11 março 2017

JUSTIÇA DETERMINA EXCLUSÃO DO NOME DO PASTOR WELLINGTON JÚNIOR DAS URNAS

Resultado de imagem para wellington junior
O nome do pastor José Wellington Bezerra da Costa Júnior(foto), não constará nas urnas eletrônicas, entre os candidatos que disputam à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus, entidade que agrega o maior número de ministros evangélicos do país; é o que determinou o juiz de Direito da Comarca de Corumbá -GO, Levine Raja Gabaglia Artiaga, em despacho com data de 01.03.2017.
Ainda em seu despacho, o magistrado determinou que fosse incluída a empresa Scytl Soluções de Segurança e Voto Eletrônico no polo passivo da ação, já que é a empresa contratada pela CGADB para dar andamento ao processo eleitoral que elegerá a nova Mesa Diretora da entidade no dia 09 de abril, para os próximos 4 anos, e que efetue a retirada do nome do pastor José Wellington Júnior do sistema de votação, afirmando que o mesmo encontra-se com registro nulo.
Com a exclusão do nome do pastor Wellington Júnior das urnas eletrônicas, ficam no páreo como candidato apenas os pastores Samuel Câmara(2a foto abaixo), líder da Igreja Mãe em Belém do Pará e o pastor Cícero Tardim(foto abaixo), presidente da Assembleia de Deus Alto Piriqui –PR.
Derrotado à presidência da Convenção do Paraná, Pastor Cícero Tardim registra candidatura à presidência da CGADB
Resultado de imagem para samuel camara
Levine Raja Gabaglia Artiaga(foto abaixo), é o mesmo magistrado que tornou nulo o registro de candidatura do pastor Wellington Júnior e determinou também liminarmente que fosse cancelado 10.479 inscrições que estaria em desacordo com a resolução nº 01/2016 da CGADB.
levine raja gabaglia artiaga
Vale ressaltar, que as decisões proferidas pelo magistrado acima são decisões interlocutórias sujeitas a recursos, e o mérito ainda será julgado por uma sentença definitiva.
Fonte: Uol

Nenhum comentário:

Postar um comentário