31 outubro 2016

31 DE OUTUBRO DE 1517 – 2016 - 499 ANOS DA REFORMA PROTESTANTE


O texto de Romanos 1:17 foi fundamental para que surgisse a Reforma Protestante no Século XVI:  
"O justo viverá pela fé"

Resultado de imagem para reforma protestante - 499 anos

Há 499  anos atrás, havia somente um protestante, Martinho Lutero. Mas o termo protestante para designar os seguidores de Lutero foi usado somente em 1529, quando os adversários o aplicaram referindo aos príncipes do Império Alemão que havia participado na Dieta de Espira, onde protestaram contra o edito decretado pelas supremas autoridades daquela época.

Mesmo antes de Martinho Lutero, o então sacerdote católico romano declarasse os seus protestos contra certas irregularidades esposadas pelos líderes da igreja, muitos outros, entre eles destaco os nomes de John Huss  que amarrado em um madeiro, foi sacrificado sendo queimado vivo na Boêmia, no começo do século XV, 1415; John Wycliff na Inglaterra, no século XIV, 1384; Jerônimo Savanarola na Itália, no final do século XV, 1498, já haviam protestado contra essas irregularidades, consideradas por eles de alheias à fé cristã. 

Mas foram os seguidores de Martinho Lutero os primeiros a serem chamados, pejorativamente de protestantes. Pouco tempo depois  de Martinho  Lutero impulsionado pelo Espírito Santo  de  Deus haver pregado suas  95  teses na porta da Igreja do Castelo de Wittemberg, na Alemanha,  protestando  contra a venda  de indulgências,  que procurava negar o sacrifício vicário de Cristo,  muitos aderiram a o seu movimento,  aceitando o Senhor Jesus como único e suficiente salvador.

Este ato de Lutero foi como uma bomba de dinamite que explodisse uma grande pedreira de incredulidade, que ganhou terreno para o norte e para o sul, para o leste e para o oeste, e que se tornou conhecida na história universal como a Reforma Religiosa do século XVI.

É bom ressaltar que a luta de Lutero não foi contra a Igreja, mas sim contra um poder na hierarquia eclesiástica que se interpunha entre Deus e o povo. Temos hoje um caminho aberto por Jesus que custou o preço do seu sangue, também grande parte dos seus discípulos foram sacrificados.

Veja essa entrevista


Há 499  anos atrás, havia somente um protestante, Martinho Lutero. Mas o termo protestante para designar os seguidores de Lutero foi usado somente em 1529, quando os adversários o aplicaram referindo aos príncipes do Império Alemão que havia participado na Dieta de Espira, onde protestaram contra o edito decretado pelas supremas autoridades daquela época.

Mesmo antes de Martinho Lutero, o então sacerdote católico romano declarasse os seus protestos contra certas irregularidades esposadas pelos líderes da igreja, muitos outros, entre eles destaco os nomes de John Huss  que amarrado em um madeiro, foi sacrificado sendo queimado vivo na Boêmia, no começo do século XV, 1415; John Wycliff na Inglaterra, no século XIV, 1384; Jerônimo Savanarola na Itália, no final do século XV, 1498, já haviam protestado contra essas irregularidades, consideradas por eles de alheias à fé cristã. 

Mas foram os seguidores de Martinho Lutero os primeiros a serem chamados, pejorativamente de protestantes. Pouco tempo depois  de Martinho  Lutero impulsionado pelo Espírito Santo  de  Deus haver pregado suas  95  teses na porta da Igreja do Castelo de Wittemberg, na Alemanha,  protestando  contra a venda  de indulgências,  que procurava negar o sacrifício vicário de Cristo,  muitos aderiram a o seu movimento,  aceitando o Senhor Jesus como único e suficiente salvador.

Este ato de Lutero foi como uma bomba de dinamite que explodisse uma grande pedreira de incredulidade, que ganhou terreno para o norte e para o sul, para o leste e para o oeste, e que se tornou conhecida na história universal como a Reforma Religiosa do século XVI.

É bom ressaltar que a luta de Lutero não foi contra a Igreja, mas sim contra um poder na hierarquia eclesiástica que se interpunha entre Deus e o povo. Temos hoje um caminho aberto por Jesus que custou o preço do seu sangue, também grande parte dos seus discípulos foram sacrificados.

Viva vencendo!!!

Seu irmão menor!


Nenhum comentário:

Postar um comentário