28 janeiro 2015

IDOLATRANDO A MÚSICA DO MUNDO NA CASA DO SENHOR


"Se o mundo oferece este estilo de musica á nossa mocidade, nós precisamos mantê-los sobre a sombra do Altíssimo, e por que não se é apenas um ritmo ou um estilo? Isso é falta de maturidade para reconhecer que hoje para se ganhar almas para o Senhor não é mais dizendo: "Se você não aceitar Jesus vai queimar no fogo do inferno". Hoje se ganha almas para Cristo mostrando que viver com Cristo é maravilhoso e pode sim ser gostoso e divertido conforme cada estilo e gosto, pois se o mundo oferece tanta coisa que chama a atenção de nossos jovens, por que não chamar a atenção de um publico jovem pra dentro da casa do Senhor? De uma maneira que não vai ser chato, incomodo ou cansativo? Para quem ainda não é crente é preciso saber ganhá-los para Cristo. Quantos visitantes sem Cristo estavam nesta igreja e saíram de lá com uma péssima impressão do que é servir á Deus? Não faço parte de mocidade já passei meu tempo, hoje sou do Circulo de Oração, mas penso que se tivesse este tipo de louvor a Deus há tempos atrás, quantas almas teriam permanecido na presença do Senhor?" (texto acima retirado da internet).

Caso você tenha chegado aqui e lido o texto acima e concordado com ele, tenho-lhe uma boa e uma má notícia! A má é que infelizmente você foi enganado pela apostasia atual, pela modernização da Cruz e do Sangue de Jesus, pela teologia das 'igrejas ao gosto do freguês' que sempre prega que há uma igreja para cada tipo de gosto, estilo, pessoa... A boa notícia é que o que você vai ler aqui vai te levar a refletir, e então você poderá decidir tomar sua cruz e seguir Jesus diariamente!

Uma das coisas que os homens comprometidos com a Verdade, têm repreendido por todo o mundo é justamente a modernização do Evangelho do Sangue e da Cruz de Jesus. Os pastores removeram a Santidade da sua mensagem e então a modificaram, colocaram acréscimos, para tentar torná-la doce e aceitável para a carne. Não é mais o Evangelho de Jesus Cristo, é um evangelho do mundo, recheado de brincadeiras e entretenimento, mensagens que te fazem ficar confortável com o pecado e a distância de Deus, e nunca te levam a verdadeira liberdade dos Filhos de Deus. Esta é uma mensagem impotente para salvar, o evangelho segundo o modernismo e pós-modernismo.

A Cruz nunca mudou, o Sangue também nunca mudou, Deus não muda, nem mesmo Seu Evangelho muda. Parte do engano religioso que temos hoje em dia invadindo as igrejas cristãs encontra-se no fato de que Satanás conseguiu convencer a maioria dos pastores de que a função deles é prover entretenimento para o povo sentir-se bem, ao invés de apascentar as ovelhas rumo ao Caminho da Santidade. Nesta conversa a astuta Serpente usou sempre seus melhores argumentos, e apenas o Espírito Santo pode 'destruir estas fortalezas e altivez que se levantam contra a Verdadeira Adoração'. Eu sei que o que vou escrever aqui é amargo para a carne, porém uma verdade que liberta, e eu tenho ouvido isso e me fez livre!

Um dos ramos mais promissores da apostasia atual, e um dos locais de mais fácil acesso que Satanás encontrou para chegar aos púlpitos das igreja foi através da música. Não que a música em si seja algo maligno, porém o Diabo conseguiu fazer com que as lideranças das igrejas pensassem que deveriam modernizar suas canções, tendo como objetivo atrair os jovens para a igreja e "prendê-los" na igreja (muitos fazem isso de olho na arrecadação de ofertas, e lucro de venda de produtos, eles vendem até a alma por uma igreja grande e lotada e nem se importam se o Espírito Santo está ofendido ou não). Nesta cobiça, Satanás conseguiu introduzir uma diversidade enorme de estilos musicais e ritmos carnais nas igrejas, tendo em vista agradar sempre a carne dos jovens, que antigamente iam a igreja atrás de Jesus, mas agora, vão atrás da música!

Os servos de Deus, que não concordam com o que vem acontecendo, têm repreendido o uso do Rock, Rap, Reggae, Mdombolo (algo parecido com o Funk no Brasil), ele tem repreendido o uso destes ritmos sensuais e carnais por parte da igreja, que deixou de confiar no poder do Espírito Santo para convencer do pecado e transformar o jovem numa nova criatura, e a partir daí ao invés de chamá-lo ao arrependimento, ela proporciona a ele tudo aquilo que sua carne gostava no mundo. Há campeonatos de vídeo-games na igreja, desfiles de moda, cantinas, rifas, bingos, bazares, culto do churrasco, baladas gospel, festas a fantasia, festas temáticas (anos 60, anos 80...), cruzeiros gospel, MMA gospel, artes marciais gospel, DJ´s na casa do Senhor, enfim há um mundo de vaidade e entretenimento, uma lavagem do inferno, sendo oferecida nas nossas igrejas como se isso fosse o Evangelho da Cruz e do Sangue.

Eles chamam isso atualmente de "estratégias de evangelismo", pois como os jovens não gostam de Jesus, então eles colocam o mundo dentro da igreja para atraí-los e prendê-los. O problema causado por isso é muito grande, pois as verdadeiras ovelhas de Jesus estão morrendo de fome enquanto os pastores estão ocupados entretendo seus clientes, eles estão ocupados divertindo as ovelhas do mundo, e enquanto isso as ovelhas de Jesus estão passando fome. Junto com a repreensão a estes estilos musicais, os sérios têm repreendido também aquilo que é chamado de "sagging trousers", são aquelas calças que deixam a cueca e o bumbum dos meninos de fora.

Eu sei que a maioria dos teólogos de plantão tem seu pensamento formado de que "estilo musical não tem nada a ver", "Deus não olha estilo, olha o coração", mas a mensagem que ele mais tem pregado atualmente é que quando Moisés viu a glória do Senhor se manifestando na sarça que ardia e não se consumia, então imediatamente ele mudou o seu foco. Moisés que até então estava apascentando as ovelhas de Jetro, seu sogro, agora abandonou as ovelhas de Jetro, e foi ao encontrou da glória de Deus, de onde ouviu o Senhor lhe falando mais ou menos isso "Moisés, tire as sandálias dos seus pés, a terra em que estás agora é terra santa, largue as ovelhas de Jetro (ovelhas do mundo) e vá apascentar as ovelhas de Israel no caminho para fora do Egito, para fora da escravidão". Houve uma mudança de mentalidade em Moisés, tudo isso porque ele contemplou a manifestação do Senhor.

Quantas igrejas atualmente há que estão apascentando as ovelhas do mundo, com medo de repreendê-las e elas irem embora ofendidas, os pastores estão mais ocupados e preocupados em agradar a carne das ovelhas e alimentar a sua carnalidade do que em agradar a Deus e libertá-las da escravidão do Egito! As pessoas podem vir a igreja, ouvir sermões, e ficarem ali sentadas sem mudança de coração e isso porque a presença de Deus tem se apartado! Não há avivamento no Brasil, há apenas uma troca sendo feita, uma barganha, os pastores alimentam a carne das ovelhas e elas lhes alimentam o bolso ($)! As pessoas chegam na igrejas apenas querendo ouvir "ah, isso não tem nada a ver", "não se preocupe, Deus vai te prosperar", e então os pastores abocanham este mercado de almas, e dizem exatamente o que esta na boca do ídolo do coração destas pessoas, falam o que elas desejam, em troca, elas lhes enchem o bolso de dinheiro, dai eles compram um avião ou gravam um DVD de sucesso "para a glória de Deus", ou alugam mais 6 horas de programação na televisão aberta para propagar e disseminar o engano! Vamos nos arrepender igreja?

A mensagem do Senhor tem sido bastante clara, de que nós devemos nos separar de qualquer doutrina ou igreja que nos leve a pecar contra o Senhor, mas muitos não querem separar-se porque dizem "eu gosto tanto do louvor, o pastor prega prosperidade no púlpito, mas eu gosto tanto do louvor". Davi era tocador de instrumentos musicais, mas ele cantava para Deus, Deus era o tema da sua canção, Deus era sua canção, porém atualmente, muitos cantam para si mesmos, procuram o que mais gostam, não cantam para o prazer de Deus, estão se prostituindo espiritualmente com um ídolo chamado música-do-mundo-na-igreja.

Eu mesmo fui liberto disso irmãos, na minha "boa vontade" há um tempo atrás, cerca de um ano, acabei indo a um evento de rap gospel, e até mesmo ajudando para a realização deste evento que foi um `estratagema´ de evangelismo. Foi um desastre, eles pregaram o mundo usando o nome de Jesus, eles viviam o mundo, falavam do mundo, e eu pequei contra Deus. Depois disso o Senhor veio até mim várias vezes, e me explicou, que aquilo não era vontade Dele e eu aprendi. O Evangelho é o poder de Deus para salvar o homem, não a música. Música não é neutra como o diabo nos quer fazer pensar, pois nisso infelizmente mudamos o evangelho para satisfazer os anseios da sociedade pós-moderna e esquecemos de agradar a Deus.

Não ouçam música secular irmãos, não assistam filmes seculares, como diz o Salmos 119:54 e tantos outros "Os teus estatutos têm sido os meus cânticos na casa da minha peregrinação." Eu não sei vocês, mas eu e minha casa cantaremos a Palavra do Senhor, a Palavra da Vida!

Viva vencendo as inúmeras 'emendas' que se têm feito ao Evangelho de Cristo!!!

Não se deixe iludir.

Seu irmão menor.

Abraços.

Nenhum comentário:

Postar um comentário