26 novembro 2016

A NOVA 'MPB' - MUSICA PROFANA BRASILEIRA

Resultado de imagem para Musica apelativa brasileira

Uma pesquisa sobre música popular brasileira, feita(Opinião - A atual e pobre música brasileira - Gilmaci Santos) quando, chamou a atenção mesmo de quem não estava atento. Ela mostra que a maior parte das músicas que fazem sucesso é de péssima qualidade.       

Mas desde o início dos séculos os moradores da terra cantam músicas, que chamamos de músicas seculares, ou seja músicas que não tem a intenção de louvar a Deus, apenas consiste em levar aos seus ouvintes palavras que o emocionem ou algo parecido.

Mas ultimamente, as músicas seculares estão cada vez pior, em termos de composição, as pessoas tem mais prestado a atenção nos arranjos do que as próprias letras, são letras que maltratam as famílias, as mulheres e trazem palavras de duplo sentido, vulgar, imoral, já se foi aquela MPB (Música Popular Brasileira), que trazia letras que tinha pelo menos um sentido. Mas hoje ficaram as mesmas siglas, só que mudam o significado, que é MPB (Música Profana Brasileira).

Infelizmente as autoridades do nosso país não se preocupam com essa poluição sonora e espiritual, que vem afligindo o caráter das famílias, que  temos tido o maior cuidado de educar os nossos filhos com uma linguagem e postura santa, e vem esses sons ao encontro dos nossos ouvidos, pois hoje existem até competições de sons automotivos com essas musiquinhas(me permita a expressão), pensando que nossos ouvidos são vasos sanitários.

As autoridades se 'preocupam tanto com a educação dos brasileiros', que permitem que tais gravadoras (e de fundo de quintal, com seus autores "inspirados") possam espalhar um lixo musical para o público alvo. 
O Salmo 146.1-2 diz: "Louvai ao Senhor! Ó minha alma, louva ao Senhor!
Louvarei ao Senhor durante a minha vida; cantarei louvores ao meu Deus enquanto viver". Já desde a antiguidade havia quem louvasse a Deus de verdade. Hoje, até o chamado 'gospel', é visto como 'corrupção da sacralidade musical cristã'. Que dirá da MPB?

O salmista tinha a convicção que estava neste mundo exclusivamente para louvar ao Criador, ele sabia que sua vida, a sua alma pertencia a Deus.
E é exatamente esse tipo de sentimento que deveria ter todos os moradores da terra, louvar ao Senhor incansavelmente. Vejamos que Davi, além de poeta, músico e cantor foi  inventor de diversos instrumentos musicais, como está escrito em Amós 6.5, ele já vivia com a intenção de louvar a Deus em tudo que fazia e criava. 

A música brasileira está decadente – sans élégance. Difícil encontrar alguém que nunca tenha ouvido uma frase como essa. 'Refine o gênero, e as frases continuarão a fazer sentido para muitas pessoas'. O funk, o sertanejo, o forró, o pop, todas as músicas consumidas pelas massas não prestam.

Um estudo acadêmico parte do forró eletrônico, ouvido à exaustão em todo o Nordeste, para investigar o que muitos chamam de “degeneração” da música popular. O professor Jean Henrique Costa, da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, obteve o título de doutor em Ciências Sociais com a tese “Indústria Cultural e Forró Eletrônico no Rio Grande do Norte”, defendida em março de 2012 na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Veja o que ele diz:
“O que move o cotidiano é isso mesmo: sexo, amor, prazer, diversão. O forró e quase toda música popular sabem muito bem usar desse artifício para mover suas engrenagens”, explicou Costa. “Não é por acaso que as relações sexuais são tão exploradas pelas canções de maior apelo comercial a ponto de se tornarem coisificadas à maneira de clichês industriais.”

São letras tão ridículas que as vezes fico surpreso como essas coisas que as pessoas chamam de "musica", podem fazer sucesso. Naturalmente, como não é preciso ser muito talentoso para fazer sucesso no atual momento da nossa musica, o nível dos "artistas"(eles não são artistas, mas vou chamá-los assim para mostrar um mínimo de respeito), cai drasticamente.

Daí, a sigla continuar a mesma, mas o sentido agora é outro: MPB - Música Profana Brasileira.

Que todos os que temem a Deus possam fazer como o salmista que disse no salmo 149.1, "Louvai ao Senhor! Cantai ao Senhor um cântico novo e o seu louvor, na congregação dos santos".  

Não dê 'ibope' ás essas cantigas que só arruínam sua vida!!!

Viva vencendo com os louvores sacros-santos!!!

Abraços.

Seu irmão menor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário