22 novembro 2014

ENFIM, MÓRMONS ADMITEM QUE JOSEPH SMITH, SEU LÍDER, TEVE ENTRE 30 A 40 MULHERES

A Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias admitiu que seu fundador, Joseph Smith, teve cerca de 40 mulheres, incluindo uma de 14 anos e esposas de seus seguidores.
A Igreja Mórmon passou 200 anos negando a informação que Smith era polígamo até que aceitou esclarecer alguns aspectos de sua história, falando que Brigham Young, fundador da igreja em Salt Lake City, em Utah, também não era monógamo.
“Joseph teve várias esposas adicionais e autorizou outros santos dos últimos dias a praticar o casamento plural”, diz o documento oficial da denominação. O texto intitulado de “Casamento Plural em Kirtland e Nauvoo” afirma que seu fundador teve entre 30 e 40 esposas, uma “estimativa cuidadosa”.
As mulheres de Joseph Smith tinham, em sua maioria, entre 20 e 40 anos com exceção de Helen Mar Kimball, filha de amigos próximos do religioso que foi “separada” para ele antes de completar 15 anos.
“O casamento plural era difícil para todos os envolvidos. Para Emma, esposa de Joseph Smith, era uma provação abominável”, diz parte de um texto publicado no ano passado.
Fundada em 1830, a Igreja Mórmon só passou a proibir a poligamia em 1890. Hoje a igreja tem milhões de fiéis espalhados em dezenas de países, só nos Estados Unidos são mais de 6 milhões de mórmons e no Brasil são quase 1,5 milhão de seguidores. 
Com informações Extra. Se quiser ver a Materia, clique AQUI

Nenhum comentário:

Postar um comentário