26 novembro 2014

PASTOR WELLINGTON JR É INDICADO PARA PRESIDIR A CGADB - INACREDITÁVEL!!


O nome do vice-presidente do ministério do Belenzinho, em SP, pastor José Wellington Costa Jr, foi indicado para concorrer à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil para as próximas eleições em abril de 2017. A indicação foi feita por pastores paulistas reunidos no plenário da 41ª Assembleia Geral Ordinária da Confradesp, que aconteceu nesta terça, 7, no templo sede do Belenzinho.

Em julho deste ano o presidente da CEMADES – Convenção sediada no Espírito Santo, pastor Àlvaro Lima se pronunciou em Assembleia Geral daquela convenção que “pastores presidentes de convenções estão aclamando o nome do pastor Wellington Junior para presidente da CGADB”. A UMADENE – União dos Ministros das ADs com Sede nos Estados do Nordeste composta por 16 Convenções também já declarou apoio ao pastor.

Pastor Wellington Jr disse estar á disposição da igreja brasileira para servir da melhor maneira possível e agradece o apoio afirmando que “Meu pai, lá em casa, levantou um altar de oração. Eu cresci nesse altar, e não me esqueci do altar…”.

Pastor vice presidente da AD em São Paulo, Ministério do Belém, 2º Vice Presidente da CONFRADESP, Pastor da AD em Guarulhos e Presidente do Conselho Administrativo da CPAD. Sua esposa irmã Lídia Dantas é Coordenadora do Círculo de Oração do Setor 19 Guarulhos; pais de José Wellington Neto, Aline e Leonardo, sogros de Érika e Danilo.

tiagobertulino.com.br 

COMENTÁRIO DE WÁLDSON:

Nepotismo: essa é a palavra exata. O Dicionário Silveira Bueno define assim: "
Termo utilizado para designar o favorecimento de parentes ou amigos próximos em detrimento de pessoas mais qualificadas, geralmente no que diz respeito à nomeação ou elevação de cargos. É uma palavra de origem no latim, onde nepos significa neto ou descendente".

É isso que vem acontecendo em muitas das ADs em todo o Brasil. A ganância pelo poder e o desejo de não se perder o domínio da instituição, faz com que o poder continue centrado sempre numa única familia, perpertuando-se no cargo pai, filhos, avô, neto e até bisneto.

Isso é uma vergonha para as ADs no Brasil.

Também quero deixar claro que entendo perfeitamente que, se o pai é pastor e seu filho tem uma chamada divina e isso já é algo claro á toda  igreja e ele concorre á uma eleição e ganha, sem problema algum se ele vier assumir a liderança após o mandato do pai. Isso é democrático e, com oração, saber-se-á a vontade de Deus. Mas o que estamos vendo acontecer não é isso. Muito pelo contrário: o lider antigo que vai jubilar ou, por motivos vários precisa sair da presidencia, coloca o filho, neto, sobrinho, irmão em seu lugar para manter 'o controle'. Isso é feito  para continuar por trás, regendo a denominação ou igreja. Vergonhoso e criminoso essa forma de gerir.

E é justamente por isso que estamos vendo nossa AD no Brasil ir á bancarrota, porque se não houver a direção de Deus, oração e jejum, para que Ele mesmo indique um homem, acaba por se colocar na presidencia um homem carnal, soberbo e vaidoso que não sabe nem mesmo quem é Deus. E então sofre todo o povo.

Antigamente, orava-se meses ou semanas consecutivas para que Deus desse a direção correta. Hoje, não se ora mais. É mais fácil apenas indicar, falar alto, justificar que 'ele tem o perfil da igreja e que dará certo lá...' Então é so dar posse ao sujeito que nem biblia sabe direito.

Isso não acontece somente nas ADs. Essa vergonha acontece na maoria das igrejas evangélicas brasileiras. Hà igrejas grandes e de renome em que o pastor titular está a 40 anos no poder e agora que a sáude já não o deixa presidir como deveria, coloca um filho seu(um playboy), para 'aprender' a liderar quando ele tiver que sair da função... Que vergonha!!!

Mas como o assunto aqui trata diretamente de minha denominação então digo mais uma vez: Triste esse cenário na AD!!!

Pr. José Wellington Bezerra da Costa, terá que deixar a presidência da CGADB, porque, devido á idade não pode mais concorrer. Mas, também chega,né? São 26 anos como presidente máximo das ADs no Brasil. Ele sai, mas tudo indica que o filho ficará mesmo.

Que tristeza para nós, lideres que mesmo não concordando, temos que 'engolir goela abaixo' os mandos e desmandos de quem está no poder.

Quando Jesus buscar os Seus, muita gente será deixada para trás, por ter cometido pecados que imaginava-se não serem práticas pecaminosas o que andam fazendo com a igreja do Senhor. 

Com desgosto, deixo meu abraço.

Viva vencendo os engodos de falsos lideres!!!

Seu irmão menor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário