26 fevereiro 2016

"NÃO MEXE COM MEU VARÃO" - - CHEGAMOS AO FUNDO DO POÇO DO 'LOUVOR GOSPEL'

                                                     Cantora Fabiana Rosa
Amados leitores,
a paz do Senhor.

Hoje, com muita indignação(santa) e tristeza, venho mais uma vez(depois de várias), denunciar a decadência do louvor da maioria dos cantores 'gospeis' e, consequentemente do louvor na igreja.

Na verdade, a ideia de adoração ao Senhor Trino, já quase  não existe mais. Trocaram o 'sagrado pelo profano' e pasmem, até 'mulheres ciumentas-crentes', resolveram 'cantar' para provocar, retaliar, impedir e/ou enviar uma 'direta' para as outras 'mulheres-crentes' que, possivelmente possam estar 'de olho' em seus maridos.

Tempos atrás, postei um vídeo e fiz um comentário sobre uma 'missionária que era levita' e foi 'inspirada por deus(sim, com 'd' minúsculo mesmo), a compor um 'louvor' para 'tratar com as 'Jezabeis' da igreja' que, segundo ela, estavam querendo seu 'bonito marido'. Tragédia. Você pode ver AQUI.

Na época, quase fui 'linchado' pela avalanche de comentários favoráveis á cantora. Daí se percebe o quanto nossa gente anda enganada com o que se chama louvor ou cântico espiritual e ainda sobre quem é Deus.

Não bastante a aberração citada, eis que surge no cenário 'gospel brasileiro' uma outra cantora 'ciumenta'(não é obra da carne isso?), que já está sendo motivo de zombaria por parte dos que não conhecem a Jesus e muito mais, motivo de piadas no meio cristão.

Quem perde com isso? O Evangelho. O Reino de Deus e por fim, nós, evangélicos que, vamos sendo visto cada vez mais distantes daquilo que Cristo queria que fôssemos.

Veja o 'louvor' indecente, abaixo. Volto após para continuar falando sobre o louvor.


Viram que coisa mais patética e lamentável?


                                                        A cantora e sua 'inspiração' para o 'louvor': o marido


Pois bem, mas, para que serve o louvor? Que é o louvor? Passaremos a falar sobre isso.

O dicionário Aurélio lista os seguintes significados para o termo: 1.V. louvação. 2.Elogio, gabo, encômio. 3.Glorificação, exaltação.

O conhecido dicionário online Priberam (http://www.priberam.pt/dlpo/dlpo.aspx), fornece a seguinte definição: s. m., ato de louvar; elogio; apologia; glorificação.

Vemos assim que, o louvor é, simplesmente, o ato de maior elogio ou elevação que se pode fazer. E, evidentemente, um elogio pode ser aplicado a coisas e pessoas que tenham méritos para isso.

Porém, o que nos interessa aqui é o louvor a Deus. Afinal, se podemos elogiar a coisas e pessoas, quanto mais ao grande Deus que criou todas as coisas e pessoas! Assim, o louvor dirigido a Deus é o significado que estaremos analisando a seguir.

Tendo feito este destaque, entendemos o significado do louvor como sendo:

-Feitos de Deus reconhecidos pela voz e atitudes humanas;
-Atitude de exaltação e glorificação de Deus pelo homem;
-Elogio extremo a Deus, oferecido pelo ser humano caído e, portanto, imperfeito.

Destacamos ainda as seguintes características do verdadeiro louvor a Deus:

-É fruto do Espírito Santo(Hebreus 13:15; Filipenses 2:13);
-Destaca a Sua dignidade em ser louvado(II Samuel 22:4; I Crônicas 16:25; Salmos 18:3; 48:1; 96:4; 145:3; 148; 150);
-Deve partir de um coração plenamente consciente de sua condição diante de um Deus supremo, perfeito e santo(Salmos 138:6; 147:6; Isaías 57:15; 66:2; Miquéias 6:8; Mateus 5:3; 18:4; Efésios 4:1-2; Colossenses 3:12; I Pedro 3:8-9; 5:5);
-Toda arte, técnica e gosto humanos tem que estar absolutamente consagrados, para que possam ser apresentados diante de um Deus supremo, perfeito e santo. Não há adoração sem humildade e consagração(Levíticos 11:44-45; 19:2; 20:7-8, 26; Salmos 24:3-4; Romanos 12:1-2);
-O louvor, uma vez que é parte da adoração, tem que ser dirigido única e exclusivamente a Deus(I Crônicas 16:8-11; Salmos 16:2; 98:4-6; 113; 117; 147; 148; 149;150; Colossenses 3:23-24).

Os Salmos de Davi são exemplos máximos de louvor a Deus:

Em alguns de seus salmos, denominados descritivos, Davi exalta a pessoa de Deus, Seus atributos, ou seja: expressa em palavras a sua visão da Divindade. Em outros, conhecidos como "declarativos", Davi nos oferece algumas características do que poderíamos definir como "Louvor Bíblico", uma vez que nestes salmos, a ênfase é no que Deus fez para Seu povo. Estes Salmos declaram, de forma artística e poética, a majestade e a glória de Deus.
Através destes salmos descobrimos que:

-Não pode existir um louvor verdadeiro sem um relacionamento íntimo com Deus, assim como um relacionamento com Deus não pode existir sem louvor. -O louvor a Deus requer uma vida de envolvimento com Ele;
-Não há uma maneira impessoal de expressar louvor ao Todo Poderoso. O louvor sempre é pessoal - apesar de poder ser realizado coletivamente.
-Ninguém pode expressar o louvor de outro. Cada um tem suas próprias experiências com Deus, pelas quais deve agradecer e expressar o seu louvor;
-Louvor significa "falar bem de", "exaltar", ou "magnificar as virtudes". Nos Salmos, esses significados da palavra louvor são direcionados a Deus, principalmente levando em conta Suas obras e Seu cuidado pelo Seu povo;
-Apesar do costume musical de nossas igrejas, o louvor não precisa necessariamente ser audível, pode surgir de um coração contrito pela grandiosidade de Deus e, portanto, manifestar-se em silêncio, na particularidade do agente do louvor;
-Louvor também acontece quando nós falamos para alguém sobre a bondade de Deus. Portanto, o testemunho é uma forma de louvor.

A melhor forma de entendermos, de forma mais abrangente e completa, o que significa louvar é, examinarmos as palavras traduzidas como "louvor" no Velho Testamento e, particularmente, no livro de Salmos.
Nos Salmos encontramos todas as expressões que um homem pode sentir em relação a Deus: Alegria, gratidão, confiança, tristeza, desânimo, regozijo, alívio, conforto, livramento, etc. Sendo o louvor uma expressão de vários desses sentimentos(especialmente os positivos), esta coleção poética torna-se, portanto, uma das bases para a teologia do louvor bíblico.

O livro de Salmos é um livro de música. A palavra hebraica para Salmos é 'tehilim', um termo usado em contextos musicais. Desta forma, assim como Davi, podemos expressar nosso reconhecimento da grandiosidade de Deus e de Seus atributos, através de cânticos, mesmo que isso não seja obrigatório.

O Louvor Bíblico:
1. Halal("louve ao Senhor"; "Louve Yaehovah"; glorificar):
Salmo 22:23 - "Louvem-no,os que temem o Senhor! Glorifiquem-no, todos vós, descendentes de Jacó! Tremam diante dele, todos vós, descendentes de Israel!".

A palavra denota a exaltação pelo homem da pessoa do Senhor(Yaehovah). Neste sentido, ao fazer uso da expressão 'halal', o salmista tem a intenção de glorificar o Senhor, trazendo à tona a Sua magnitude. 'Halal' significa, portanto, "vangloriar", "glorificar", "exaltar", "fazer brilhar".
A essência da expressão 'halal', portanto, é a exaltação do Senhor, permitindo-Lhe usar o ser humano que O louva como um instrumento de glorificação do Seu nome. Ao louvar a Deus com esta expressão, o pecador revela que adora a gigantesca Luz do mundo.
Esta palavra também é usada em II Crônicas 20:19: "Então os levitas descendentes dos coatitas e dos coreítas levantaram-se e louvaram o SENHOR, o Deus de Israel, em alta voz".
O contexto deste texto descreve a batalha do povo de Deus contra a aliança dos moabitas e amonitas. Nesta batalha, liderada por Jeosafá, Deus prometeu a vitória. Jeosafá enviou então um coro de levitas, conforme descrito no texto, para exaltar ao Senhor por esta vitória, antes mesmo da batalha começar! Nem é preciso dizer o efeito que a exaltação da Luz de Israel fez aos inimigos! Destruição total daqueles que investiram contra os filhos do Altíssimo!

Diante disso, fica claro que o tipo de 'musiquinha' apresentado no vídeo acima, como outros que seguem o mesmo tipo, não é louvor, não é adoração e muito  menos cântico destinado á glória do Senhor e muito menos ainda á edificação dos irmãos em Cristo.

Quero ressaltar ainda que, a citada música não é pior do que os 'funks' e raps', 'pagodes, samba, rock' e outros estilos mundanos-aberração, que estão em  muitas igrejas, se fazendo passar por louvor.

Por isso, abaixo á 'patifaria cantada como se fora música evangélica'!!

Viva vencendo essas tendências loucas, indecentes, agressivas e vaidosas que tende a confundir o puro louvor a Deus!!!

Abraços.

Seu irmão menor.












3 comentários:

  1. Tem muito pseudo-louvor com letras incoerentes espiritualmente mesmo. xiiii, conheço um montão. Lamentável mesmo.

    ResponderExcluir
  2. Graça e paz do Senhor, amado irmão Aldo Santos.
    Que bom te-lo aqui, comentando.
    Obrigado.
    Sim, de fato, muitíssimas são 'incoerentes espiritualmente' e teologicamente.
    Já não se canta para adorar ao Senhor Jesus. Canta-se para, até, pasmem, atacar, criticar, zombar de outrem e, nesse caso específico, a cantora procura 'defender seu varão de uma outra(crente?), mulher da igreja!!!
    Triste.
    Abraços.
    Viva vencendo!!!
    Seu irmão menor.

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz do Senhor, amado irmão Aldo Santos.
    Que bom te-lo aqui, comentando.
    Obrigado.
    Sim, de fato, muitíssimas são 'incoerentes espiritualmente' e teologicamente.
    Já não se canta para adorar ao Senhor Jesus. Canta-se para, até, pasmem, atacar, criticar, zombar de outrem e, nesse caso específico, a cantora procura 'defender seu varão de uma outra(crente?), mulher da igreja!!!
    Triste.
    Abraços.
    Viva vencendo!!!
    Seu irmão menor.

    ResponderExcluir