, um conjunto de memes que costumam florescer na presença uns dos outros, tal como acontece com certos complexos de genes. Mas, ao contrário dos bons memes, a religião não se dissemina porque é útil. Ela salta de uma mente para outra como uma infecção, ou como um vírus de computador, que só se propaga porque traz embutida uma instrução codificada: "Espalhe-me".

2 – Michel Onfray
É um filosofo francês, com um doutorado em filosofia. Michel é um ateísta moderno tendo escrito varios livros entre eles "O Manifesto Ateista" . Faz uma enorme divulgação do ateísmo, da razão e do hedonismo.(hedonismo é uma doutrina filosófica que afirma ser o prazer imediato e individual o supremo bem da vida).
O evangelho está sob ataque constante por Satanás, um interminável número de doutores, filósofos, cientistas que em rebeldia a Deus e a sua palavra, desviam as boas novas das pessoas. Tantas são as mentiras do teísmo que as pessoas hoje dão risadas quando falamos da Bíblia e dizemos que cremos em Deus.

IV – O FIM DA REBELIÃO CONTRA DEUS

1 – A vitória de Cristo na cruz
Quando o homem pecou, de imediato Deus fez uma promessa de redenção, apesar da redenção ter vindo anos depois. “E porei inimizade entre ti e a mulher e entre a tua semente e a sua semente; esta {Heb. Ele} te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar”. (Gn 3.15). A morte de Cristo na cruz levou todo o nosso pecados, e passamos do reino das trevas para o reino de Deus, uma derrota para Satanás. “Havendo riscado a cédula que era contra nós nas suas ordenanças, a qual de alguma maneira nos era contrária, e a tirou do meio {de nós,} cravando-a na cruz.” (Cl 2.15).

2- A vitória da igreja
A igreja de Cristo vem por milênios vitoriosa. Enfrentou as arenas, os leões, as espadas dos gladiadores, mortandade em massa, perseguições, inquisições e chega no século XXI vitoriosa. Em função disto Jesus disse: “Pois também eu te digo que tu és Pedro {Gr. Petros} e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela”.(Mt 16.18). Tantas heresias na era cristã tentaram sobrepujar a igreja, sem falar no sincretismo religioso. Mas a igreja de Cristo é vitoriosa “Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada? Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia: fomos reputados como ovelhas para o matadouro. Mas em todas estas {coisas} somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou”. (Rm 8. 35-37).

3- A vitória final
Deus pelo seu soberano poder, intervirá na história.
Primeiro arrebatará sua igreja
“Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro; depois, nós, os que ficarmos vivos, seremos arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim estaremos sempre com o Senhor” (1Ts 4.16,17).


Depois vem a tribulação, ou ira, grande Dia do Senhor, Dia da Vingança.E esperar dos céus a seu Filho, a quem ressuscitou dos mortos, {a saber,} Jesus, que nos livra da ira futura”.(1Ts 1.10).
“Porque o dia do SENHOR dos Exércitos será contra todo o soberbo e altivo e contra todo o que se exalta, para que seja abatido”; (Is 2.12).

Satanás será preso durante o milênio
“Ele prendeu o dragão, a antiga serpente, que é o diabo e Satanás, e amarrou-o por mil anos. E lançou-o no abismo, e ali o encerrou, e pôs selo sobre ele, para que mais não engane as nações, até que os mil anos se acabem. E depois importa que seja solto por um pouco de tempo”. (Ap 20.3,4).


No final do milênio, os ímpios, satanás, a besta e o anticristo serão lançados no lago de fogo.
“E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre”. (Ap 20,10).

“E vi os mortos, grandes e pequenos, que estavam diante do trono, e abriram-se os livros. E abriu-se outro livro, que é o da vida. E os mortos foram julgados pelas coisas que estavam escritas nos livros, segundo as suas obras. E deu o mar os mortos que nele havia; e a morte e o inferno {Gr. Hades} deram os mortos que neles havia; e foram julgados cada um segundo as suas obras. E a morte e o inferno foram lançados no lago de fogo. Esta é a segunda morte”. (Ap 20.12-14).

CONCLUSÃO

Porque durante milênios a igreja vem sendo perseguida? Porque propaga a verdade que liberta, e tira as pessoas que vivem à margem. A libertação, a cura das pessoas, é a destruição das forças do mal. Devido a isto, o diabo tem se levantado com os humanos contra Deus, através da falsa ciência, filosofias tendenciosas, a mídia, política, sociologia etc. Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo.
-Dicionário Ilustrado da Bíblia
-Bíblia Online
-Revista Obreiro CPAD 4° Trimestre 2008
-BEP

Nenhum comentário:

Postar um comentário