16 dezembro 2014

PE. MARCELO ROSSI - MUITO DEBILITADO: "ACABOU A ALEGRIA"


No De Frente com Gabi desta semana, exibido neste domingo, a apresentadora recebeu Padre Marcelo Rossi. Após admitir publicamente que estava sofrendo de depressão, ele falou na entrevista sobre a superação da doença, o lançamento do novo CD, sobre ter sido investigado por dez anos pelo Vaticano e revelou ainda seu posicionamento com relação à legalização do aborto, a pedofilia e o uso da camisinha.

Depois de superar um quadro de depressão, o padre Marcelo Rossi revelou que chegou a pensar em suicídio. "O pior são os pensamentos autodestrutivos. Tenho um caso de suicídio na família, meu avô tirou a própria vida. E eu cheguei a pensar nisso. Pensei: "Meu Deus, será que 'herdei' alguma coisa?", contou o sacerdote em entrevista a Marília Gabriela, que foi  exibida na noite deste domingo (14) no programa "De Frente Com Gabi", no SBT.

O padre disse ainda que achava que depressão "era frescura" até passar por isso. "Completei 20 anos de padre e amo o que faço. Lido com muitas pessoas deprimidas e a tendência é somatizar. Querendo ou não, você sofre junto. Eu achava que depressão era frescura. Até que Deus permitiu que eu caísse. Não tomei nenhum antidepressivo. Eu quis fazer uma experiência e provar a um amigo meu, psiquiatra, que era possível sair da depressão [sem remédios]", disse.

Ele também comentou sobre a investigação que sofreu do Vaticano por quase uma década – a informação divulgada com exclusividade pelo jornalista Ricardo Feltrin, do UOL, no dia 30 de setembro. "Só com o santuário novo são milhões e eu doei tudo, não fiquei com nada. Não é pelo dinheiro, não queria e nem quero. Eu vejo como positivo, porque não tem problema me analisar, tanto a parte financeira quanto os meus objetivos". E disse que tem medo de "fanatizar" as pessoas. "Há uma linha tênue entre o fanatismo e a loucura", afirmou.

E disse ficar feliz ao ver outros padres fazendo sucesso: "Fico tão feliz quando vejo o Padre Fábio de Melo, ele é um grande amigo. Padre Reginaldo (Manzotti), outros padres, porque a missão é tão grande e os operários são poucos".


Vídeo 1



Vídeo 2



Vídeo 3



Vídeo 4



Comentário de Wáldson:

Embora dizendo que já venceu a doença, lamento o fato de que o padre não reconheça que foi apenas Deus quem o livrou. Ele continua crendo em imagens de supostos 'santos'. Leia abaixo o que ele escreveu para o Jornal O Tempo - BH, sobre a comemoração do Dia da 'Senhora' das Graças:

"Amados, nesta semana, mais precisamente na última quarta feira, dia 27, comemoramos o Dia de Nossa Senhora das Graças e sua medalha milagrosa. Você conhece a história por traz dessa data?

Em 27 de novembro de 1830, em Paris, na França, Nossa Senhora apareceu a uma das Irmãs da Caridade de São Vicente de Paulo, a então noviça Santa Catarina Labouré, que relatou a revelação da Medalha da Imaculada Conceição. Segundo ela “a Virgem apareceu sobre um globo, pisando uma serpente e segurando nas mãos um globo menor, oferecendo-o à Deus, num gesto de súplica e disse: ‘Esse globo que vês representa o mundo inteiro e cada pessoa em particular. Os raios são o símbolo das Graças que derramo sobre as pessoas que me as pedem. Os raios mais espessos correspondem às graças que as pessoas se recordam de pedir. Os mais finos, correspondem às graças que as pessoas não se lembram de pedir’”.

Desde então, muitas são as orações feitas nessa época do ano, em honra a Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa.

Por isso, convido você a reservar alguns minutos de seu dia e orar com muita fé para que Nossa Senhora das Graças da Medalha Milagrosa abençoe nossa vida e a vida de nossos familiares.
Vamos pedir a proteção para nossos assuntos pessoais, profissionais e em todas as esferas de nossa vida. Acreditem de coração no poder da medalha milagrosa de Nossa Senhora das Graças, pois são incontáveis os relatos das bênçãos recebidas por meio dessa devoção.

Você está com a sua fé vacilante? Conhece alguém nessa situação? Quantas pessoas se encontram enfraquecidas em seu espírito? Então, vamos juntos transformar uma fé vacilante em um sentimento firme! Quando temos a verdadeira fé em Deus, nos transformamos em defensores de Cristo e mensageiros da boa nova!

Vamos dedicar nossas orações e pedidos para que o momento da graça, o instante certo para que tudo ocorra da melhor maneira, aconteça rapidamente em nossa vida e na vida daqueles que amamos. Boa semana a todos. Deus os abençoe!"

Padre Marcelo Rossi

Jornal O Tempo/Opinião

Nenhum comentário:

Postar um comentário