04 junho 2015

PR. MALAFAIA PEDE BOICOTE AO BOTICÁRIO POR PROPAGANDA DE SEUS PRODUTOS QUE INCENTIVAM O HOMOSSEXUALIMO


O pastor Silas Malafaia, 58 anos, entrou na polêmica sobre o comercial da O Boticário para o dia dos Namorados, que mostra casais homoafetivos trocando presentes entre si. criticou a propaganda do Dia dos Namorados de O Boticário que mostra casais héteros e homossexuais

Em um vídeo gravado para comentar a propaganda, o pastor voltou a dizer que o homossexualismo é um comportamento e deixou claro que assim como as pessoas são livres para criticá-lo, ele também pode falar contra o que não concorda.

Vídeo da O Boticário



“Existe uma gama de empresas agora fazendo propaganda da relação gay. Eu sou contra, é um direito meu”, afirmou ele convocando quem acredita na família milenar para se posicionar e preservar a relação entre homem e mulher.O pastor Silas Malafaia criticou a propaganda do Dia dos Namorados de O Boticário que mostra casais héteros e homossexuais. Em um vídeo gravado para comentar a propaganda, o pastor voltou a dizer que o homossexualismo é um comportamento e deixou claro que assim como as pessoas são livres para criticá-lo, ele também pode falar contra o que não concorda.
“Eu tenho direito no Estado democrático de direito de fazer campanha contra qualquer um que venha colocar um novo paradigma na sociedade”, afirmou.
Malafaia pede para que todos que não concordem com a prática boicotem os produtos das empresas que estão promovendo a causa gay. “Eu não estou aqui querendo impedir ninguém de ser homossexual não, quero deixar bem claro que as pessoas têm direito [de serem gays]”, esclarece.
Para o pastor assembleiano, que sempre se manifesta sobre este tema, as propagandas que defendem a causa gay fazem parte de uma tentativa de ensinar o comportamento homossexual para jovens e crianças e por isso ele pede para que essas marcas sejam boicotadas.
“Quero convocar as pessoas que acreditam em macho e fêmea, neste estilo de família (…) a não comprarem produtos dessa marca. Vamos dizer não”, diz.
Veja o vídeo do Pr. 
O anuncio:
O anúncio da O Boticário mostrando casais gays, gerou reprovação de setores conservadores.
Divulgado no último dia 25, o filme, que retrata uma série de momentos de carinho entre casais hétero e homossexuais, tinha mais de 145 mil dislikes (sinais de reprovação) no site até as 14h30 desta terça-feira (2).
No Facebook, grupos conservadores convocaram os seguidores a marcar 'não gostei' na página do vídeo no Youtube. Uma mensagem que circula pelo WhatsApp também pede a reprovação. A mobilização surgiu acompanhada de ameaças de boicote aos produtos da marca.

Uma internauta chegou a publicar um texto contrário à propaganda no site Reclame Aqui, um dos maiores serviços brasileiros de reclamações sobre atendimento, compra, venda e produtos

O pastor Silas diz defender o Estado laico, mas levanta uma contradição posto que afirma que o paradigma que rege nossa sociedade é judaico-cristão, e que portanto alguns temas como o casamento gay, aborto, legalização de drogas, adoção por casais homossexuais, destituem a família baseada na moral tradicional e devem ser combatidos com fervor.

“Nós evangélicos somos a favor do Estado laico. Mas uma coisa é a religião, outra é a ideologia cristã. O Estado é laico mas o povo não é laicista. O mundo ocidental é um modelo judaico-cristão. De onde vêm os direitos humanos, a proteção à vida, a monogamia, a escola pública? Judaico-cristão. De onde vem o moderno direito? Das leis de Moisés. Ué, vamos jogar fora então?”

Numa entrevista á Folha, veja repostas do Pastor:

Tema de maior polêmica que circunda o pastor Silas Malafaia é o projeto de lei complementar 122/06 para criminalizar a homofobia, que ele se orgulha de ter derrotado no Congresso. Sem se assumir homofóbico, diz que se os ativistas gays criassem uma cartilha contra a intolerância ele aprovaria, só que o que fazem “é pra ensinar homossexualismo pra criança de seis anos”.

“50 mil pessoas foram assassinadas no Brasil, 260 são gays. Mais do que gays, foram mulheres, crianças, negros. Um homossexual pode ser assassinado por homofobia, por briga de amor e por assalto. Os malandros ativistas pegam todo este número para inflar. Se um hétero ganha um soco e um homossexual ganha um soco, a lei deve ser igual pra todos”.

F5- Você escolhe ser gay?
Pr.Perto de 50% dos homossexuais foram violados quando crianças ou adolescentes. É provado. Mas tem também os que são por opção. Se é estatística eu vou deitar. 66% das lésbicas e 70 % e uns quebradinhos  dos homens gays já se apaixonaram pelo sexo oposto.

F5-Estes são bissexuais.
Pr. Então tem que definir uma lei específica pra bissexuais, héteros e homos. Onde nós vamos chegar? Ninguém nasce homossexual. A criança quando nasce tem uma predisposição para herdar características biológicas do sexo que veio.
*
Como em uma cruzada anti gay que tem por missão defender os valores cristãos da família, Malafaia é radicalmente contra adoção de crianças por casais gays.
“Eu acredito que uma criança deve ser criada por um homem e uma mulher. Eu não estou falando da minha crença, estou falando da civilização humana. Se querem inventar um novo paradigma para a sociedade humana, eu não sou obrigado. Eu não estou falando de religião. É um jogo. É uma ideologia para mudar o paradigma da sociedade”.

F5-Existe uma conspiração gay?
Pr. Existe uma ideologia e eu provo. Eles querem acabar com o dia dos pais e das mães, é o dia do cuidador. Então tem que acabar com o Natal por que tem criança que não ganha presente? Papo furado. Ideologia. É pra substituir, detonar a família tradicional. E eu tenho o direito de ser contra, porque ela perturba a sociedade.

F5-Mas você acha que eles são um risco real?
Pr. Filha, eu nunca vi ninguém conquistar nada de uma vez. Olha o que eles estão pregando, a redução da maioridade da responsabilidade sexual, o que abre as portas para a pedofilia. Jean Willys prega que uma criança pode fazer opção de mudança de sexo sem autorização dos pais. Sabe que uma criança não consegue diferenciar entre sugestão, informação e ordenança? Daqui a pouco vem um estudioso com uma pesquisa dos quintos do inferno dizendo que uma criança de 12 anos já é responsável pela sua escolha sexual.
Por que você acha que o Império Romano foi destruído? Promiscuidade.

F5-O senhor é contra a legalização da prostituição também?
Pr. Claro. Sou contra casamento gay, aborto… se legalizarmos tudo da sociedade, ela se autodestrói.
*
Quando questionado sobre a legalização das drogas em vários Estados dos EUA, país que ele admira por ser um exemplo de democracia, respondeu com sua ironia característica, onde seu timbre de voz alcança agudos inesperados:
“Deixa a América liberar. Os traficantes da Colômbia estão rindo. O cara começa com drogas leves e depois a turma que vende cocaína,  vende crack.
Eu quero saber se o cigarro e a bebida que são liberados beneficiou a sociedade ou não. A repressão não acaba, mas inibe”.

F5-O cigarro é um bom exemplo, as leis de prevenção diminuíram em 20 % o consumo.
Pr. Diferente do cigarro é o efeito da bebida. O que a bebida produz, o dano à sociedade, é 10 vezes maior.

F5-Ninguém está falando da liberação da drogas, mas da legalização. A guerra às drogas gera mais dano do que a droga em si.
Pr. Eu tô desconfiado que traficante vai é botar grana. Libera tudo pra ver onde vai parar a sociedade. Então vamos legalizar tudo que é lixo moral da sociedade, ela se autodestrói.

F5-O senhor é a favor da internação compulsória para viciados em drogas?
Pr. Não. Se um viciado em drogas entra num estado, comprovado, onde ele perdeu o domínio próprio, perdeu o referencial moral total, aí sim. Por que aí é pra proteção da sociedade.

F5-Mas muitos evangélicos são a favor, inclusive a bancada evangélica.
Pr. Nós evangélicos somos a favor de que a pessoa se interne quando queira. Se um pastor ou deputado defende isso, ele não entende nada de livre arbítrio que tá aqui neste livro [apontando a Bíblia].

F5-E a legalização do aborto, que é uma questão de saúde pública?
Pr. É uma manipulação danada. Questão de saúde é a da mulher que aborta e que tem nove vezes mais propensão ao suicídio, onze vezes mais propensão a abortar novamente, quatro vezes mais propensão à internação psiquiátrica. Sabe o que é o aborto? Fruto da promiscuidade e da irresponsabilidade do ser humano. Sabe quem fala do aborto? Quem não foi abortado. Sabe a diferença entre você e o feto? O tempo e a nutrição. Isso é falácia. Vamos trabalhar no preventivo para ensinar meninas e rapazes.

F5-Na própria bíblia o adultério consta como pecado e não vejo os evangélicos defendendo a criminalização do adultério como defendem estas questões.
Pr. E quem disse que somos a favor da criminalização do homossexualismo, da prostituição e do adultério? Mas aborto é uma vida independente. O ser humano é tão covarde que ele faz do outro uma coisa, a coisificação da vida. Protege-se capim, passarinho, mico leão dourado, que são crimes inafiançáveis, e os caras pregam matar uma vida. Eu tenho vergonha.

*
A argumentação lógica não é o forte de Malafaia, dados científicos são usados para balizar as crenças fundamentadas na moral cristã, mas quando contra argumentado com outros dados científicos ele questiona a manipulação de tais pesquisas.
“Eu sou um pregador muito prático. Não sou pregador de pensamentos filosóficos.”

Em seu discurso o pastor demonstra um largo acervo de citações, alguns um tanto contraditórios como quando utiliza o linguista Noam Chomsky para defender a teoria  criacionista. (http://www.chomsky.info/articles/20051006.htm)
“A palavra tem o poder de criar. A nossa boca é um retrato da nossa alma. O poder da palavra. Um dos maiores cientistas, intelectuais, Noam Chomsky, diz que a palavra é inata ao homem. O que quebra a teoria da evolução”.

Folha de S. Paulo - 02/06/15 - F5



Nenhum comentário:

Postar um comentário