06 julho 2014

É NO "BATUQUE DO PANDEIRO QUE DEUS VAI DAR VITORIA"?


É comum os meus amigos do Facebook me ver comentando sobre a letra de musicas gospel. O que grande parte não vê é que não faço isso com o intuito de ofender, ou julgar quem canta, apenas o faço com objetivo de alertar o corpo de Cristo acerca de canções antibíblicas e extrabíblicas. Mas, em virtude disso sou tachado como chato, dono da verdade, teólogo sem unção, retrogrado, maldizente, não são poucos os adjetivos negativos atrelado ao meu nome. Basta eu citar uma música que logo dizem que eu estou falando de alguém em especial, o que não é verdade. Entretanto, como eu não estou aqui para agradar a homens e sim Aquele que me chamou para fazer a boa obra, não me preocupo nem um pouco com o que dizem ou escrevem ao meu respeito.

Basta uma palavra minha na rede social, que logo a notícia corre como rastilho de pólvora. Em minutos os comentários tomam proporções inimagináveis. As pessoas preferem defender as musicas e/ou os cantores do que priorizar a nossa regra de fé e de prática de viver, a inerrante Palavra de Deus. Como disse, não sou nem quero ser o dono da verdade ou dar a ultima palavra exaurindo o assunto em questão, posto que só a Bíblia detém essa autoridade. Desta forma, estou sempre aberto a “debates” saudáveis, proveitoso ao ensino de todos quantos lerem.

Mas, é bem verdade que a grande maioria dos que se sentem aptos a debater se quer conhecem os princípios básicos da fé cristã e tropeçam em suas próprias Palavras. Inúmeras vezes eles verbalizam o que acham ou pensam, e não o que a Bíblia diz. A grande maioria sequer cita as Escrituras para defender seus argumentos e quando cita, usa um versículo fora do contexto, criando um pretexto para suas próprias convicções. 

Por isso concluo, mostrando que a igreja vive uma decadência teológica, o povo vem perecendo por falta de conhecimento. Por conseqüência disso, as canções vem invadindo o seio da igreja com meias verdades, o que é pior que o mal declarado. As heresias são difundidas de maneira sorrateira. Jesus foi esquecido, colocado de lado, excluído das letras. Ele deu lugar ao “eu”, o que era centralizado em Cristo, passou a ser centralizado em nós, os homens. O que era centralizado naquele que é puro, passou a ser centralizando em nós pecadores. O que era para glorificar a ele passou a exaltar a nós mesmos.

O vídeo abaixo é um típico exemplo disso. Muitos vão até dizer que sou contra o grupo, o que é uma inverdade, até aprecio uma ou duas musicas deles. Mas, esse é um triste exemplo de como muitos cristãos perderam o foco da cruz. Como o amor de muitos se esfriou. 

Assista...


Sinceramente! Depois deste fatídico vídeo de uma musica de paupérrima letra, não sei se choro ou se dou risadas. Não sei se é cômico ou preocupante. Mas, sei caro leitor, que se você quer ter vitória é melhor colocar o joelho no chão em oração, pois é dEle que vem o nosso socorro. Deus não dá vitória pelo batuque do pandeiro, se fosse assim eu seria o primeiro a fazer parte de um grupo de pagode, ou faria parte da bateria da Unidos da Tijuca. Não é pelo som da guitarra ou pelo som da bateria que a vitória vem, se assim fosse os Guns N’ Roses teriam suas vidas laureadas de bênçãos.

"Este povo honra-me com os lábios, mas o seu coração está longe de mim. E em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens" (Mc 7.6,7).

2 comentários:

  1. Pr Wáldson, assisti a exibição desse vídeo,do começo ao fim o qual reproduziu um ambiente lúgubre e melancólico e sem a presença do insigne e soberano Jesus,dono da Igreja;porque se Ele estivesse presente,com certeza,teria usado a sua autoridade para agir,como o fez no Templo de Jerusalém Mt. 21:12,13

    ResponderExcluir
  2. É, Pr. Jair, não há como nao concordar com o que disse.
    Se Jesus estivesse presente, Ele teria expulsado do templo mais uma vez, os 'artistas gospeis'.
    Lamentável isso!
    Obrigado por comentar, nobre Pr.
    Um abraço amigo e fraternal.

    ResponderExcluir