27 novembro 2014

O TERMÔMETRO DO FIM DOS TEMPOS

INTRODUÇÃO


Muito se tem conversado nos fóruns e nos grupos evangélicos sobre os sinais do fim, mas novamente eu vejo que há algumas pessoas que se assustam ou se ressentem ao ver que muitos cristãos estão atentos e comentando muitos dos possíveis sinais que indicariam a proximidade do retorno de Jesus Cristo. Vejamos parte de uma dessas mensagens:
“Por que aqui no grupo discutimos tanto sobre o fim do mundo, discutimos tanto sobre os anticristos deste tempo, JULGAMOS tanto os outros, e não falamos do principal, que é a santificação, a comunhão, ganhar alguma coisa realmente válida para chegar ao reino de Deus?A partir de hoje, qualquer notícia que fale sobre o fim do mundo, eu vou deixar de ler. Não me interesso mais por ficar especulando esse tipo de coisa.”
Realmente é uma questão válida, que merece atenção e cuidadosa resposta detalhada.

Sei que há muitos pastores e teólogos que poderão enriquecer o estudo abaixo, assim como alguns poderão refutá-lo. Como sempre digo: aceito críticas e sugestões desde que amparadas em citações bíblicas pertinentes.

BASE BÍBLICA

MATEUS 24; I TESSALONICENSES 4, 5; II TIMÓTEO 3

Cito os textos acima como base para o estudo que inicio agora e admito desconhecer a extensão total de tudo o que há para ser escrito, pois minha intenção e analisar cada um dos pontos relevantes nestas passagens e “traduzir” o que está escrito para os dias de hoje, pois estes são textos que se “interligam” por seus conteúdos explicativos e suas menções aos últimos dias.
Há, sim, outras profecias sobre os últimos dias e todas elas obrigatoriamente vão se cumprir sem a menor sombra de dúvidas, porém estas serão assunto para um futuro “quadro de marcações” que pretendo por no ar… logo a idéia poderá ser melhor compreendida.
Comecemos analisando o texto de Mateus 24:1-31, onde Jesus Cristo apresenta vários dos sinais que caracterizarão o chamado “princípio das dores”:
 VERSOS 4 E 5
Os tantos “apóstolos”, “generais do exército”, profetas (de meia-tigela) e toda a sorte de enganadores que já surgiram, têm surgido e ainda surgirão são mencionados aqui. Estas referências, que já haviam sido mencionadas em Mateus 7:21-23, encontram suporte tanto nos versos 23 e 24 quanto em II Coríntios 11:3-4, 13-15Colossenses 2:8I Timóteo 4:1-3II Timóteo 3:8-9, 13; culminando nos textos de Apocalipse 21:8 e Apocalipse 22:15, quando são mencionados os mentirosos. Há outros alertas por toda a Bíblia, porém creio que estes são suficientes por enquanto. Há algum mistério aqui?
Há segredo de que essa operação de engano já se iniciou? A pergunta que devemos aplicar ao verdadeiro cristão dos dias de hoje não é mais sobre sua posição denominacional, pois a infiltração dos falsos evangelhos é ampla, geral, irrestrita e profunda. A questão que me incomoda atualmente é “onde eu posso encontrar uma igreja que siga a doutrina bíblica?” ou “qual a igreja que ainda não se contaminou?”… e nesse “céu” brilham pouquíssimas estrelas.
VERSOS 6 E 7
Guerras, fomes, pestes, terremotos: (indo até II Timóteo 3:1) estes são considerados “tempos trabalhosos”… e qual a situação do mundo atual? Veja se cada um dos quesitos citados não está aparecendo a cada dia com mais freqüência até mesmo nos jornais da imprensa marrom? Mesmo nos canais que são claramente influenciados contra os cristãos não há como esconder que a derrocada da humanidade neste planeta já se iniciou… e não estou falando em ecologia!
A violência é apresentada da mesma forma que a cotação da bolsa de valores: é tão atroz que já se tornou “normal”. Os clamores pela paz se repetem cada vez com mais freqüência e, que “paz” seria essa? Fiquem atentos, pois a paz que estas multidões buscam é a paz da tolerância: tolerância ao homossexualismo, tolerância entre as religiões e culturas, tolerância à manipulação do ser humano como objeto (tanto sexual como “fonte para reposição de peças”).
A juventude se engana freqüentando sucessivas festas num turbilhão de bebidas, drogas, sexo… alegria sem motivo. O que está sendo comemorado afinal? Só se for a vitória de Satanás naquelas vidas… Até mesmo os jovens cristãos têm suas “nights”!!!
 Qual, afinal, o objetivo de se trazer o mundo para dentro da igreja? E pior: qual o objetivo de se levar uma igreja para uma boate?!?
O centro de meu estudo não é este e, portanto, já posso dizer sem medo de erro qual é o resultado de tanta “amizade” da igreja com o mundo, qual será o produto dessa embriaguez causada pela “bebida com mistura”: o aumento direto do joio que está entre o trigo. Uma multidão de “cristãos” que nunca vai compreender os requisitos da santidade bíblica e, finalmente… a paz mundial!
Sim! A paz, mas não aquela que Jesus cita em João 14:27… esta será a paz deste mundo corrupto e corrompido: a paz criada a força com o recolhimento de todas as armas (ninguém pensa em quem irá controlar as armas “legais”? Será que não enxergam um plano de submissão às autoridades entranhado nisso?); a paz do ecumenismo (todos vão poder servir a quantos “senhores” quiserem… para que se preocupar com o texto de I Coríntios 10:21?); a paz do sexo livre, da plena realização dos desejos da carne (uma nova Babilônia? Sodoma? Gomorra?).

"DISSECANDO" II TIMÓTEO 3:2-7

Eu sei que nesse “mundo de paz” se encaixam os homens (e mulheres) como os descritos pelo apóstolo Paulo em II Timóteo 3:2-7. Que texto é este que descreve tão minuciosamente a situação da humanidade com tanta precisão e atualidade?!
Veja que para cada fato citado há centenas de notícias que podemos associar, abaixo listarei as condições e, se possível farei algum comentário explicativo:
 AMANTES DE SI MESMOS (ACF) / EGOÍSTAS (NTLH):
Na versão Almeida Corrigida e Fiel (ACF), o termo “amantes de si mesmos” dá um amplo entendimento e, através disso, inclui todas as possíveis formas de “culto ao ego” desenvolvidas pelo homem: os metrossexuais, vaidade (piercings, tatuagens, cirurgias estéticas…), culto ao corpo. Já a versão traduzida na linguagem de hoje (NTLH) banaliza o termo, restringindo-o a mero egoísmo.
AVARENTOS (ACF / NTLH):
Aqui há concordância entre versões e o termo mostra a humanidade sendo avarenta não só financeiramente, mas espiritualmente, pois também não se dedica à obra de Deus e ao estudo da palavra.
PRESUNÇOSOS (ACF) / ORGULHOSOS (NTLH):
A medida do mundo é o homem e ele tem a presunção de que o universo gira ao seu redor, inclusive o próprio Deus! Aliás, o ser humano tem sido treinado para crer que é o próprio Deus! Veja se as pessoas ainda respeitam enquanto se está manobrando um automóvel? Vejam se quem está numa bicicleta está atento ao trânsito… nos dias de hoje parece que as pessoas perderam a noção da fragilidade do corpo humano ou então muitos podem até estar pensando em possíveis lucros que podem auferir através de um processo judicial, esquecendo que o objeto em risco naquele momento é sua própria vida! Um grande exemplo dessa presunção é encontrado naqueles que se acham maiores que as forças do próprio mar… e morrem afogados! O cúmulo da presunção é desafiar o próprio Deus.
SOBERBOS (ACF) / VAIDOSOS (NTLH):
É um dos sinônimos para presunção, porém tem o significado mais ligado a confiança que os homens terão em si mesmos e em sua tecnologia e em seus armamentos… serão soberbos por confiarem em suas criações e as exaltarem como a solução para todos os males.
BLASFEMOS (ACF) / XINGADORES (NTLH):
Ultrajar ao próprio Deus hoje em dia é moda… chamá-lo de nomes impróprios, culpá-lo por seus próprios pecados, duvidar de sua soberania… e acreditar na grande mentira de Nietzsche: “Deus está morto”. Já o termo da NTLH, apesar de fazer referência aos lábios impuros, já não implica diretamente na menção do nome de Deus. Ser um “xingador” é diferente de ser um “blasfemo”: as duas ações são condenadas nas escrituras, mas amaldiçoar ao próprio Deus é gravíssimo!
DESOBEDIENTES A PAIS E MÃES (ACF / NTLH):
Se não crêem no próprio Deus, porque o obedeceriam? Se não se impõe a autoridade, a quem se respeitará? Os pais, através das gerações, cada vez têm assumido menos a responsabilidade pela educação de seus filhos: basta que estejam matriculados na escola, num curso qualquer, num esporte… como uma geração vai conhecer os “antigos limites” se não foi instruída sobre eles?
Como haverá obediência se são bombardeados pela mídia com mensagens sobre a beleza da rebeldia? Os heróis dos desenhos e filmes modernos tem a “atitude” a ser copiada: superioridade, desprezo pelo próximo, conhecimento científico e de métodos — notem que não há estudo, o conhecimento é implantado (como em “Matrix”), portátil (como em muitos desenhos onde sempre há um “computador sabe tudo”) ou vêm até mesmo através da clara possessão espiritual (um monte de desenhos japoneses com cartas, peões, samurais…).
Notem que esse conhecimento NUNCA vem de (nem é relativo a) Deus — a quem irá obedecer esta geração de “filhos da mídia eletrônica”? Hoje em dia já é normal a notícia de filhos que matam pais ou vice-versa… isso era comum a algum tempo atrás?
INGRATOS (ACF / NTLH):
O senso de que qualquer um “não está fazendo mais do que a obrigação”. A mentalidade do “já que paguei eu tenho direito”… a incapacidade de reconhecer a bondade daqueles que o cercam e, ao mesmo tempo, de retribuir. O cúmulo da ingratidão é quando sequer agradecem a Deus pela vida, pela saúde e por tudo que possam ter… sempre querem mais (independente do mérito) e, quando obtêm, aquilo não é nada mais do que a obrigação de Deus… caso contrário, Deus ou quem não realizou suas vontades corre o risco de ser taxado de incompetente ou tirano! Essa é nossa linda juventude…
PROFANOS (ACF) / SEM RESPEITO PELA RELIGIÃO (NTLH):
A coisa “mais linda” para as meninas de hoje é dizer que é “Wicca”… afinal, está na moda!! Mesmo sem saberem que uma bruxa é uma mulher que serve diretamente a Satanás, elas buscam naquele mistério a solução de seus problemas. É ridículo ver extensas reportagens no canal redondo sobre a bondade que elas têm e as “forças da natureza” em que acreditam… e desde quando as criaturas tem mais poder que o Criador?
E não é só isso, pois temos todo um avivamento e popularização do esoterismo através de cristais, incensos, rituais… até mesmo dentro das igrejas que se denominam como cristãs podemos encontrar idolatria, amuletos, mediunidade e até métodos de meditação oriental! Tudo isso só tem um nome: heresia! Já o termo da NTLH suscita dúvidas, pois a palavra “religião” não significa diretamente em seguir a Jesus Cristo filho de Deus, mas permite, por exemplo, citar até o satanismo.
SEM AFETO NATURAL (ACF) / SEM AMOR PELOS OUTROS (NTLH):
Por acaso escrevo este texto no final de semana do chamado “Dia das Mães”, supostamente uma data afetiva, mas que está sendo (se já não foi) completamente substituída por um momento puramente comercial e figurativo. Demonstrações de afeto são gradualmente substituídas por outras coisas como a sensualidade explícita ou a satisfação dos próprios interesses.
O medo da violência e o temor de um possível assalto afastaram as pessoas de um relacionamento mais afetuoso e espontâneo. Vivemos dias de comércio, violência, distância interpessoal, superficialidade emocional, interesse material e sensualidade.
IRRECONCILIÁVEIS (ACF) / DUROS (NTLH):
Aqui vou ter de citar a minha segunda fonte de pesquisa favorita, que é o “Aurélio”. As definições apresentadas para o termo “reconciliar” são tão “redondas” que parecem ter sido escritas para entrar neste estudo. Vejam:
1.Estabelecer a paz entre;
2.Tornar amigos (pessoas que se malquistaram);
3.Restituir à graça de Deus;
4.Por de acordo, conciliar (coisas que parecem opostas);
5.Congraçar, harmonizar;
6.Fazer as pazes, congraçar-se.
Os irreconciliáveis são pessoas incapazes de realizar uma, algumas ou todas dentre as definições dadas… atenção especial na de número três! Já o termo “duro” tem 16 definições e nenhuma delas é tão clara quanto a do termo anterior… algumas podem ser consideradas até elogiosas! Novamente a NTLH deixa espaço para interpretações dúbias.
CALUNIADORES (ACF / NTLH):
Conforme João 8:44“Vós sois do diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade, porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira.”
A banalização da mentira infesta pessoas que, em outras épocas, deveriam ter comportamento ilibado: juízes, presidentes, pastores… A Bíblia tem duas importantes recomendações:
Acima de tudo, porém, meus irmãos, não jureis nem pelo céu, nem pela terra, nem por qualquer outro voto; antes, seja o vosso sim sim, e o vosso não não, para não cairdes em juízo. (Tiago 5:12)
Assim diz o Senhor: maldito o homem que confia no homem, faz da carne mortal o seu braço e aparta o seu coração do Senhor! (Jeremias 17:5)
INCONTINENTES (ACF) / INCAPAZES DE SE CONTROLAR (NTLH):
Também é “figurinha fácil” em nossos dias! Há um longo treinamento ocorrendo a décadas para que os apelos psicológicos subliminares (ou nem tanto) tenham um efeito devastador: cerveja, cigarro, consumismo injustificável… a sociedade incentiva os abusos sob a desculpa de “alívio” e “diversão”, mas a realidade é que a carne sempre foi fraca e atualmente mais ainda! Se formos falar em sexo então… corpos nus disponíveis a qualquer horário através de qualquer canal aberto e da internet, a busca irrefreável pelo prazer: não me refiro apenas ao solitário, mas também a destruição de casamentos pela noção de que uma “escapadinha” é algo normal!
O homem se rendeu a seus instintos mais baixos… e poucos tentam mudar isso em suas vidas.
CRUÉIS (ACF) / VIOLENTOS (NTLH):
Aqui ocorre algo curioso, pois as duas palavras não são sinônimas.
CRUEL = 1. Que se compraz em fazer mal, em atormentar ou prejudicar; cruento; 2. Duro, insensível, desumano, cruento; 3. Severo, rigoroso, tirano; 4. Que denota crueldade; 5. Pungente, doloroso; 6. cruento.
VIOLENTO = 1. Que age com ímpeto; impetuoso; 2. Que se exerce com força; 3. Agitado, tumultuoso; 4. Irascível, irritadiço; 5. Intenso, veemente; 6. Em que se faz uso de força bruta; 7. Contrário ao direito e à justiça.
O que há de curioso nisso? Simples: mesmo sem serem sinônimos os dois adjetivos se ajustam perfeitamente a atual condição humana!
SEM AMOR PARA COM OS BONS (ACF) / INIMIGOS DO BEM (NTLH):
Diante das tantas “qualidades” já relacionadas, se torna simples constatação relatar que aqueles que andarem por caminhos diferentes desta maioria: serão objetos de ódio. Ai daquele que tentar exortar ou repreender de acordo com a são doutrina… ai daquele que tentar se portar com justiça e dignidade! Já de hoje vemos pais e professores sendo mortos…
TRAIDORES (ACF / NTLH):
Esse adjetivo é também um “mix” de alguns dos anteriores, pois para trair há que existir um traído. Logo, uma traição pode envolver mentira, incontinência, crueldade, ingratidão, egoísmo… individualmente ou em grupo.
OBSTINADOS (ACF) / ATREVIDOS (NTLH):
Novamente as duas versões citam termos que não são sinônimos, mas que apresentam características indeléveis do perfil da sociedade atual.
OBSTINADO = 1. Pertinaz, firme, relutante; 2. Teimoso, birrento; 3. Inflexível, irredutível.
ATREVIDO = 1. Que se atreve; ousado, afoito, corajoso, audaz; 2. Insolente, grosseiro, petulante; 3. Indivíduo atrevido.
ORGULHOSOS (ACF / NTLH):
Adjetivo aplicado à soberba, à vaidade, à presunção…neste caso a NTLH se repete, pois cita “cheios de orgulho”, porém já havia citado “orgulhosos” anteriormente!
MAIS AMIGOS DOS DELEITES DO QUE AMIGOS DE DEUS (ACF / NTLH):
Depois de tanto egoísmo, vaidade, ódio pelos bons, traição, falta de afeto, desobediência… você ainda crê que alguém desta geração poderá (por vontade própria) abandonar sua vida carnal de deleitas para se colocar a disposição de Deus?!? Como alguém que só acredita na matéria poderá viver uma experiência espiritual? Como alguém que vive no profano irá buscar o sagrado?
Somente pela ação do Espírito Santo!
Mas não esqueça que justamente por esses mesmos dias estarão ocorrendo os fatos descritos em II Tessalonicenses 2:3-12. É mister o cumprimento da cada uma das profecias bíblicas! Quem detém o iníquo? O Espírito Santo… logo, por estes dias, ele não será tão acessível como nos dias de hoje. E isso realmente me intriga: frente ao engano que opera nas igrejas, será que já não estamos experimentando o início dessa “retirada”?
TENDO APARÊNCIA DE PIEDADE, NEGANDO-LHE, ENTRETANTO, O PODER (ACF) / PARECERÃO SER SEGUIDORES DA NOSSA RELIGIÃO, MAS COM AS SUAS AÇÕES NEGARÃO O VERDADEIRO PODER DELA (NTLH):
Essa é a única vez em que a definição da NTLH conseguiu superar os termos utilizados na ACF, pois é justamente isso o que está ocorrendo em nossas igrejas! Fala-se tanto em encher os templos, mas nunca estivemos tão distantes da verdade bíblica. Propósitos, Batalhas de Alto Nível, G12… os asseclas de Peter Wagner já assumiram suas posições no pódio doutrinário e têm defensores ferrenhos: se um novo crente não conhecer a verdade, que poder ele terá? O dos amuletos?
Terá somente as bênçãos “compradas” por ofertas exigidas ou as de uma pessoa morta que intercederá por elas no céu? Suas experiências serão somente a dos “encontros tremendos”? Precisará confessar seus pecados a um “irmão cheio do Espírito Santo” ou terá de fazer regressão para poder ser perdoado e limpo? Necessitará de yoga para falar com Deus? Culpará a Deus por ser tentado e por seus pecados?
Este será um tempo trabalhoso e insano para os bons, porém essa será a paz para os ímpios!
E aí, neste tempo incomum, se cumprirá o fantástico texto de I Tessalonicenses 5:3, que é uma das profecias que mais me impressiona a cada dia:
“Pois que, quando disserem: Há paz e segurança, então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão.”
Notem que se repete aqui uma referência às dores, neste caso específico, às dores do parto. Continuemos nosso estudo observando o significado do…
VERSO 8
“Mas todas essas coisas são o princípio das dores.”
Aqui eu vejo que muitos cristãos deixam de fazer uma análise minuciosa do texto e criam uma diferenciação entre as “dores” e a “tribulação”. A meu ver, não há como diferenciar claramente um termo do outro, pois o sofrimento irá crescer gradualmente… tal qual as dores de um parto!
Mesmo ao observar atentamente o texto de I Tessalonicenses 4:13-18, não há qualquer referência a um arrebatamento antes desse chamado “princípio das dores”, muito pelo contrário: no verso 15 há uma clara chamada aos “que ficarem vivos”… e quem seriam estes? Conheçamos então…

MAIS UMA FÓRMULA MATEMÁTICA?

Voltemos ao texto de Mateus 24, onde Jesus Cristo ensina uma verdadeira fórmula matemática para que obtenhamos um “termômetro do verão” (a proximidade da volta), No verso 32 ele diz:
“Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão.”
Note agora um raciocínio matemático simples baseado neste verso:
(Quando já os seus ramos se tornam tenros) e (brotam folhas) sabeis que está próximo o verão.
(Quando…) + (brotam…) = próximo o verão.
(condição 1) + (condição 2) = alerta
Até aí tudo bem? Vejamos agora o verso 33:
“Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas.”
Que “coisas” seriam essas? Não tenho dúvida que Cristo se referia ao cumprimento das profecias bíblicas relativas ao final dos tempos. Logo:
(cumprimento da profecia 1) +
(cumprimento da profecia 2) +
(cumprimento da profecia 3) + … + (cumprimento da profecia n) = ele está próximo, às portas.
Note então que ele usa um termo referente a todas e a cada uma das profecias bíblicas referentes ao fim dos tempos e, ISTO É IMPORTANTE, TODAS ACONTECENDO AO MESMO TEMPO!!! Não adianta ter um terremoto aqui, uma guerra ali, um falso profeta acolá… um Hitler em 1945… se estiverem dispersos, certamente não fazem parte da “equação”.
Agora vejamos com muita atenção o verso 34:
“Em verdade vos digo que não passará esta geração sem que todas estas coisas aconteçam.”
E que geração seria esta? Com certeza não eram aqueles ouvintes… mas as pessoas que testemunharão o cumprimento simultâneo das profecias.
Logo, algumas destas “coisas” irão ocorrer antes da vinda do Senhor e, certamente, algumas serão bastante desagradáveis, não?
Quando Paulo fala “acerca dos que dormem” (em I Tessalonicenses 4) e sobre a vinda do Senhor (em I Tessalonicenses 5) parece haver algumas “dicas”:
“Dizemo-vos, pois isto, pela palavra do Senhor: que nós, os que ficarmos vivos para a vinda do Senhor, não precederemos os que dormem.” (I Tessalonicenses 4:15)
E novamente ele repete o termo sublinhado no verso 17.
Veja que no capítulo 5 ele permanece tratando sobre os eventos relativos a vinda do Senhor e acerca do comportamento a ser seguido no tempo presente. Logo eu questiono: estava ele recomendando apenas aos crentes de Tessalônica ou ele já sabia que tal mensagem seria entregue à “geração” que veria o cumprimento das profecias?
Creio que o arrebatamento ocorrerá então após alguns desses sinais desagradáveis e que alguns cristãos poderão até ter “adormecido” em decorrência de tais eventos cataclísmicos e é por isso que eu vejo as recomendações de Paulo como algo ainda mais carinhoso… uma palavra de conforto aos que verão seus entes queridos (não gosto desse termo… entes) morrerem.
Reforço minha opinião observando que o próprio Jesus Cristo só menciona a vinda do Filho do Homem no verso 27 de Mateus 24, ou seja, após a citação de diversas “más notícias” e muitos avisos de precaução. Se os destinatários desta mensagem já fossem “estar fora” antecipadamente, qual seria então o seu objetivo? Mesmo que algumas das referências possam estar supostamente destinadas apenas aos judeus (versos 9 e 10 = 2ª Guerra Mundial?), ainda há motivos suficientemente bons para que estejamos atentos e vigiando, pois é isto que o Mestre recomenda!!
Logo, após todo esse raciocínio, eu creio que o arrebatamento ocorrerá após o início da tribulação (que também é chamada de “dores”), mas não após toda a tribulação… será que me fiz entender?
Concluo ressaltando que esta é apenas minha opinião ao fazer a análise e comparação de cada um dos textos bíblicos a que me referi. Posso estar errado? É claro! Mas peço então que, em caso de refutação ou adições ao assunto, mandem mensagens contendo as referências bíblicas pertinentes, pois garanto que serão lidas e consideradas atenciosamente.
No mais, espero que este estudo sirva para fundamentar e exortar… nunca para julgar pessoas, mas sim agir corretamente e dentro do prescrito na sã doutrina.
Que Deus nos abençoe. (09/05/2005)

"MEZZO" TRIBULACIONISTA???

Após este estudo tive a oportunidade de responder (em 16/05/2005) uma mensagem do grupo "A Espada do Espírito", onde pude estender um pouco mais o assunto deste texto, baseando-me na passagem de II Tessalonicenses 2.
1 - O que é detido pelo Espírito Santo?
O espírito do Anticristo, ou seja o próprio, porém suas manifestações prévias (… digamos que são algo como "sinais de alerta") podem ocorrer e já estão ocorrendo!
2 - Este raciocínio pode ser algo que fará muitos de vocês me tomarem por louco, mas ainda assim apresento para discussão:
Quando esvaziamos um tanque com água ou até mesmo desligamos uma lâmpada, parece que há uma saída "gradual"… mesmo a luz parece que vai "se recolhendo".
Após ficar algum tempo matutando sobre o texto da retirada do Espírito Santo em relação a todos os eventos que têm ocorrido nos nossos dias, comecei a pensar que há um paralelo entre estas idéias, pois considero o Espírito Santo também como uma espécie de "campo de força" sobre os cristãos e a igreja de Cristo (vejam: Ele é muito mais que isso!!) Como, de algum tempo para cá, foi "apertada a tomada" de desligamento, as coisas começaram a piorar como nunca se havia visto antes… o campo de força está "diminuindo" e creio que até o falso profeta nós correremos o risco de ver…
3 - Mas, espere: o tanque cheio tem um ralo e a lâmpada acesa, um filamento… e o Espírito Santo habita em quem??? Nos cristãos!!!
Logo a pessoa do anticristo só se manifestará livremente após o arrebatamento, que significa o tanque completamente vazio e a lâmpada completamente apagada - vazio e escuridão!
Vejo que, por enquanto, as "lâmpadas" têm funcionado com cada vez mais dificuldades… tal qual quando a voltagem está baixa. A culpa não é das lâmpadas, porém a "fonte" deve fazer isso (baixar a tensão), pois é o cumprimento das profecias.
E não venham me dizer que as igrejas têm funcionado corretamente, pois posso afirmar (por experiências próprias) que já há igrejas tradicionalíssimas envolvidas com heresias graves.
Meu coração se entristeceu com a postura mundana de alguns pastores. E é algo interdenominacional: batistas, congregacionais, comunidades, ministérios… todos juntos na função de enganar o povo de Deus! E ainda tem um grupo desses que quer "tomar" a cidade do Rio de Janeiro em 10 anos!!! Tomar para quem???
É isso… tristeza profunda em relação ao caminho irreversível que o mundo segue, mas alegria e esperança de ver meu Senhor e Salvador Jesus Cristo retornado para nos buscar. Isso está cada vez mais próximo!
Lembrem-se de que Deus nunca vai contrariar a Bíblia, pois esta é sua palavra!
Agora uma questão: Só os santos verão a Deus?
Pergunto isso pois vejo uma diferença grande entre "ser salvo" e "ser santo" - salvo é aquele que crê e aceita Jesus como seu Salvador e santo é aquele que se separa das coisas do mundo. Quantos salvos não têm sido santos ultimamente!?! Quantas igrejas têm buscado a aproximação com o mundo?
"Ser salvo" é igual ou diferente a "ser santo"?
Caso seja diferente (e eu creio que é…), acho que muitos salvos correm o risco de ficar por aqui no arrebatamento…

Nenhum comentário:

Postar um comentário