08 junho 2015

A APÓSTATA LANNA HOLDER CONTINUA ESPALHANDO SEU VENENO PECAMINOSO CONTRADIZENDO A DEUS E SUA PALAVRA


Nesses últimos dias tenho ouvido alguns discursos de certos mestres da atualidade, frutos de uma teologia pós-modernista, que têm como base ideológica o que eles chamam de amor.  São doutrinas estranhas, porém muito conhecidas, que têm sido abraçadas e pregadas por pastores e líderes que são referências no cenário evangélico de hoje. Eloquentes, donos de excelentes oratórias, pastores(as?), como a lésbica Lanna Holder.

Veja o vídeo maligno:



Pois bem, essa senhora(sr?), afirma heresia que acabam negando verdades centrais de todo o cristianismo. Além do que, ela se tornou uma apóstata desenfreada e perdeu toda e qualquer noção de temor e respeito a Deus e também ás pessoas.

Se os pastores ainda sérios e comprometidos com a Deus e Sua Palavra,  não atentarem para um rigoroso zelo pelas verdades bíblicas, alinhando-se e adequando-se à teologia ortodoxa, serão certamente seduzidos pelo universalismo (que afirma que todo humano será salvo), pelo teísmo aberto (que tira de Deus o controle do mundo em que vivemos), pela teologia liberal (que nega a inerrância e a infalibilidade da bíblia), pela missão integral (coloca a ação social acima da pregação do evangelho) e outros pensamentos fatais. Com isso, permitirão que, aos poucos, essas ideias adentrem em suas igrejas e, com elas, o mundanismo e a secularização ganharão força e deixarão a Bíblia, a Palavra de Deus, de lado, caracterizando igrejas verdadeiramente doentes. Esse é o motivo porque isso é tão perigoso - e este alerta é tão importante.

Os pensamentos de Lanna e outros, se baseiam em valores como o amor de forma tal como se Deus, em nome desse amor, pudesse contradizer o que Ele revelou de Si mesmo nas Sagradas Escrituras. Nem tudo que carrega palavras bonitas, carismáticas e até piedosas é bíblico. Não podemos nunca deixar princípios bíblicos de lado em nome do "amor". Deus é o próprio amor e ir contra Ele não é amar (I Jo 4:8).

Para poder ser aceita no meio evangélico, tornou-se impossivel. Daí, ela resolveu criar uma igreja 'inclusiva', deixando para trás, todo seu aprendizado teologicamente correto, para crer na mentira. Então ela cria para sí  um "deus" que é feito de acordo com os princípios e valores humanos. Não é que Deus vai estar sempre apoiando todos os nossos princípios morais, uma vez que a moral nos foi dada pelo próprio Deus, mas, como diz Tim Keller: "se o seu deus nunca discorda de você, você pode apenas estar adorando uma versão idealizada de si mesmo". Diante de uma humanidade caída e pecadora, um deus baseado no pensamento humano seria, no mínimo, finito e pecador. E nesse deus, nenhum cristão deveria crer.  O Deus da Bíblia não é separado em Seus atributos. Ainda que Deus seja amor, Ele também é justiça. Ele também é santo e odeia o pecado. E se somos pecadores, sempre há momentos em que somos confrontados com verdades duras para nosso coração depravado. E o que fazer? Moldar Deus a nós mesmos ou sermos moldados por Ele?

O  que mais  temos ouvido nesses difíceis tempos, é: "Deus é amor, Ele não te punirá", "o inferno estará vazio", "todos serão salvos", "continue como está", "é só amar, dar comida aos pobres e pronto, estarão quites com Deus", "Deus não iria Se importar com isso", "o que vale é o amor", "Deus não Se ira", e muitas outras frases que demonstram a falta de compromisso bíblico na pregação. Estes pensamentos movidos por Satanás são frutos de uma graça barata, que exclui a santidade em detrimento da "graça".

Lanna Holder é uma soldado de satanás, uma agente das trevas para enganar os milhares que, precisando de libertação, optam então, por um caminho mais curto: 'se aceitar como é'. 

Se não desembainharmos a espada do evangelho e lutarmos contra estas ideologias malignas que pregam o respeito e a aceitação como se fossem contrárias ao zelo doutrinário, estaremos nos conformando com o mundo (Rm 12:2) e deixando-o entrar em nossas igrejas. O evangelho não é socialismo, não é uma ONG, nem autoajuda. O evangelho é o poder de Deus para salvar todo aquele que crê (Rm. 1:16) e se não o conhecermos tal como ele é nas Escrituras, erraremos feio (Mt. 22:29). Se olharmos apenas para o segundo mandamento mais importante (que é amar ao próximo como a nós mesmos) e taparmos os olhos para o primeiro (que é amar a Deus sobre todas as coisas) estaremos cumprindo de maneira totalmente errada e pecaminosa o segundo mandamento (Mt. 22:37-39). Nunca poderemos amar ao próximo com um amor bíblico e cristão se não amarmos a Deus e a Sua glória acima de qualquer outra coisa. Pois se amamos a Jesus, obedeceremos os Seus mandamentos (Jo. 14:15) mesmo que não agrademos os homens ou a nós mesmos.

Enquanto eu viver, serei um contundente lutador contra heresias, distorções e perversões contra o Evangelho de Jesus.

Se a senhora(senhor?), Lanna Holder não se converter de fato, estará fadada ao inferno eterno, levando consigo milhares que a ela têm seguido.

"Tempos difíceis", chegaram para nós. Há advertências constantes nas Escrituras contra a apostasia. Apostatar significa afastar-se da verdade de Deus revelada nas Escrituras, como resultado de uma mudança de pensamento, e levantar-se em rebelião aberta contra ela. O que leva uma pessoa a fazer tudo isso, a abandonar a fé bíblica, seguir a heterodoxia, renegar os valores morais do cristianismo e pregar a liberação total.

Combatamos, pois, arduamente o pecado.

Viva vencendo as filosofias cristãs e os pecados tidos como 'não pecados'!!!

Abraços.

Seu irmão menor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário