14 abril 2014

TODAS AS CRIANCINHAS SERÃO ARREBATADAS?


É possível que vocês já tenham visto várias tentativas de responder esta pergunta, e a melhor tentativa é a que afirma que todas as criancinhas serão arrebatadas, visto que, elas não cometeram pecados e Jesus disse que delas é o reino dos Céus, estou falando de tentativas, não de resposta bíblica.
A resposta bíblica a esta pergunta talvez não seja a esperada, mas é a resposta que vale.



O QUE ACONTECERÁ COM AS CRIANCINHAS FILHOS DOS INCRÉDULOS NO ARREBATAMENTO?



É certo que para entendermos corretamente o assunto precisamos entender a seqüência dos acontecimentos escatológicos. 

Antes de pensarmos em qualquer conclusão é necessário pensarmos sobre três pontos, os quais vão nos ajudar a compreender este tema.




1º - A BÍBLIA FALA DE TRÊS POVOS (1ºCo 10:32) – Judeus, Gentios e Igreja de Deus.
- Pergunto: de Qual povo fazem parte as criancinhas dos incrédulos?




2º - APÓS O ARREBATAMENTO NASCERÁ OUTRAS CRIANÇAS.

- Pergunto: o que você dirá sobre as criancinhas que inocentemente nascerem na grande tribulação?



3º - O ARREBATAMENTO DA IGREJA NÃO DEFINE TODA HISTÓRIA DA SALVAÇÃO.
- Pergunto: para que o juízo final? (caso somente no arrebatamento houvesse livramento da perdição eterna).




Se você analisar esses três pontos a cima talvez você já tenha a resposta.




Tenho visto companheiros dar as mais diversas provas de que todas as criancinhas serão arrebatadas independentes de seus pais serem crentes ou não . Mas lamento ter que afirmar que a bíblia nunca declarou isto, muito menos sugeriu a idéia.

Alguns até tiveram visões e outros, inclusive Teólogos, falam com tanta convicção que é capaz de convencer até aos mais intelectuais. Pois é, meus irmãos, até os mais intelectuais comentem enganos. Vários filmes cristãos ilustraram todas as criancinhas sendo arrebatadas, etc.



QUAL A LÓGICA DESTA CONCLUSÃO?


1. Esta conclusão deu-se ao fato de que as criancinhas não cometeram pecado algum, portanto, serão consideradas justas por Deus e, é lógico que serão arrebatadas. 

2. Para esses especialistas em interpretar bíblia... o texto de prova de que elas (as criancinhas) serão arrebatadas é o registro de Lucas 18:15-17 onde Jesus diz: 


Jesus, porém, chamando-as para si, disse: Deixai vir a mim as crianças, e não as impeçais, porque de tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo que, qualquer que não receber o reino de Deus como criança, de modo algum entrará nele”.




Se para entrar no reino de Deus temos que ser como crianças, é lógico que elas serão arrebatadas.


3. Outros afirmam que Deus seria injusto se não arrebatasse as criancinhas deixando-as sofrer os terríveis juízos da grande Tribulação, ETC. 



O QUE A BÍBLIA AFIRMA SOBRE ISSO?




Antes queremos lembrar que a bíblia tem que ser usada da forma correta, os advogados da idéia de que as criancinhas, filhas dos incrédulos serão arrebatadas, precisam conhecer melhor a bíblia e não apenas textos isolados.
Não quero perder tempo discutindo o que os outros dizem, vamos direto ao assunto.




Como já falamos acima a bíblia fala de três povos que são:

- Judeus
- Gentios
- Igreja
Os filhos obviamente pertencem ao grupo dos pais. E o povo que será arrebatado chama-se igreja os demais aguardarão sua hora (os judeus o milênio e os gentios o juízo final).



Vamos pensar na hipótese de Deus, para ser justo, ter que arrebatar todas as criancinhas, visto que, elas não merecem sofrer os juízos da grande tribulação. 
Neste caso, Deus estaria cometendo outra injustiça com as criancinhas que nascerem no período da grande tribulação, e o que dizer das grávidas? veja Mt 24:19; Mc 13:17; Lc 21:23. 
Ai das que estiverem grávidas e das que amamentarem naqueles dias! Porque haverá grande aflição na terra e ira contra este povo”.




Fica claro que mães amamentarão seus filhos na grande tribulação.




Vamos agora pensar na hipótese de Deus arrebatar todas as criancinhas pelo feto delas serem santas. O Apostolo Paulo discute esta questão quando fala a respeito do casamento. Ele afirma o seguinte: 

Porque o marido incrédulo é santificado no convívio da esposa, e a esposa incrédula é santificada no convívio do marido crente. Doutra sorte, os vossos filhos seriam impuros; porém, agora, são santos” (1º Co 7:14).
Isto descarta a idéia de que as criancinhas, filhas dos ímpios, sejam santas. Embora não tenham cometido pecados elas herdaram de seus pais a lei do pecado (Rm 7:14-24). Uma criança para ser arrebatada ela precisa fazer parte da igreja de Cristo e para ser igreja de Cristo ela precisa ou ser filho de Crente ou aceitar a Jesus como salvador.



Vamos supor que as criancinhas tenham que ser arrebatadas pelo fato de Cristo ter afirmado o seguinte: 

Então, lhe trouxeram algumas crianças para que as tocasse, mas os discípulos os repreendiam. Jesus, porém, vendo isto, indignou-se e disse-lhes: Deixai vir a mim os pequeninos, não os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus. Em verdade vos digo: Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele
” (Mc 10:13-16).



Observando as palavras de Cristo nesta passagem quase que me convenci de que as criancinhas teriam de ser arrebatadas. Pois, o texto fala de todas as criancinhas, não só dos filhos dos crentes e se eu preciso ser como uma delas, então porque elas não teriam o direito de gozar com Cristo as bodas do Cordeiro? Foi quando percebi que Jesus disse que delas é o reino dos céus (de Deus) e continuando lendo o texto passei a entender que Jesus falava de reino de Deus (céus) e não de salvação. 
Mas a final, o que é reino de Deus (céus), vamos direto ao assunto:




Se lermos o versículo seguinte ao mesmo texto, Jesus diz: “Quem não receber o reino de Deus como uma criança de maneira nenhuma entrará nele” (Mc 10:15), ou seja, o reino de Deus é recebido aqui na terra, não tem nada a ver com o arrebatamento. Jesus ainda Explica quando repreende os farizeus: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas, porque fechais o reino dos céus diante dos homens; pois vós não entrais, nem deixais entrar os que estão entrando!” (Mt 23:13). Os farizeus nem entravam nem deixavam os outros entrar no reino de Deus.




Se lermos todas as parábolas de Jesus passaremos a entender melhor o reino dos céus (de Deus) em quase todas as parábolas Jesus começa dizendo: “o reino dos céus é semelhante a...” em seguida Ele cita, uma criança, uma ovelha, um trabalhador, um Rei, uma dracma, um grão de mostarda, um fermento, uma rede, um tesouro, um pai e a dez virgens. Se você lê todas as parábolas você não vai mais perder tempo dizendo que as criancinhas serão arrebatadas simplesmente porque Jesus citou que para entrarmos no reino de Deus temos que ser como elas. Jesus também disse que precisávamos ser como as pombas e como as serpentes (Mt 10:16). Alguém tem coragem de afirmar as pombas e as serpentes também serão arrebatadas?




CONCLUSÃO:


Jesus virá buscar a sua igreja e só os crentes salvos em Cristo Jesus serão arrebatados. Como disse Paulo, os filhos dos crentes, mesmo se um dos cônjuges não forem salvo, a criancinhas herda da parte do salvo a promessa e sobe juntamente com ele. Mas as demais crianças (filhas de não crentes), não são igreja e, portanto, não serão arrebatadas (1º Co 7:14).


Isto não significa que elas serão condenadas, apenas passarão pela grande tribulação, pois elas não são melhores do que as outras que hão de nascer na grande tribulação (Mt 24:19; Mc 13:17; Lc 21:23). Todas as criancinhas que morrerem na grande tribulação, é claro que não serão condenadas ao inferno, e porque não falar de todas as criancinhas desde adão até aquele grande dia. 

Pensando nas criancinhas do período da grande tribulação que não tiveram a oportunidade de aceitar a Jesus e que sobreviveram às catástrofes da grande tribulação Deus determinou um julgamento antes do reino milenial (chamado de juíza das nações) – é possível que essas crianças sejam consideradas justas e goze o milênio com cristo (opinião pessoal, não bíblica).




A bíblia é bem clara sobre o arrebatamento, somente os que dormiram em Cristo e os crentes vivos seremos arrebatados (1ºTs 4:16-17). Todas as criancinhas (filhos dos não crentes) irão aguardar o juízo final, (Ap 20:11-13) o texto fala de:

- Grandes e pequenas (não está falando de gingantes e anões)
Abrir-se-ão os livros
Todos serão julgados pelo que está escrito nos Livros.
Todos Serão julgados pelas próprias obras.

Ali se apresentarão todas as criancinhas que morreram no dilúvio, em Sodoma e Gomorra, na grande tribulação e em todas as catástrofes que resultaram do pecado do homem, Deus não poupou nenhuma criancinha nessas catástrofes, mas na maior catástrofe da história (o juízo final e a condenação ao inferno) Deus por sua justiça poupará todas as criancinhas para sua glória. Todas as criancinhas não terão registro de pecados e, portanto, serão consideradas justas, para reinar com Cristo à eternidade.



Somente a Igreja terá o privilégio de conhecer o Céu por dentro, pois Deus reservou coisas melhores para sua igreja (Hb 11:40). Nem judeu, nem gentio ou qualquer outra criatura. Assim devemos entender que as criancinhas ou são Judeus, ou Gentios ou igreja de Deus (1ºCo 10:32).

Abraços.

Vivam vencendo!!!

Seu irmão menor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário