07 outubro 2014

ANA PAULA VALADÃO DÁ PROFETADA PARA MARINA SILVA E COLECIONA MAIS UMA "DERROTA ESPIRITUAL" DA LAGOINHA


Já é costume antigo da Lagoinha, seja na pessoa da Ana Paula, do seu pai ou alguém de lá, supor que o futuro da nação será determinado por uma profecia declarada por eles, basta ir no youtube e digitar "Ana Paula Valadão profetiza" e você vai perder as contas da quantidade de blefe profético vindo lá.

Às vésperas do pleito eleitoral de 2014 foi publicado nas redes sociais um vídeo em que a Ana Paula Valadão profetiza a suposta vitória da candidata Marina Silva para presidência da república. Leia abaixo:
“Envie teu povo para toda parte desta sociedade e nós ousadamente declaramos que iremos sim para aquela área mais temida das trevas para que a nossa invasão venha mudar a história. Nós estamos indo Satanás para a política brasileira e as portas do inferno não prevalecerão contra a igreja do Senhor. Sai, vai pra fora Igreja, vai para os lugares mais escuros enviar a tua luz, é chegada a tua hora, é chegada a hora da igreja”.
Veja o vídeo:


Com o resultado das eleições, e a derrota da candidata Marina Silva, fica novamente a reflexão sobre as muitas "profetadas" ditas e propagadas por aí.

O blogueiro Thiago Oliveira postou a matéria "Política, Profetada e Vergonha Alheia", e assim como eu e muitos, o sentimento que nos resta é sim de vergonha. É o que sempre digo, e isto aprendi na Palavra de Deus e na história da igreja: não mudaremos a nossa nação com atos proféticos, declarações de poder ou por uma batalha espiritual, e sim por uma vida reta, quebrantada onde Cristo deva ser o centro e as Escrituras Sagradas suficientes para nosso viver.

Oliveira analisa:
"A catástrofe da fala de Ana Paula Valadão começa quando ela pretensiosamente declara algo que não veio de Deus. É preciso ter muito cuidado com isso. Hoje, nos arraiais evangélicos, vemos diversas pessoas se levantando para dar uma palavra que, segundo elas, veio de Deus, quando na verdade não passa de um desejo pessoal externalizado. Isto é algo tão grave, que Deus condenou com a morte aqueles que profetizaram mentiras. Como está escrito:
Porém o profeta que tiver a presunção de falar alguma palavra em meu nome, que eu não lhe tenha mandado falar, ou o que falar em nome de outros deuses, esse profeta morrerá.” Deuteronômio 18:20.
Diante deste messianismo politizado declarado no vídeo de Ana, Oliveira ainda disse:
"Uma outra coisa que me deixa perplexo é a falta de discernimento da ala evangélica de querer fazer da inserção cristã na política um fim em si mesmo. Sem falar, que essa postura gera um pressuposto perigoso para a vida da Igreja. Grudem, com bem mais propriedade, discorre sobre este assunto, e é com a sua fala que encerro a minha:

“(...) procurar obrigar as pessoas a tornarem-se cristãs também tem a tendência de expulsar o verdadeiro cristianismo, pois remove da vida das pessoas a oportunidade de escolher voluntariamente seguir a fé cristã. Alguns terão fé autêntica, mas a maioria não. Como resultado, sociedades inteiras tornam-se ‘cristãs’, mas apenas de nome. (...) É uma influência que procura destruir o cristianismo”.[4]
[4] Wayne Grudem, Política Segundo a Bíblia, pág 31


O site Gospel Mais também se manifestou. A colunista Raquel Elana, na matéria Ana Paula Valadão profetiza “vitória de Marina Silva” e vitória da Igreja sobre o Brasil… Essa não…, registrou o seguinte: 

"Sim, ela fez de novo!" (...) [referindo-se a mais ato "profético" (grifo nosso)]
"(...) de onde vem esta ideia talibã de que ter um presidente evangélico é vitória, conquista e expulsão de Satanás do Brasil?"

"Se Marina ganhar, não poderá fazer nada sozinha, pois não é Messias e nem Salvadora da pátria. Em 4 anos de mandato não transformará o Brasil num paraíso livre de todos os seus problemas."

"Deus tenha misericórdia desses fenômenos emocionais histéricos e dessa fixação pelo poder que nós evangélicos brasileiros temos. Outra coisa é esta mania de dizer que “agora sim chegou o tempo da igreja”. Não sei quanto a vocês, mas para mim e para outros milhares de milhões que labutam pelo mundo, este “tempo” já tá até passando."

"Políticos evangélicos no Brasil não são novidade e nem implantaram o Reino de Deus durante seus mandatos. Como consta, a maioria enfrenta processos contra corrupção. Meu conselho é que Ana Paula parasse com esses mantras repetidos, essas necessidades emocionais de reafirmação de conquista e caísse na realidade de que para mudar o Brasil, é preciso confrontar o pecado no sistema através de ações. É preciso demonstrar compaixão a cada dia, e tratar com justiça o nosso próximo. Um vídeo deste só confunde e para alguém sensível e pensante, só fará mal. Especialmente se não for “evangélico”."
E agora, Ana? Como você explica essa "derrota espiritual"?

A lição que tiro é a seguinte: não adianta atirar profeticamente pra todo lado, e ao fim de cada decepção dizer que foi vontade de Deus. Pois Ele, o soberano, não muda de ideia.

***

Thiago Oliveira é Pernambucano e cristão de confissão reformada. Graduado em História e pós-graduado em Ciência Política. Está cursando Teologia e serve como presbítero e professor de adolescentes na Igreja Evangélica Livre em Paulista-PE. Edita o blog Electus.

Raquel Elana, formada em Teologia, Pós Graduação em Jornalismo Político/ (Jornalista – MTb 15.280/MG) e Ministérios Criativos pelo IBIOL de Londres, é autora de 3 livros, entre eles: Anjos no Deserto - uma coletânea de testemunhos dos seus quase 10 anos de trabalho no Oriente Médio. Desde o ano passado está envolvida com o trabalho de atendimento aos refugiados da guerra civil da Síria.


NOTA DE ESCLARECIMENTO 

Algumas pessoas tem dito que texto do colaborador Thiago Oliveira foi manipulado e tendencioso, pois, a Ana Paula não cita o nome de Marina Silva. Pois bem, vamos aos fatos:

Ana e André Valadão foram militantes ativos da candidata pessebista. O próprio André postou em seu facebook que Marina era resposta de oração. Agora falem: Quem responde as orações? Não seria Deus? Isto não é dizer que Deus estava colocando Marina como a "salvadora política do Brasil"? E tem mais: A qual oração ele se referia?

A oração da Ana Paula, vinculada no artigo desta manhã, foi neste culto (link abaixo), e está totalmente ligada as palavras da falsa apóstola Valnice Milhomens. Basta assistir a partir de 57mim...após 1h7m Valnice diz claramente que Marina é a mulher da revelação que ela recebeu de Deus.

Ocupar o território com políticos evangélicos é o desfecho da mensagem...em todos os âmbitos...do presidente ao deputado. Valnice disse que era para que se votassem nos "atalaias", logo no começo, falou que Marina sempre se encontrava com ela para orar e disse que é ótimo que políticos orem com os líderes espirituais do Brasil. Em seguida, vem aquela oração...totalmente amparada na "mensagem"...Bem...não dá para inocentar a líder do DT.

Equipe Electus


P.S. Os que quiserem compartilhar esta breve nota de esclarecimento, é preciso copiar e colar o texto, pois, se compartilhar direto, apenas o vídeo aparecerá em sua timeline.

PúlpitoCristão

Nenhum comentário:

Postar um comentário